griezmann – Blog do Rafael Reis http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br Esse espaço conta as história dos jogadores fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público. Thu, 12 Mar 2020 12:29:00 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Os 10 atacantes mais caros da história do futebol http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/08/18/os-10-atacantes-mais-caros-da-historia-do-futebol/ http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/08/18/os-10-atacantes-mais-caros-da-historia-do-futebol/#respond Sun, 18 Aug 2019 07:00:04 +0000 http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/?p=13929 Eles são os caras mais festejados do futebol, os autores da maioria dos gols e os protagonistas mais costumeiros das jogadas que costumam decidir uma partida. Não é surpresa para ninguém que os atacantes sejam os jogadores mais valorizados no Mercado da Bola.

Das dez maiores transferências já realizadas, nada menos que oito são de aletas que normalmente atuam no setor ofensivo. As idas dos meias Philippe Coutinho para o Barcelona e Paul Pogba para o Manchester United são as únicas exceções.

O “Blog do Rafael Reis” apresenta abaixo os dez atacantes mais caros de todos os tempos. Dois deles, Neymar e Cristiano Ronaldo, apareceriam duas vezes ser o ranking fosse das transações, e não dos jogadores.

OS 10 ATACANTES MAIS CAROS DA HISTÓRIA

1 – NEYMAR

Crédito: Franck Fife/AFP

Brasileiro
Do Barcelona (ESP) para o Paris Saint-Germain (FRA)
2017
222 milhões de euros

2 – KYLIAN MBAPPÉ

Crédito: Divulgação

Francês
Do Monaco (FRA) para o Paris Saint-Germain (FRA)
2018
180 milhões de euros

3 – JOÃO FÉLIX

Crédito: Divulgação

Português
Do Benfica (POR) para o Atlético de Madri (ESP)
2019
126 milhões de euros

4 – OUSMANE DEMBÉLÉ

Crédito: Albert Gea/Reuters

Francês
Do Borussia Dortmund (ALE) para o Barcelona (ESP)
2017
125 milhões de euros

5 – ANTOINE GRIEZMANN

Crédito: Kim Kyung-Hoon/Reuters

Francês
Do Atlético de Madri (ESP) para o Barcelona (ESP)
2019
120 milhões de euros

6 – CRISTIANO RONALDO

Crédito: Miguel Medina/AFP

Português
Do Real Madrid (ESP) para a Juventus (ITA)
2018
117 milhões de euros

7 – GARETH BALE

Crédito: Getty Images

Galês
Do Tottenham (ING) para o Real Madrid (ESP)
2013
101 milhões de euros

8 – EDEN HAZARD

Crédito: Sergio Perez/Reuters

Belga
Do Chelsea (ING) para o Real Madrid (ESP)
2019
100 milhões de euros

9 – GONZALO HIGUAÍN

Crédito: Giorgio Perottino/Reuters

Argentino
Do Napoli (ITA) para a Juventus (ITA)
2016
90 milhões de euros

10 – ROMELU LUKAKU

Crédito: Andrew Yates/Reuters

Belga
Do Everton (ING) para o Manchester United (ING)
2017
84,7 milhões de euros


Mais de Cidadãos do Mundo

Os 10 reforços mais caros desta temporada no Campeonato Alemão
Os 10 reforços mais caros desta temporada no Campeonato Espanhol
Dez anos depois, decepção do Corinthians encara “seca” e Série B argentina
Casa de Al Capone e ofensas: agente de Balotelli também é rei das polêmicas

]]>
0
Os 10 reforços mais caros desta temporada no Campeonato Espanhol http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/08/15/os-10-reforcos-mais-caros-desta-temporada-no-campeonato-espanhol/ http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/08/15/os-10-reforcos-mais-caros-desta-temporada-no-campeonato-espanhol/#respond Thu, 15 Aug 2019 07:00:38 +0000 http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/?p=13883 Após decepcionar na temporada passada e com apenas dois títulos espanhóis conquistados ao longo dos últimos 11 anos, o Real Madrid decidiu “quebrar a banca” neste Mercado da Bola.

A diretoria madrilenha, que historicamente é famosa por investir pesado em contratações, gastou nada menos que 305,5 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão) em reforços, recorde mundial para qualquer clube em uma única janela de transferências.

Assim, não surpreende que cinco das dez caras novas mais caras desta temporada na Espanha vistam o tradicional uniforme branco: Eden Hazard, Luka Jovic, Éder Militão, Ferland Mendy e Rodrygo.

Mas Barcelona e Atlético de Madri, os dois outros gigantes da competição que tem início nesta sexta-feira, também gastaram pesado para fazer frente ao Real e passaram da barreira dos 200 milhões de euros cada em contratações

O “Blog do Rafael Reis” preparou abaixo um guia completo sobre o início do Campeonato Espanhol, com direito aos reforços mais caros da temporada, os clubes que mais investiram, os elencos mais valiosos, todos os jogadores brasileiros inscritos na competição, etc…

Crédito: Montagem

OS 10 REFORÇOS MAIS CAROS DO ESPANHOL 2019/20

1 – João Félix (A, POR, Atlético de Madri) – 126 milhões de euros
2 – Antoine Griezmann (A, FRA, Barcelona) – 120 milhões
3 – Eden Hazard (A, BEL, Real Madrid) – 100 milhões
4 – Frenkie de Jong (M, HOL, Barcelona) – 75 milhões
5 – Luka Jovic (A, SER, Real Madrid) – 60 milhões
6 – Éder Militão (Z, BRA, Real Madrid) – 50 milhões
7 – Ferland Mendy (LE, FRA, Real Madrid) – 48 milhões
8 – Rodrygo (A, BRA, Real Madrid) – 45 milhões
9 – Jasper Cillessen (G, HOL, Valencia) – 35 milhões
10 – Marcos Llorente (M, ESP, Atlético de Madri) – 30 milhões

OS 10 CLUBES QUE MAIS GASTARAM NO ESPANHOL 2019/20

1 – Real Madrid – 305,5 milhões de euros
2 – Barcelona – 255 milhões
3 – Atlético de Madri – 243,5 milhões
4 – Sevilla – 144 milhões
5 – Valencia – 63 milhões
6 – Betis – 60,8 milhões
7 – Real Sociedad – 21 milhões
8 – Celta – 20,9 milhões
9 – Espanyol – 18,5 milhões
10 – Eibar – 17,1 milhões

BRASILEIROS NO ESPANHOL 2019/20: 23
Real Madrid: Vinícius Júnior, Casemiro, Marcelo, Éder Militão, Rodrygo e Lucas Silva
Barcelona: Philippe Coutinho, Arthur, Neto e Rafinha
Sevilla: Diego Carlos, Fernando e Guilherme Arana
Atlético de Madri: Felipe e Renan Lodi
Betis: Sidnei e Emerson
Real Sociedad: Willian José
Valencia: Gabriel Paulista
Espanyol: Naldo
Eibar: Charles
Alavés: Rodrigo Ely
Leganés: André Grandi

OS 10 ELENCOS MAIS VALIOSOS DO ESPANHOL 2019/20

1 – Barcelona – 1,26 bilhão de euros
2 – Real Madrid – 1,18 bilhão
3 – Atlético de Madri – 839,4 milhões
4 – Valencia – 474,2 milhões
5 – Real Sociedad – 301,3 milhões
6 – Sevilla – 301 milhões
7 – Betis – 257,3 milhões
8 – Athletic Bilbao – 221,8 milhões
9 – Villarreal – 203,4 milhões
10 – Celta – 201,8 milhões

OS 10 JOGADORES MAIS VALIOSOS DO ESPANHOL 2019/20

1 – Eden Hazard (A, BEL, Real Madrid) – 150 milhões de euros
Lionel Messi (MA, ARG, Barcelona) – 150 milhões
3 – Antoine Griezmann (A, FRA, Barcelona) – 130 milhões
4 – Jan Oblak (G, SVN, Atlético de Madri) – 100 milhões
Ousmane Dembélé (A, FRA, Barcelona) – 100 milhões
6 – Marc-André ter Stegen (G, ALE, Barcelona) – 90 milhões
Philippe Coutinho (MA, BRA, Barcelona) – 90 milhões
Saúl Ñíguez (M, ESP, Atlético de Madri) – 90 milhões
9 – Frenkie de Jong (M, HOL, Barcelona) – 85 milhões
10 – Arthur (M, BRA, Barcelona) – 70 milhões
João Félix (A, POR, Atlético de Madri) – 70 milhões
José María Giménez (Z, URU, Atlético de Madri) – 70 milhões
Raphaël Varane (Z, FRA, Real Madrid) – 70 milhões
Vinícius Júnior (A, BRA, Real Madrid) – 70 milhões

OS 10 REFORÇOS MAIS CAROS DA HISTÓRIA DO ESPANHOL

1 – Philippe Coutinho (MA, BRA, Barcelona, 2018) – 160 milhões de euros
2 – João Félix (A, POR, Atlético de Madri, 2019) – 126 milhões
3 – Ousmane Dembélé (A, FRA, Barcelona, 2017) – 125 milhões
4 – Antoine Griezmann (A, FRA, Barcelona, 2019) – 120 milhões
5 – Gareth Bale (A, GAL, Real Madrid, 2013) – 101 milhões
6 – Eden Hazard (A, BEL, Real Madrid, 2019) – 100 milhões
7 – Cristiano Ronaldo (A, POR, Real Madrid, 2009) – 94 milhões
8 – Neymar (A, BRA, Barcelona, 2013) – 88,2 milhões
9 – Luis Suárez (A, URU, Barcelona, 2014) – 81,7 milhões
10 – Zinédine Zidane (M, FRA, Real Madrid, 2001) – 77,5 milhões

OS MAIORES CAMPEÕES DO ESPANHOL

Real Madrid – 33 títulos
Barcelona – 26 títulos
Atlético de Madri – 10 títulos
Athletic Bilbao – 8 títulos
Valencia – 6 títulos
Real Sociedad – 2 títulos
La Coruña, Sevilla e Betis – 1 título

Fonte: Transfermarkt


Mais de Cidadãos do Mundo

Dez anos depois, decepção do Corinthians encara “seca” e Série B argentina
Casa de Al Capone e ofensas: agente de Balotelli também é rei das polêmicas
Os 10 meio-campistas mais caros da história do futebol
Os 10 reforços mais caros desta temporada no Campeonato Inglês

]]>
0
Atlético fatura R$ 1,3 bi com desmanche e caminha para recorde mundial http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/07/26/atletico-vende-r-13-bi-com-desmanche-e-caminha-para-recorde-mundial/ http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/07/26/atletico-vende-r-13-bi-com-desmanche-e-caminha-para-recorde-mundial/#respond Fri, 26 Jul 2019 07:00:50 +0000 http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/?p=13634 Em meio à maior revolução no seu elenco já realizada durante toda a “era Diego Simeone”, que teve início em 2011, o Atlético de Madri está prestes a bater um recorde no Mercado da Bola.

Os colchoneros podem se transformar nas próximas semanas no clube da história do futebol mundial que mais arrecadou com negociações de jogadores em uma única janela de transferências.

Crédito: Susana Vera/Reuters

A equipe da capital espanhola já faturou 311,1 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão) com vendas de atletas neste mercado, menos apenas que os 318,4 milhões de euros (R$ 1,4 bilhão) recebidos pelo Monaco na temporada passada.

Isso significa que basta apenas mais uma negociação na casa dos 7,3 milhões de euros (R$ 31,6 milhões) para o Atlético 2019/20 entrar para a história como o maior vendedor de todos os tempos.

O desmanche colchonero atingiu vários dos principais nomes da equipe de Simeone nesta década. Diego Godín, Antoine Griezmann, Filipe Luís e Juanfran, ídolos históricos do clube, foram embora, assim como Lucas Hernández e Rodri, jovens destaques do elenco.

O curioso é que nenhum deles saiu por decisão da diretoria. Griezmann (Barcelona), Lucas Hernández (Bayern de Munique) e Rodri (Manchester City) tiveram pagas suas multas rescisórias pelos clubes que irão defender a partir desta temporada.

Já Godín (Inter de Milão), Filipe Luís (Flamengo) e Juanfran (ainda sem time) decidiram mudar de ares ao fim dos seus contratos. Ou seja, protagonizaram transações em que o Atleti não recebeu nenhum centavo.

As únicas vendas consentidas do clube espanhol foram as de jogadores que já estavam emprestados para outras agremiações e não faziam parte dos planos de Simeone: Gelson Martins assinou com o Monaco, Luciano Vietto foi para o Sporting e Bernard Mensah fechou com o Kayserispor.

Apesar do maior faturamento com vendas de sua história, o Atlético registra na atual janela de transferências um lucro de “apenas” 67,6 milhões de euros (R$ 292,8 milhões).

Isso porque o clube gastou a maior parte da verba arrecadada no Mercado da Bola na busca por peças de reposição para os protagonistas que decidiram deixar o Wanda Metropolitano.

Até agora, foram nove contratações, que custaram juntas 243,5 milhões de euros (R$ 1 bilhão). Mais da metade desse valor (126 milhões de euros, ou R$ 545,8 milhões) foi investido em um único jogador, o atacante português João Félix, o atleta mais caro do planeta nesta janela.

Além do garoto ex-Benfica, a equipe espanhola se reforçou também com os brasileiros Felipe e Renan Lodi, o volante Marcos Llorente, o lateral direito Kieran Trippier, o zagueiro Mario Hermoso, o meia Héctor Herrera e os atacantes Ivan Saponjic e Nicolás Ibañez.

O Atleti ainda tem mais de um mês para superar o Monaco e quebrar o recorde de faturamento. A janela de transferências no futebol espanhol e na maioria das principais ligas nacionais da Europa vai até o dia 2 de setembro.

AS VENDAS DO ATLÉTICO DE MADRI NESTA TEMPORADA

Antoine Griezmann (A, FRA, Barcelona) – 120 milhões de euros
Lucas Hernández (LE, FRA, Bayern de Munique) – 80 milhões de euros
Rodri (V, ESP, Manchester City) – 70 milhões de euros
Gelson Martins (MA, POR, Monaco) – 30 milhões de euros
Luciano Vietto (A, ARG, Sporting) – 7,5 milhões de euros
Bernard Mensah (M, GAN, Kayserispor) – 3,6 milhões de euros
Diego Godín (Z, URU, Inter de Milão) – sem custo
Filipe Luís (LE, BRA, Flamengo) – sem custo
André Moreira (G, POR, Belenenses) – sem custo
Juanfran (LD, ESP) – a definir
TOTAL ARRECADADO: 311,1 milhões de euros


Mais de Clubes

– Mercado da Bola já movimentou R$ 19,9 bi; veja os 10 clubes mais gastões
– Compras e vendas: o que mudou nos times para a fase final da Libertadores?
– Descubra as vendas mais caras da história dos maiores clubes da Europa
– Maior gastão da Inglaterra acabou de subir e bateu recorde com brasileiro

]]>
0
Mercado da Bola: quem chega e sai nos grandes clubes europeus http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/07/17/mercado-da-bola-quem-chega-e-sai-nos-grandes-clubes-europeus-7/ http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/07/17/mercado-da-bola-quem-chega-e-sai-nos-grandes-clubes-europeus-7/#respond Wed, 17 Jul 2019 07:20:16 +0000 http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/?p=13451 Quer saber as mudanças nos elencos dos principais clubes europeus para a temporada 2019/20? Esse espaço, publicado todas as quartas-feiras pelo “Blog do Rafael Reis”, lista os negócios mais importantes feitos pelos times do Velho Continente mais conhecidos e queridos no Brasil nesta janela de transferência.

Confira então quem chegou e quem saiu das principais equipes do mundo:

BARCELONA (ESP)

Crédito: Lluis Gene/AFP

Chegam:
Antoine Griezmann (A, FRA, Atlético de Madri) – 120 milhões de euros
Frenkie de Jong (M, HOL, Ajax) – 75 milhões de euros
Neto (G, BRA, Valencia) – 26 milhões de euros
Marc Cucurella (LE, ESP, Eibar) – 4 milhões de euros

Saem:
Jasper Cillessen (G, HOL, Valencia) – 35 milhões de euros
Mateu Morey (Z, ESP, Borussia Dortmund) – sem custo
Thomas Vermaelen (Z, BEL) – a definir
Kevin-Prince Boateng (A, GAN, Sassuolo) – fim de empréstimo
Jeison Murillo (Z, COL, Valencia) – fim de empréstimo


PARIS SAINT-GERMAIN (FRA)

Crédito: Reprodução

Chegam:
Abdou Diallo (Z, FRA, Borussia Dortmund) – 35 milhões de euros
Pablo Sarabia (M, ESP, Sevilla) – 18 milhões de euros
Ander Herrera (M, ESP, Manchester United) – sem custo
Marcin Bulka (G, POL, Chelsea) – sem custo
Mitchell Bakker (Z, HOL, Ajax) – sem custo

Saem:
Moussa Diaby (MA, FRA, Bayer Leverkusen) – 15 milhões de euros
Adrien Rabiot (M, FRA, Juventus) – sem custo
Daniel Alves (LD, BRA) – a definir
Gianluigi Buffon (G, ITA, Juventus) – sem custo


INTER DE MILÃO (ITA)

Crédito: Reuters

Chegam:
Valentino Lazaro (M, AUT, Hertha Berlim) – 22 milhões de euros
Eddie Salcedo (A, EQU, Genoa) – 8 milhões de euros
Gabriel Brazão (G, BRA, Parma) – 6,5 milhões de euros
Nicolò Barella (M, ITA, Cagliari) – empréstimo
Diego Godín (Z, URU, Atlético de Madri) – sem custo
Stefano Sensi (M, ITA, Sassuolo) – empréstimo
Antonio Conte (T, ITA) – sem clube

Saem:
Cédric Soares (LD, PORSouthampton) – fim de empréstimo
Keita Baldé (MA, SEN, Monaco) – fim de empréstimo
Sime Vrsaljko (LD, CRO, Atlético de Madri) – fim de empréstimo
Luciano Spalletti (T, ITA) – sem clube


ROMA (ITA)

Crédito: Divulgação

Chegam:
Leonardo Spinazzola (LE, ITA, Roma) – 29,5 milhões de euros
Pau López (G, ESP, Espanyol) – 23,5 milhões de euros
Amadou Diawara (V, GUI, Napoli) – 21 milhões de euros
Paulo Fonseca (T, POR, Shakhtar Donetsk) – sem custo

Saem:
Kostas Manolas (Z, GRE, Napoli) – 36 milhões de euros
Stephan El Shaarawy (MA, ITA, Shanghai Shenhua) – 16 milhões de euros
Iván Marcano (Z, ESP, Porto) – 3 milhões de euros
Daniele de Rossi (M, ITA) – a definir
Claudio Ranieri (T, ITA) – sem clube


ATLÉTICO DE MADRI (ESP)

Crédito: Divulgação

Chegam:

João Félix (A, POR, Benfica) – 126 milhões de euros
Marcos Llorente (V, ESP, Real Madrid) – 30 milhões de euros
Renan Lodi (LE, BRA, Athletico-PR) – 20 milhões de euros
Ivan Saponjic (A, SER, Benfica) – 500 mil euros
Felipe (Z, BRA, Porto) – 20 milhões de euros
Héctor Herrera (M, MEX, Porto) – sem custo
Sime Vrsaljko (LD, CRO, Inter de Milão) – volta de empréstimo

Saem:
Antoine Griezmann (A, FRA, Barcelona) – 120 milhões de euros
Lucas Hernández (LE, FRA, Bayern de Munique) – 80 milhões de euros
Rodri (V, ESP, Manchester City) – 70 milhões de euros
Diego Godín (Z, URU, Inter de Milão) – sem custo
Juanfran (LD, ESP) – a definir
Filipe Luís (LE, BRA) – a definir


MANCHESTER CITY (ING)

Crédito: Divulgação

Chegam:
Rodri (V, ESP, Atlético de Madri) – 70 milhões de euros
Angeliño (LE, ESP, PSV Eindhoven) – 12 milhões de euros
Douglas Luiz (M, BRA, Girona) – volta de empréstimo

Saem:
Fabian Delph (M, ING, Everton) – 9,5 milhões de euros
Vincent Kompany (Z, BEL, Anderlecht) – sem custo


MILAN (ITA)

Crédito: Divulgação

Chegam:
Theo Hernández (LE, ESP, Real Madrid) – 20 milhões de euros
Rade Krunic (M, BOS, Empoli) – 8 milhões de euros
Marco Giampaolo (T, ITA, Sampdoria) – sem custo

Saem:
Ignazio Abate (LD, ITA) – a definir
Riccardo Montolivo (M, ITA) – a definir
Cristián Zapata (Z, COL, Genoa) – sem custo
Andrea Bertolacci (M, ITA) – a definir
José Mauri (M, ITA) – a definir
Tiemoué Bakayoko (M, FRA, Chelsea) – fim de empréstimo
Gennaro Gattuso (T, ITA) – sem clube


JUVENTUS (ITA)

Crédito: Getty Images

Chegam:
Luca Pellegrini (LE, ITA, Roma) – 22 milhões de euros
Merih Demiral (Z, TUR, Sassuolo) – 18 milhões de euros
Gianluigi Buffon (G, ITA, PSG) – sem custo
Adrien Rabiot (M, FRA, PSG) – sem custo
Aaron Ramsey (M, GAL, Arsenal) – sem custo
Maurizio Sarri (T, ITA, Chelsea) – sem custo

Saem:
Leonardo Spinazzola (LE, ITA, Roma) – 29,5 milhões de euros
Andrea Barzagli (Z, ITA) – aposentado
Martín Cáceres (Z, URU, Lazio) – fim de empréstimo
Massimiliano Allegri (T, ITA) – sem clube


TOTTENHAM (ING)

Crédito: Divulgação

Chegam:
Tanguy Ndombélé (M, FRA, Lyon) – 60 milhões de euros
Georges-Kevin N’Koudou (A, FRA, Monaco) – volta de empréstimo

Saem:
Fernando Llorente (A, ESP) – a definir
Michel Vorm (G, HOL) – a definir


LIVERPOOL (ING)

Crédito: Divulgação

Chegam:
Sepp van den Berg (Z, HOL, Zwolle) – 1,9 milhão de euros

Saem:
Alberto Moreno (LE, ESP, Villarreal) – sem custo
Daniel Sturridge (A, ING) – a definir
Adám Bogdán (G, HUN) – a definir


ARSENAL (ING)

Chegam:
Gabriel Martinelli (A, BRA, Ituano) – 6,7 milhões de euros
Takuma Asano (MA, JAP, Hannover) – volta de empréstimo
Reiss Nelson (MA, ING, Hoffenheim) – volta de empréstimo

Saem:
Aaron Ramsey (M, GAL, Juventus) – sem custo
Petr Cech (G, TCH) – aposentado
Stephan Lichtsteiner (LD, SUI) – a definir
Danny Welbeck (A, ING) – a definir
Dejan Iliev (G, MAC, Sered) – empréstimo
Denis Suárez (M, ESP, Barcelona) – fim de empréstimo


MANCHESTER UNITED (ING)

Crédito: Divulgação

Chegam:
Aaron Wan-Bissaka (LD, ING, Crystal Palace) – 55 milhões de euros
Daniel James (MA, GAL, Swansea City) – 17 milhões de euros
Joel Pereira (G, POR, Kortrijk) – volta de empréstimo

Saem:
Ander Herrera (M, ESP, PSG) – sem custo
Antonio Valencia (LD, EQU, LDU) – sem custo


NAPOLI (ITA)

Crédito: Getty Images

Chegam:
Kostas Manolas (Z, GRE, Roma) – 36 milhões de euros
Giovanni di Lorenzo (LD, ITA, Empoli) – 8 milhões de euros

Saem:
Amadou Diawara (V, GUI, Roma) – 21 milhões de euros
Raúl Albiol (Z, ESP, Villarreal) – 5 milhões de euros


BORUSSIA DORTMUND (ALE)

Crédito: Divulgação

Chegam:
Mats Hummels (Z, ALE, Bayern de Munique) – 30,5 milhões de euros
Thorgan Hazard (MA, BEL, Borussia M’Gladbach) – 25,5 milhões de euros
Nico Schulz (LE, ALE, Hoffenheim) – 25,5 milhões de euros
Julian Brandt (M, ALE, Bayer Leverkusen) – 25 milhões de euros
Mateu Morey (LD, ESP, Barcelona) – sem custo
André Schürrle (MA, ALE, Fulham) – volta de empréstimo
Shinji Kagawa (M, JAP, Besiktas) – volta de empréstimo
Sebastian Rode (M, ALE, Eintracht Frankfurt) – volta de empréstimo

Saem:
Abdou Diallo (Z, FRA, Paris Saint-Germain) – 35 milhões de euros
Christian Pulisic (MA, EUA, Chelsea) – fim de empréstimo


AJAX (HOL)

Crédito: Divulgação

Chegam:
Quincy Promes (MA, HOL, Sevilla) – 15,7 milhões de euros
Razvan Marin (M, BEL, Standard Liège) – 12,5 milhões de euros
Lisandro Martínez (Z, ARG, Defensa y Justicia) – 7 milhões de euros
Kik Pierie (Z, HOL, Heerenveen) – 5 milhões de euros
Kjell Scherpen (G, HOL, Emmen) – não revelado

Saem:
Frenkie de Jong (M, HOL, Barcelona) – 75 milhões de euros
Daley Sinkgraven (LE, HOL, Bayer Leverkusen) – 5 milhões de euros
Vaclav Cerny (MA, TCH, Utrecht) – 750 mil euros
Kostas Lamprou (G, GRE) – a definir


REAL MADRID (ESP)

Crédito: Getty Images

Chegam:
Eden Hazard (MA, BEL, Chelsea) – 100 milhões de euros
Luka Jovic (A, SER, Eintracht Frankfurt) – 60 milhões de euros
Éder Militão (Z, BRA, Porto) – 50 milhões de euros
Ferland Mendy (LE, FRA, Lyon) – 48 milhões de euros
Rodrygo (A, BRA, Santos) – 45 milhões de euros
James Rodríguez (M, COL, Bayern de Munique) – volta de empréstimo
Borja Mayoral (A, ESP, Levante) – volta de empréstimo
Andrii Lunin (G, UCR, Leganés) – volta de empréstimo

Saem:
Marcos Llorente (V, ESP, Atlético de Madri) – 30 milhões de euros
Sergio Reguilón (LE, ESP, Sevilla) – 22 milhões de euros
Luca Zidane (G, FRA, Racing Santander) – empréstimo


BAYERN DE MUNIQUE (ALE)

Crédito: AFP

Chegam:
Lucas Hernández (LE, FRA, Atlético de Madri) – 80 milhões de euros
Benjamin Pavard (LD, FRA, Stuttgart) – 35 milhões de euros
Jan-Fiete Arp (A, ALE, Hamburgo) – 3 milhões de euros

Saem:
Mats Hummels (Z, ALE, Borussia Dortmund) – 30,5 milhões de euros
Franck Ribéry (MA, FRA) – a definir
Rafinha (LD, BRA, Flamengo) – sem custo
James Rodríguez (M, COL, Real Madrid) – fim de empréstimo
Arjen Robben (MA, HOL) – aposentado


CHELSEA (ING)

Crédito: Divulgação

Chegam:
Christian Pulisic (MA, EUA, Borussia Dortmund) – volta de empréstimo
Frank Lampard (T, ING, Derby County) – sem custo
Lewis Baker (M, ING, Reading) – volta de empréstimo
Tiemoué Bakayoko (M, FRA, Milan) – volta de empréstimo
Kenneth Omeruo (Z, NIG, Leganés) – volta de empréstimo
Abdul Rahman Baba (LE, GAN, Reims) – volta de empréstimo
Kenedy (MA, BRA, Newcastle) – volta de empréstimo
Matt Miazga (Z, EUA, Reading) – volta de empréstimo
Danilo Pantic (M, SER, Partizan Belgrado) – volta de empréstimo

Saem:
Eden Hazard (MA, BEL, Real Madrid) – 100 milhões de euros
Marcin Bulka (G, POL, PSG) – sem custo
Gary Cahill (Z, ING) – a definir
Robert Green (G, ING) – aposentado
Gonzalo Higuaín (A, ARG, Juventus) – fim de empréstimo
Maurizio Sarri (T, ITA, Juventus) – sem custo


Mais de Clubes

– Conheça os reforços mais caros da história dos maiores clubes da Europa
– PSG nunca vendeu jogador 100% titular desde que ficou milionário
– Conheça os times que subiram para a 1ª divisão nas maiores ligas europeias
– Rainha dos reforços grátis, Juve monta meio de R$ 500 mi sem gastar nada

 

]]>
0
Com Griezmann, Messi e Suárez, ainda há espaço para Neymar no Barça? http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/07/14/com-griezmann-messi-e-suarez-ainda-ha-espaco-para-neymar-no-barca/ http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/07/14/com-griezmann-messi-e-suarez-ainda-ha-espaco-para-neymar-no-barca/#respond Sun, 14 Jul 2019 07:00:46 +0000 http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/?p=13426 Em situações normais, o anúncio da contratação de Antoine Griezmann, na última sexta-feira, seria também um sinal de que o Barcelona desistiu de negociar com o Paris Saint-Germain para repatriar Neymar.

Só que a sede do clube catalão em encher a Catalunha de craques para compensar os quatro anos sem ganhar a Liga dos Campeões e as últimas temporadas de futebol para lá morno é tamanha que a transação do francês acaba não tendo nada a ver com a do brasileiro.

Crédito: Divulgação

O Barça realmente quer Neymar. Mas, será que ainda há espaço para o camisa 10 do PSG em um ataque que já conta com três dos melhores jogadores do planeta, Griezmann, Lionel Messi e Luis Suárez?

Caso a contratação realmente aconteça, o técnico Ernesto Valverde terá um (delicioso) problemão para montar um time em que caiba esse quarteto. Afinal, a opção mais fácil, deixar uma das quatro estrelas no banco, está fora de cogitação.

A solução mais provável para agrupar todos os craques seria abandonar o 4-3-3 que o clube usa sistematicamente desde a temporada 2003/04 para se armar em um 4-2-3-1 ou alguma formação semelhante a essa.

Nesse sistema, Suárez continuaria como centroavante e teria uma linha de três atacantes posicionados atrás dele. Neymar provavelmente jogaria pelo lado esquerdo. Aí, há duas opções: Griezmann pode ocupar a direita e deixar o centro para Messi, ou vice-versa.

Só que essa formação imporia alguns sacrifícios às estrelas ofensivas. Para começar, o brasileiro e o francês teriam que se dedicar demais à marcação dos jogadores de lado adversários.

Para Griezmann, que vem da escola Simeone de jogar futebol, tranquilo. Mas Neymar passou os últimos dois anos no PSG praticamente livre de obrigações defensivas e pode demorar um pouco para se acostumar à essa obrigação.

Além disso, essa adaptação tática possivelmente afastaria Messi do setor onde ele é mais perigoso, a zona onde é possível finalizar a gol e que lhe rende tantas bolas nas redes a cada temporada. O argentino já jogou assim durante a Copa América. E não foi bem.

O restante do time também teria de se adaptar para permitir ao Barça o luxo de escalar quatro homens de características tão ofensivas.

Para começar, Valverde teria de escalar ao lado de Sergio Busquets um jogador com maior poder de marcação que Ivan Rakitic e Arthur, os titulares na maior parte da temporada passada. Ponto para o recém-contratado Frenkie de Jong, que seria o companheiro ideal para o volante espanhol.

Só que o maior gargalo tático do Barça estaria nas laterais. Jordi Alba, Nélson Semedo e Sergi Roberto teriam de conter o DNA ofensivo que possuem para se comportarem mais como membros da linha de defesa do que como alas.

Mas nenhum deles é especialista nesse comportamento. Alba, aliás, foi muito mal e chegou a frequentar o banco quando precisou dividir campo com Neymar. Ou seja, talvez o clube catalão tenha de ir ao mercado para encontrar laterais que permitam a escalação do quarteto.

Resumindo: sim, até que é possível montar um time com Neymar, Messi, Suárez e Griezmann juntos. Mas essa audácia pode custar muito caro ao Barcelona. E não estamos falando só de dinheiro.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

Conheça os brasileiros mais caros da história dos maiores clubes da Europa
Renato Augusto vive temporada dos sonhos após ser esquecido por Tite
5 brasileiros que ficam desempregados no exterior nesta segunda
Everton e mais 6 jogadores que podem deixar o Brasil para atuar no exterior

]]>
0
Como “novela Neymar” bagunçou o futuro de Griezmann http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/06/29/como-novela-neymar-baguncou-o-futuro-de-griezmann/ http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/06/29/como-novela-neymar-baguncou-o-futuro-de-griezmann/#respond Sat, 29 Jun 2019 07:00:13 +0000 http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/?p=13231 A novela do possível retorno de Neymar ao Barcelona não diz respeito apenas ao atual camisa 10 do Paris Saint-Germain. Um outro craque do primeiro escalão do futebol mundial também aguarda apreensivamente o desfecho dessa história.

É que o destino de Antoine Griezmann de certa forma depende do que vai acontecer com o astro brasileiro nas próximas semanas.

Crédito: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images

Se Neymar não retornar à Catalunha, o atacante francês deve ser anunciado pelo Barcelona como a principal contratação do clube para a próxima temporada. Agora, se a negociação acontecer, o camisa 7 talvez tenha de buscar uma nova equipe para defender em 2019/20.

Griezmann anunciou no dia 14 de maio que não retornará ao Atlético de Madri depois das férias do verão europeu. Na prática, isso significa que algum clube iria pagar os 120 milhões de euros (R$ 520 milhões) da multa rescisória do seu contrato –valor válido a partir de 1º de julho.

Na época, a imprensa do mundo interpretou a atitude do jogador como uma prova de que o camisa 7 francês havia chegado a um acerto com o Barcelona, após anos e mais anos de namoro entre as duas partes.

Só que os rumores de que Neymar está prestes a trocar o PSG pelo Barça complicaram bastante essa equação.

Afinal, é pouco provável do ponto de vista econômico que o clube catalão contrate na mesma janela de transferências dois jogadores de preço tão elevado (os franceses querem 222 milhões de euros, ou R$ 961,7 milhões, pelo brasileiro, de acordo com o jornal “Le Parisien”).

Além disso, Griezmann e Neymar disputariam a mesma posição, a de terceiro homem de um ataque que já tem Lionel Messi e Luis Suárez. Ou seja, a menos que Ernesto Valverde faça uma pesada adaptação tática, um dos dois teria de ser reserva.

Segundo a RMC (Rádio Monte Carlo), Messi já fez sua escolha e conversou com dirigentes do Barça admitindo que prefere ter o brasileiro ao francês como companheiro de time na próxima temporada.

Mas, se o suposto desejo do argentino for atendido, o que será do futuro de Griezmann?

A solução que mais tem sido citada pela imprensa europeia é que o PSG assuma a contratação do jogador. Os espanhóis “AS” e “Sport”, além do francês “Le Parisien” são alguns dos veículos que já publicaram essa história.

Outra possibilidade mais remota é que algum time inglês aproveite a queda no valor da cláusula contratual do atacante para levá-lo à Premier League. Em anos anteriores, o Manchester United já tentou contratá-lo.

E sempre há a hipótese de Griezmann simplesmente voltar atrás em seu anúncio e se reapresentar normalmente na pré-temporada do Atlético como se nada houvesse acontecido, já que tem contrato até 2023.

O fato é que seu futuro está interligado ao de Neymar. E o que acontecer com um certamente afetará o destino do outro.


Mais de Cidadãos do Mundo

Como garoto com só 44 partidas vai virar o 4º jogador mais caro da história
Por que Dybala quase nunca joga pela seleção argentina?
Por onde andam 7 ídolos históricos da Juventus?
A história do soldado nazista que se tornou ídolo do City e virou filme

 

]]>
0
7 jogadores de futebol que são fanáticos por games http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/04/28/7-jogadores-de-futebol-que-nao-fanaticos-por-games/ http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2019/04/28/7-jogadores-de-futebol-que-nao-fanaticos-por-games/#respond Sun, 28 Apr 2019 07:00:56 +0000 http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/?p=12360 Quando chegam em casa, após uma partida estressante nos gramados, eles ligam o videogame ou o computador para relaxar um pouquinho. Quando sobra um tempinho no meio das obrigações do dia a dia, lá estão eles com o celular na mão e os dedinhos frenéticos a controlar os mais diferentes personagens. E, quando estão na concentração… bem, aí nem se fala.

Para vários jogadores profissionais de futebol, os games não são só uma brincadeira, mas sim uma atividade que faz parte de suas rotinas. Quando não estão com uma bola no pé, normalmente eles estão diante de uma tela performando como heróis, atiradores, treinadores e até como, pasmem, jogadores de futebol.

O “Blog do Rafael Reis” apresenta abaixo sete nomes do mundo da bola são completamente loucos pelos games.

ANTOINE GRIEZMANN

Crédito: Ricardo Mazalan/AP

O camisa 7 da França e do Atlético de Madri é o maior embaixador dos games no mundo do futebol e passou um bom tempo comemorando seus gols fazendo o “Take the L”, uma dancinha típica do jogo Fortnite. Griezmann também não esconde de ninguém que é fã da série Football Manager e, de vez em quando, posta nas redes sociais seus avanços no game. Duas semanas atrás, publicou o time do Arsenal que ele comanda na plataforma onde o usuário assume o papel de treinador/diretor de futebol de um clube.

OUSMANE DEMBÉLÉ

Crédito: Albert Gea/Reuters

Ao contrário do companheiro de seleção francesa, Dembélé não lida tão bem assim com sua paixão pelos games. No começo da temporada, o atacante chegou atrasado a alguns treinos do Barcelona porque perdeu a noção do tempo jogando madrugada adentro, foi dormir tarde e não conseguiu acordar para o compromisso do dia seguinte. No caso de Dembélé, o principal vício é na série de games Fifa.

MESUT ÖZIL

Crédito: Reuters

O alemão do Arsenal é outro que tem uma relação nada saudável com os games. No final do ano passado, o jornal “Daily Star” fez um levantamento mostrando que o meia tinha uma média de cinco horas diárias jogando Fortnite durante o período em que se recuperava de uma lesão nas costas. O excesso fez com que ele fosse criticado duramente pela imprensa inglesa e por torcedores do clube. Özil é dono de uma equipe profissional de e-sports e também costuma fazer transmissões ao vivo quando está jogando Fortnite.

LIONEL MESSI

Crédito: Luis Gene/AFP

Até mesmo o pentacampeão dos prêmios de melhor jogador do mundo gasta algumas de suas horas livres de frente para as telas. Graças a Sergio Agüero, astro do Manchester City e seu velho companheiro de seleção argentina, Messi também adentrou no mundo do Fortnite. Ele pode até não ser um fanático pelo game como Griezmann e Özil, mas já comemorou alguns gols com dancinhas presentes no enredo do jogo.

JAMES RODRÍGUEZ

Crédito: Christof Stache/AP

Na Colômbia, todo mundo sabe que o meia do Bayern de Munique e camisa 10 da seleção não suporta perder dentro de campo e também nas telas do Fifa. O astro é consumidor dos games da série há mais de uma década, desde o Fifa 2006. Em 2017, esteve perto de estelar a capa mundial do jogo, mas perdeu uma eleição online para o alemão Marco Reus, do Borussia Dortmund, que ficou com o protagonismo.

NEYMAR

Crédito: Nelson Antoine/AP

O apreço do maior nome do futebol brasileiro nos últimos anos pelos jogos eletrônicos não é de hoje. Desde o início da carreira como profissional, o atacante sempre deixou claro que gosta bastante do mundo dos games. Neymar já teve sua fase no Fifa, jogou bastante PlayerUnknown’s Battlegrounds (PUBG) e postou foto brincando de Mario Kart. Mas sua maior paixão é o jogo de tiro Counter-Strike: Global Offensive, o famoso CS.

WENDELL LIRA

Reprodução

Vencedor do Prêmio Puskás de gol mais bonito do mundo em 2015, quando defendia o Goianésia, o brasileiro abandonou a carreira no ano seguinte para mergulhar de vez no mundo dos games. Wendell Lira tornou-se jogador profissional de Fifa e mantém há quase três anos um canal no Youtube sobre o jogo. Atualmente, sua página conta com mais de 500 mil inscritos e vídeos que já bateram 100 mil visualizações.


Mais de Cidadãos do Mundo

“Novo CR7” nasceu rico, viajava 1.300 km para treinar e vale R$ 530 milhões
Por onde andam 7 ídolos históricos do Manchester City?
Autismo, vômitos, hormônios: 5 histórias mal contadas sobre Messi
Com show, Mbappé se aproxima de Messi e reabre briga por Chuteira de Ouro

]]>
0
Pela 3ª Copa consecutiva, título vai para a melhor seleção do planeta http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2018/07/15/pela-3a-copa-consecutiva-titulo-vai-para-a-melhor-selecao-do-planeta/ http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2018/07/15/pela-3a-copa-consecutiva-titulo-vai-para-a-melhor-selecao-do-planeta/#respond Sun, 15 Jul 2018 18:19:36 +0000 http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/?p=9148 Não é sempre que a Copa do Mundo consagra a melhor seleção do planeta. Mas, assim como aconteceu em 2010, com a Espanha, e quatro anos atrás, com a Alemanha, o troféu foi mais uma vez para as mãos mais merecedoras.

A França pode até não ter sido a seleção com futebol mais agradável de se ver na Rússia-2018.

A agora bicampeã mundial passou boa parte do torneio fugindo da responsabilidade de propor o jogo e cozinhando os adversários para segurar uma vantagem mínima –quatro das suas seis vitórias foram por um gol de diferença.

Mas, não se enganem, os franceses têm sim a melhor seleção do planeta. Uma equipe e principalmente um grupo de jogadores superior que Brasil, Bélgica, Inglaterra, Alemanha, Argentina ou qualquer outra potência do futebol mundial.

Um dos motivos é Didier Deschamps. O ex-volante passou seis anos sendo criticado por boa parte da França. A acusação principal era sua incapacidade de fazer a seleção ter um sólido jogo coletivo.

Mas, quando chegou a Copa, tudo mudou. Os “Bleus” se comportaram como uma equipe de verdade, com forte marcação e uma maturidade absurda para ditar o ritmo da partida. Uma equipe de futebol pouco atraente, mas extremamente competitiva.

Só que o principal motivo para a França merecer o posto de seleção número um do planeta não é seu treinador, mas sim o talento absurdo do qual o país dispõe.

O Mundial da Rússia consagrou Kylian Mbappé, Antoine Griezmann, Paul Pogba, N’Golo Kanté, Raphael Varane e vários outros jogadores que teriam vaga cativa em qualquer uma das 32 seleções que disputaram o torneio.

Também apresentou rostos novos que eram poucos conhecidos pelos apreciadores do futebol, como os laterais Benjamin Pavard e Lucas Hernández, duas apostas pessoais de Deschamps que provaram seu valor.

E vale lembrar ainda que a seleção se deu ao luxo de não levar para a Copa muita gente boa. Karim Benzema, Adrien Rabiot, Tiemoué Bakayoko, Anthony Martial, Alexandre Lacazette, Kingsley Coman foram ignorados pelo treinador e não fizeram falta nenhuma.

Isso mostra a quantidade enorme de jogadores talentosos que a França dispõe atualmente. Uma quantidade que nenhum outro país do planeta possui.

Um trunfo que me fez publicar em abril de 2016, aqui neste mesmo espaço, que a terra de Michel Platini e Zinédine Zidane seria a “próxima melhor seleção do planeta” e que provavelmente conquistaria algum título relevante nos próximos dez anos.

A profecia demorou só dois anos para ser cumprida. A Terra é azul. E o mundo do futebol, também. Vive Leus Bleus!


Mais de Opinião

– Mbappé, Hazard, Kane: Alguém pode tirar prêmio de melhor do mundo de CR7?
– Por que Neymar desperta tanta antipatia?
– Quem vai ganhar a Copa? Sinceramente, não tenho a menor ideia
– Por que “geração belga” desperta tanto amor e ódio na Copa?

]]>
0
França tem o melhor elenco da Copa-2018, mas título será surpresa http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2018/06/07/franca-tem-o-melhor-elenco-da-copa-2018-mas-titulo-sera-surpresa/ http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2018/06/07/franca-tem-o-melhor-elenco-da-copa-2018-mas-titulo-sera-surpresa/#respond Thu, 07 Jun 2018 07:00:22 +0000 http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/?p=8737 A quantidade de jogadores talentosos à disposição e as boas atuações nos amistosos contra Irlanda (2 a 0) e Itália (3 a 1) levantam a questão: seria a França a principal favorita para ganhar a Copa do Mundo-2018?

Realmente, a qualidade do elenco “bleu” é inquestionável. É bem provável que nenhuma outra seleção que vai ao Mundial da Rússia disponha de tantos atletas de nível técnico acima da média quanto os campeões de 1998.

Hugo Lloris é um dos goleiros mais seguros do planeta. A zaga formada por Raphaël Varane e Samuel Umtiti é tão boa quanto as badaladas duplas Piqué-Sergio Ramos (Espanha) e Boateng-Hummels (Alemanha). E N’Golo Kanté teria vaga como primeiro volante em qualquer time.

Além disso, a França conta com pelo menos três jogadores com potencial suficiente para, em anos bons, aparecer como finalistas de prêmio de melhor do mundo: Antoine Griezmann, Kylian Mbappé e Paul Pogba, ainda que o último não esteja em seus melhores momentos.

E há ainda Ousmane Dembélé, Thomas Lemar, Nabil Fekir, Blaise Matuidi, Corentin Tolisso, Benjamin Mendy, Djibril Sidibé… uma série de atletas que seriam titulares em praticamente qualquer seleção do mundo.

Se o futebol de uma equipe fosse resultado apenas da soma dos seus talentos individuais, a França  seria a favorita número um para vencer o Mundial. Mas futebol está longe de ser uma ciência exata.

Apesar de ter o mesmo treinador de 2012, a seleção francesa não tem um jogo coletivo tão azeitado quanto os de Alemanha, Brasil e Espanha. Culpa de Didier Deschamps, que jamais caiu nas graças do torcedor como técnico e vem sendo alvo de fortes rumores de que será substituído em breve por Zinédine Zidane.

Durante os últimos seis anos, a França de Deschamps não conseguiu atingir um alto nível de intensidade na marcação da saída de bola adversária e sempre mostrou dificuldade em fazer triangulações pela faixa central para furar defesas bem postadas.

A solução, na maioria das vezes, foi recorrer aos chutes de média e longa distância de jogadores como Pogba ou Dimitri Payet (fora da Copa por problemas físicos) ou apelar para os chuveirinhos, especialidade de Olivier Giroud, o centroavante meia-boca que é o queridinho do técnico.

Resultado: a França oscila demais. Quando tem espaço para explorar a velocidade de Mbappé, Griezmann e Dembélé, costuma ir bem e tem atuações dignas de uma favorita ao título mundial.

Mas, em outros jogos, não joga nada e produz resultados patéticos, como foi o empate sem gols com Luxemburgo, em setembro, pelas eliminatórias.

É por isso que, mesmo tendo o melhor elenco do planeta, a França não é a favorita para ganhar a Copa-2018. E, para falar a verdade, seu título seria até uma pequena surpresa.


Mais de Opinião

– Copa do Mundo deve definir “loucuras” da próxima janela de transferências
– Por que Firmino é o melhor “camisa 10” brasileiro da atualidade?
– Nacionais da Europa ficaram tão chatos quanto os Estaduais brasileiros
– O que Salah precisa fazer para desbancar Messi e CR7 no Melhor do Mundo?

]]>
0
9 jogadores que estão na mira de Barça e Real para a janela de janeiro http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2017/12/21/9-jogadores-que-estao-na-mira-de-barca-e-real-para-a-janela-de-janeiro/ http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/2017/12/21/9-jogadores-que-estao-na-mira-de-barca-e-real-para-a-janela-de-janeiro/#respond Thu, 21 Dec 2017 06:00:08 +0000 http://blogdorafaelreis.blogosfera.uol.com.br/?p=7078 O mercado de transferências de janeiro não costuma ser levado muito a sério pelos clubes de primeiro escalão da Europa. Os maiores times do continente costumam usar a janela para emprestar jogadores pouco utilizados, livrar-se de atletas incomodados e fazer um ou outro ajuste no elenco.

Mas Barcelona e Real não devem agir assim em 2018. Os adversários deste sábado, em clássico válido pela 17ª rodada do Campeonato Espanhol, pretendem quebrar essa tradição e investir pesado em reforços no próximo mês.

Os catalães ainda sonham encontrar o substituto ideal para Neymar e não vão economizar nessa busca. Além disso, possuem uma defesa envelhecida e combalida por problemas físicos que precisa de renovação imediata.

Já o Real está incomodado com a quarta colocação na tabela e com o início de temporada bem abaixo da média dos seus últimos anos. A solução? Ir ao mercado para ampliar o elenco e dar mais opções de qualidade para o técnico Zinedine Zidane.

Apresentamos abaixo 9 jogadores que estão na mira de Barcelona e Real Madrid e são especulados para vestir a camisa de um dos dois gigantes do futebol espanhol já no próximo mês.

PHILIPPE COUTINHO
Meia-atacante
Brasileiro
25 anos
Liverpool (ING)
Barcelona quer

A novela de Coutinho no Barcelona se arrasta desde a janela de transferências do meio do ano, e o clube catalão espera que ela tenha um final feliz no mercado de janeiro. Para isso, promete oferecer algo em torno de 140 ou 150 milhões de euros (até R$ 582 milhões), um valor que se aproxima daquilo que foi solicitado pelo Liverpool. O problema é que os ingleses estão nas oitavas de final da Champions e podem ser duros em liberar o camisa 10. Caso a negociação seja concretizada, o meia-atacante brasileiro será o reforço mais caro da história das janelas de inverno do futebol europeu.

KEPA ARRIZABALAGA
Goleiro
Espanhol
23 anos
Athletic Bilbao (ESP)
Real Madrid quer

Reserva da seleção espanhola, o jovem basco é a solução viável encontrada pelo Real Madrid para tirar Keylor Navas do time titular depois das inúmeras negativas do Manchester United em negociar De Gea. Segundo o diário espanhol “AS”, o atual bicampeão europeu pagará os 20 milhões de euros (R$ 77 milhões) da multa rescisória de Kepa para poder contar com o goleiro já em janeiro.

ANTOINE GRIEZMANN
Atacante
Francês
26 anos
Atlético de Madri (ESP)
O Barcelona quer

Definitivamente, o Barcelona não vai conter esforços para remontar seu setor ofensivo depois da saída de Neymar. Além de Philippe Coutinho, o clube pretende adicionar ao seu elenco o astro francês Antoine Griezmann. O interesse no terceiro melhor jogador do mundo em 2016 já foi confirmado por dirigentes do Barça. A negociação com o Atlético de Madri a princípio ficaria para o meio do ano, mas pode ser antecipada para janeiro caso a transferência de Coutinho não seja concluída em breve.

MAURO ICARDI
Atacante
Argentino
24 anos
Inter de Milão (ITA)
Real Madrid quer

A má fase vivida por Karim Benzema, autor de apenas cinco gols em 19 jogos nesta temporada, ligou o sinal de alerta na diretoria do Real Madrid, que decidiu ir ao mercado para encontrar um novo companheiro de ataque para Cristiano Ronaldo. O nome preferido do time espanhol para a função é Mauro Icardi, artilheiro do Campeonato Italiano, com 17 gols. O empecilho para uma transferência imediata é o fato de a Inter de Milão sonhar com a conquista do título nacional e não ter nenhum interesse em se desfazer do seu capitão e jogador mais importante.

YERRY MINA
Zagueiro
Colombiano
23 anos
Palmeiras (BRA)
Barcelona quer

O zagueiro colombiano tem uma espécie de acordo verbal para se transferir para o Barcelona no meio de 2018. No entanto, o desembarque do jogador do Palmeiras na Catalunha pode ser antecipado para janeiro devido aos problemas defensivos que o time de Ernesto Valverde tem enfrentado. O francês Samuel Umtiti está machucado, Javier Mascherano pode ser negociado com a China e o belga Vermaelen vive com problemas físicos e raramente consegue emendar uma sequência de jogos.

TIMO WERNER
Atacante
Alemão
21 anos
RB Leipzig (ALE)
Real Madrid quer

A jovem revelação alemã, que despontou na temporada passada pelo Leipzig e deve ser titular da seleção na Copa do Mundo-2018, é o plano B do Real Madrid para o comando de ataque. Caso perceba que não conseguirá contratar Icardi, o time espanhol deve depositar suas fichas em Werner. Por enquanto, o Leipzig também nega qualquer intenção de negociá-lo.

MESUT ÖZIL
Meia
Alemão
29 anos
Arsenal (ING)
Barcelona quer

Desiludido com o Arsenal e sem repetir o mesmo futebol de temporadas anteriores, o meia tem contrato com o clube londrino até junho e sairá de graça caso não seja negociado na janela de janeiro. O Barcelona pensa em incluir na transação por Özil algum dos jogadores do seu elenco que não têm futuro no Camp Nou, como André Gomes, Arda Turan e Rafinha. O Manchester United também tem interesse no meia alemão.

MOHAMED SALAH
Meia-atacante
Egípcio
25 anos
Liverpool (ING)
Real Madrid quer

Sensação do Liverpool na temporada e artilheiro do Campeonato Inglês, com 14 gols, o egípcio não é um homem de área e nem propriamente um atacante nato. Mesmo assim, despertou o interesse do Real Madrid para aumentar o poderio ofensivo do time. Salah vem sendo elogiado frequentemente por Zidane, e uma proposta pelo jogador pode ser feita na janela de janeiro.

ARTHUR
Volante
Brasileiro
21 anos
Grêmio (BRA)
Barcelona e Real Madrid querem

Principal revelação do futebol brasileiro em 2017, o volante do Grêmio já chamou a atenção dos dois maiores clubes da Espanha. O primeiro a procurar Arthur foi o Barcelona –uma foto do jogador com a camisa do time de Messi chegou a vazar e provocou polêmica. O Real tem sido mais discreto em sua investida, mas também considera a possibilidade de sondar o volante, cuja multa rescisória é de 50 milhões de euros (R$ 194 milhões).


Mais de Cidadãos do Mundo

Ibra torce mais pelo Brasil que pela Suécia: verdade ou lenda urbana?
Maestro do Real, Kroos já foi acusado de só jogar por ser filho do técnico
Médica foi alvo de polêmica no Chelsea e agora quer distância do futebol
Recordista de prêmios, Messi entra na briga por 5ª Chuteira de Ouro

]]>
0