Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Maiores vencedores, Messi e CR7 correm atrás de líderes da Chuteira de Ouro

Rafael Reis

2027-11-20T18:04:20

27/11/2018 04h20

Maiores vencedores da história da Chuteira de Ouro e principais protagonistas do futebol mundial nos últimos anos, o argentino Lionel Messi e o português Cristiano Ronaldo ainda estão longe da briga pelo prêmio de artilheiro dos campeonatos nacionais da Europa nesta temporada.

Apesar de serem vice-líderes do ranking de goleadores das ligas que disputam, o camisa 10 do Barcelona e o número 7 da Juventus não aparecerem nem no top 15 da disputa pelo troféu continental.

Crédito: Luis Gene/AFP

Messi, que ganhou na temporada passada sua quinta Chuteira de Ouro e também venceu em 2010, 2012, 2013 e 2017, já marcou nove vezes, e Cristiano Ronaldo, campeão em 2008, 2011, 2014 e 2015, já marcaram nove vezes nos Campeonatos Espanhol e Italiano, respectivamente.

Com 18 pontos, já que cada gol marcado nas ligas de primeiro escalão europeu vale em dobro, a dupla divide a 18ª colocação com nomes como o espanhol Paco Alcácer (Borussia Dortmund), o uruguaio Edinson Cavani (Paris Saint-Germain) e o sérvio Luka Jovic (Eintacht Frankfurt).

No último fim de semana, Ronaldo marcou uma vez na vitória por 2 a 0 da Juventus sobre o Spal. Já Messi passou em branco no empate por 1 a 1 com o Atlético de Madri, que custou ao Barcelona a liderança do Espanhol.

O topo da classificação da Chuteira de Ouro continua ocupado por jogadores de campeonatos menores, que adotam um calendário anual e já terminaram ou estão nas últimas rodadas.

Líder da corrida pelo prêmio, com 31 pontos, o brasileiro Liliu, do Nömme Kalju, é um desses jogadores que já não têm mais como pontuar, já que o Campeonato Estoniano chegou ao fim no começo do mês.

Dentre os 10 primeiros colocados da artilharia, apenas dois, o francês Kylian Mbappé, do PSG, e o argentino Emiliano Sala, do Nantes, jogam em campeonatos que costumam consagrar vencedores da Chuteira de Ouro. Os co-líderes do ranking de goleadores do Francês ocupam a oitava posição, com 22 pontos.

O Brasil não fatura o prêmio desde 2001/02, quando Jardel (Sporting) foi o goleador máximo da temporada. O ex-centroavante do Grêmio também levantou a taça em 1998/99. Além dele, apenas Ronaldo (1996/97) já colocou o país no lugar mais alto do pódio.

"Blog do Rafael Reis" publica a cada terça-feira uma nova parcial da disputa.

Confira o top 10 da Chuteira de Ouro

1º – Liliu (BRA, Nömme Kalju) – 31 pontos (31 gols)
2º – Zakaria Beglarishvili (GEO, Flora Tallinn) – 30 pontos (30 gols)
Paulinho (BRA, BK Häcken) – 30 pontos (20 gols)
4º – Patrick Hoban (IRL, Dundalk) – 29 pontos (29 gols)
5º – Roman Debelko (UCR, Levadia) – 27 pontos (27 gols)
Linus Hallenius (SUE, Sundsvall) – 27 pontos (18 gols)
7º – Pavel Savitskiy (BLR, Dínamo Brest) – 22,5 pontos (15 gols)
8º – Kylian Mbappé (FRA, Paris Saint-Germain) – 22 pontos (11 gols)
Emiliano Sala (ITA, Nantes) – 22 pontos (11 gols)
10º – Mbaye Diagne (FRA, Kasimpasa) – 21 pontos (14 gols)
Klauss (BRA, HJK Helsinque) – 21 pontos (21 gols)
Tristan Koskor (EST, Jalgpallikool Tammeka) – 21 pontos (21 gols)


Mais de Cidadãos do Mundo

Venezuelano que já esteve na mira do Grêmio supera Ibra e vira nº 1 da MLS
5 destaques da Libertadores para seu clube contratar no próximo ano
1º negro da história das seleções era filho de escrava e foi 'corinthiano'
Aos 19, Mbappé é melhor na seleção que Messi e Cristiano Ronaldo

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis