Blog do Rafael Reis

Arquivo : rooney

5 jogadores que se envolveram em confusões com garotas de programa
Comentários Comente

Rafael Reis

Futebol e escândalos sexuais são uma combinação histórica. Desde que o esporte se popularizou pelo mundo todo, no início do século passado, há relatos de jogadores se envolvendo em polêmicas com garotas de programa, adultérios, orgias e, muito mais grave, abusos sexuais e até estupros.

Com os atletas contemporâneos, não é diferente. Alguns dos grandes nomes do futebol mundial, astros endinheirados e que ostentam imensas legiões de fãs, também já se meteram em escândalos desse tipo.

Conheça abaixo cinco jogadores em atividade que se envolveram em confusões (de diferentes proporções) com garotas de programa ao longo de suas carreiras.

KARIM BENZEMA

Antes mesmo do caso de extorsão contra o meia Mathieu Valbuena, que provocou a interrupção de sua carreira na seleção francesa, o centroavante do Real Madrid já havia tido problemas com a Justiça em virtude de um escândalo sexual. Em 2010, Benzema foi acusado de ter tido relações sexuais com uma garota de programa chamada Zahia Dehar, que tinha apenas 16 anos na época. O jogador negou ter contratado os serviços da acompanhante. E acabou absolvido em 2014 pela Corte Criminal de Paris.

FRANCK RIBÉRY

Ex-companheiro de Benzema na seleção francesa, o jogador do Bayern de Munique também esteve envolvido no caso “Zahia Dehar”. Ao contrário do centroavante, porém, Ribéry admitiu ter tido relações com a garota de programa. No entanto, alegou que não sabia que ela era menor de idade e que, portanto, não estava cometendo um crime. A Justiça francesa aceitou sua argumentação de defesa e acabou o absolvendo.

OUSMANE DRAMÉ

O meia-atacante do Moreirense, de Portugal, envolveu-se em um escândalo em 2013, quando defendia o Lecce, da Itália. O jogador acabou preso sob acusação de ter roubado uma garota de programa com que se relacionara pouco antes. De acordo com a acompanhante, Dramé disse que não tinha dinheiro para o programa e prometeu pagar pelo serviço com seu celular. No entanto, após o sexo, ele fugiu sem lhe entregar o aparelho e, de quebra, levou também a bolsa dela.

WAYNE ROONEY

O hoje camisa 10 do Everton quase viu seu casamento chegar ao fim quando uma garota de programa inglesa chamada Jenny Thompson revelou em 2010 ter sido contratada diversas vezes pelo atacante, inclusive para sessões de ménage-a-trois. O jogador é casado há nove anos com a escritoria Coleen Rooney e tem três filhos com ela.

RAHEEM STERLING

Segunda contratação mais cara da história do Manchester City, o atacante foi acusado de calote por uma garota de programa. De acordo com a prostituta, que não teve a identidade revelada, Sterling se recusou a pagar os 3.300 euros (R$ 12.200) relativos a seu serviço durante a pré-temporada do City nos EUA, em julho deste ano, e só lhe entregou 1.500 euros (R$ 5.600) depois de muita discussão com ela.


Mais de Cidadãos do Mundo

A janela fechou, e esses 7 jogadores famosos ainda estão desempregados
Por vaga na Copa-2018, seleções resgatam veteranos esquecidos
Cruyff, Guardiola e Catalunha: Neymar reencontra Barça em 3º jogo pelo PSG
De calote a garota de programa e traições: astro do City acumula polêmicas


Mais que Jesus: 7 motivos para acompanhar de perto o Campeonato Inglês
Comentários Comente

Rafael Reis

Sucesso global de crítica e público, o Campeonato Inglês começa nesta sexta-feira apostando na competitividade para fidelizar os torcedores.

Enquanto as outras principais ligas nacionais da Europa têm um ou dois favoritos destacados ao título, a Premier League conta com um leque bem maior de candidatos a levantar o troféu de campeão.

Por diferentes motivos, Chelsea, Manchester City, Manchester United e Tottenham largam em vantagem. Mas Arsenal e Liverpool estão sempre rondando as primeiras colocações. E há ainda a possibilidade de uma nova zebra histórica, como a protagonizada pelo Leicester em 2016.

Por isso, quando a bola rolar nesta sexta para Arsenal x Leicester, teremos o início da mais equilibrada liga nacional de primeiro escalão do futebol europeu.

Mas essa não é a única atração da Premier League. Conheça abaixo 7 motivos para acompanhar de perto a temporada 2017/18 do Campeonato Inglês:

MENINO JESUS

Gabriel Jesus chegou ao Manchester City em janeiro e não demorou para mostrar a que veio. Foram 7 gols em 11 partidas, marca que lhe transformou em titular absoluto da equipe de Pep Guardiola. Agora, o jovem camisa 9 da seleção brasileira fará sua primeira temporada completa na Inglaterra e terá para municiá-lo um elenco bem mais recheado de opções do que o de antes das férias. Um prato cheio para quem tem fome de gol.

SHOW DO BILHÃO

Nenhum país do mundo gasta tanto em contratações quanto a Inglaterra. Faltando ainda mais de duas semanas para o fechamento da janela de transferências, os clubes da Premier League já torraram 1,12 bilhão de euros (R$ 4,1 bilhões) em novos jogadores para esta temporada. O reforço mais caro é o centroavante belga Romelu Lukaku, que trocou o Everton pelo Manchester United em um negócio que movimentou 84,7 milhões de euros (R$ 313 milhões).

A REVOLUÇÃO DE PEP

Decepcionado com a primeira temporada sem título em sua carreira como treinador, Guardiola resolveu radicalizar. Resultado, fez do Manchester City o time do planeta que mais gastou com contratações nesta temporada. Com os 240,5 milhões de euros (R$ 889 milhões) investidores pelo clube inglês, Pep levou para Manchester o goleiro Ederson, os laterais Danilo, Kyle Walker e Benjamin Mendy, além do meia-atacante Bernardo Silva e do jovem brasileiro Douglas Luiz, que foi emprestado ao Girona.

O FANTASMA DE FERGUSON

Maior campeão inglês da história, o Manchester United não conquista o título nacional desde a aposentadoria de Alex Ferguson, em 2013. O escocês David Moyes e o holandês Louis van Gaal, os dois primeiros substitutos do histórico treinador, falharam na tarefa de substituído. Desde o ano passado, essa missão cabe a José Mourinho. Em sua temporada de estreia, ele passou longe de vencer a Premier League, mas pelo menos faturou a Liga Europa e recolocou o United na Champions. Será que chegou a hora do fim do jejum?

ESTRANHO NO NINHO

Enquanto os clubes ingleses gastam milhões em busca de reforços badalados e caríssimos, o Tottenham prefere manter a base e apostar em jovens promessas formadas em casa. A estratégia tem dado certo, e o time foi vice-campeão da última Premier League. Nesta temporada, o técnico argentino Mauricio Pochettino resolveu radicalizar e ainda não gastou um centavo sequer para reforçar seu elenco.

WENGER ETERNO

Entra temporada, sai temporada, e a pergunta permanece: até quando Arsène Wenger vai continuar à frente do Arsenal. O francês dirige o clube londrino desde 1996 e, pela primeira vez, não conseguiu classificá-lo para a Liga dos Campeões da Europa. Motivo para demissão? Que nada. Wenger renovou contrato por mais duas temporadas e só deve deixar o Emirates Stadium em 2019.

BOM FILHO

Principal jogador da Inglaterra nos últimos tempos, Wayne Rooney está de volta ao clube onde começou a carreira. Treze anos depois de deixar o Everton para se tornar ídolo no Manchester United, o atacante vai voltar a vestir a camisa azul do tradicional time de Liverpool. Aos 31 anos, Rooney ainda tem muita lenha para queimar, apesar do declínio físico e técnico das temporadas mais recentes. Pelo menos, é nisso que o Everton acredita.


Mais de Clubes

– Futebol estatal? No País da Copa-2018, governos ainda são donos de times
– Chape é o 6º brasileiro em torneio amistoso do Barça; veja as participações
– Não é só Neymar: 7 motivos para acompanhar de perto o Campeonato Francês
– Sensação do Mercado da Bola, Milan vira “novo rico” pela 2ª vez


Geração saúde? 7 jogadores de sucesso que foram flagrados fumando cigarro
Comentários Comente

Rafael Reis

Esporte é saúde. Mas isso não significa que todos os esportistas, mesmo aqueles de alto rendimento, levem uma vida 100% regrada e totalmente saudável.

A história do futebol está cheia de atletas que sucumbiram ao vício. Garrincha exagerou no álcool e morreu antes de completar 50 anos, Maradona quase teve a vida abreviada pela cocaína. E esses são só dois dos mais conhecidos casos.

O cigarro também faz parte desse mundo. Zidane, Ronaldo, Sócrates, Marcos… vários são os ex-jogadores de alto nível que foram flagrados em algum momento da carreira consumindo tabaco.

Conheça abaixo sete jogadores, ainda em atividade, que também fazem parte desse grupo que pouco tem a ver o esporte saudável: o de atletas que são fumantes assumidos ou foram flagrados fumando cigarro.

GIANLUIGI BUFFON
Goleiro
39 anos
Italiano
Juventus (ITA)

Um dos melhores goleiros de todos os tempos, Buffon nunca negou ser fumante, mas sempre alegou que só faz uso do cigarro quando está de folga. No entanto, duas semanas atrás, o ex-atacante argentino naturalizado italiano Pablo Daniel Osvaldo afirmou em uma entrevista em sua terra natal que costumava fumar ao lado do arqueiro da Juventus nos vestiários da seleção italiana.

WAYNE ROONEY
Atacante
31 anos
Inglês
Manchester United (ING)

Nem o próprio Wayne Rooney deve se lembrar da quantidade exata de vezes que fotos suas fumando foram publicadas por tablóides ingleses ao lado de manchetes com dizeres como “exclusivo”. O atacante chegou a provocar a fúria do então técnico do Manchester United, Alex Ferguson, quando os primeiros flagras foram publicados. No entanto, acabou se acostumando com isso.

MARIO BALOTELLI
Atacante
26 anos
Italiano
Nice (FRA)

Surpreendente seria se o atacante problema do futebol italiano não fosse fumante. Mario Balotelli acumula incontáveis hábitos poucos saudáveis… e o cigarro é só um deles. Nos tempos de Manchester City, o técnico Roberto Mancini chegou a pedir publicamente para que o atacante parasse de fumar e disse que só toleraria seus cigarros se ele marcasse “dois gols por jogo”.

MESUT ÖZIL
Meia
28 anos
Alemão
Arsenal (ING)

Em 2011, o meia foi flagrado por paparazzi fumando a bordo de um iate em Ibiza, na Espanha, e mandou a seguinte desculpa: “não sou fumante, foi só uma vez, eu estava pagando uma aposta que perdi”. A explicação não colocou, e o episódio pegou muito mal para o alemão no Real Madrid, clube que defendia na época.

RADJA NAINGGOLAN
Meia
28 anos
Belga
Roma (ITA)

O coração do meio-campo da Roma e um dos principais jogadores da seleção da Bélgica é conhecido como chaminé. É que Nainggolan não apenas fuma, ele fuma muito. Fuma tanto que costuma ganhar um quarto especial na concentração da seleção, com direito a sacada, para que ele possa fazer uso do cigarro sem disparar os alarmes de incêndio do hotel.

RAHEEM STERLING
Atacante
22 anos
Inglês
Manchester City

A segunda contratação mais cara da história do Manchester City (62,5 milhões de euros) foi flagrado fumando cigarro e também narguilé na época que defendia o Liverpool. O atacante não gostou da publicação dessas imagens e já disse mais de uma vez que se sente perseguido pela imprensa britânica.

KEVIN-PRINCE BOATENG
Atacante
30 anos
Ganês
Las Palmas (ESP)

O irmão do zagueiro do Bayern de Munique sempre gostou do rótulo de bad boy que carrega desde o início da carreira e faz de tudo para preservá-lo. Em 2014, quando defendia o Schalke 04, Boateng foi flagrado bebendo cerveja, fumando um cigarro e mexendo no celular no vestiário, enquanto esperava ser chamado para o exame antidoping. O episódio provocou a demissão do médico que lhe deu aval para agir assim.


Mais de Cidadãos do Mundo

Por onde andam os jogadores da França que calou o Brasil na Copa de 1998?
Messi abre vantagem recorde e encaminha tetra da Chuteira de Ouro
Filho de pastor, ala do Chelsea teve pais mortos por perseguição religiosa
Quem é a modelo que acusa Cristiano Ronaldo de usar enchimento na cueca?


Não é só Rooney: China ainda tem 9 vagas abertas para estrangeiros
Comentários Comente

Rafael Reis

A seis dias do fechamento da janela de transferências para a China, o mercado que se tornou a sensação do futebol mundial ainda tem nove vagas abertas para jogadores estrangeiros disputarem sua primeira divisão na próxima temporada.

Isso porque Beijing Guoan, Changchun Yatai, Chongqing Lifan, Guizhou HFZC, Henan Jianye, Jiangsu Suning, Shandong Luneng e Tianjin Quanjian não preencheram a cota de atletas gringos a que têm direito.

Cada clube da primeira divisão chinesa pode inscrever cinco jogadores oriundos de outros países na temporada 2017 da Superliga, sendo que um deles precisa necessariamente ser asiático. Atletas de Hong Kong, Macau e Taiwan são considerados como locais e não ocupam vagas de estrangeiro.

Mas, na hora de ir a campo, apenas três gringos podem ser escalados. E aí, não importa se eles são oriundos da Ásia, ou de qualquer outro continente.

Dos oito clubes que ainda têm vagas abertas para estrangeiro, apenas um, o Shadong Luneng, precisa apenas de um asiático. E pelo menos três possuem poderio financeiro para realizar contratações de impacto na Europa.

O Beijing Guoan, por exemplo, conta com um titular da seleção brasileira, o meia Renato Augusto. O Jiangsu Suning tem Ramires e Alex Teixeira, dois dos reforços mais caros da história do futebol chinês. E o Tianjin Teda conta com Alexandre Pato e Axel Witsel, peça importante da seleção da Bélgica.

Esses três clubes já foram apontados pela imprensa inglesa como possíveis destinos para Wayne Rooney. O craque do Manchester United recebeu uma polpuda proposta salarial de 5 milhões de euros (R$ 16 milhões) mensais para se juntar à Superliga Chinesa ainda nesta janela.

Ainda de acordo com os ingleses, a conclusão do negócio é apenas uma questão de tempo. E o clube que o atacante irá defender pode até ser algum que já tenha completado suas vagas para estrangeiros –nesse caso, um gringo precisaria ser negociado ou afastado do elenco para liberar sua vaga ao astro.

A última vez que a primeira divisão chinesa não preencheu todas as vagas para estrangeiros não asiáticos foi em 2014, quando o Dalian Aerbin usou apenas três jogadores de outros continentes.

Ou seja, os próximos dias devem ser de movimentação intensa no Mercado da Bola do gigante asiático

O Campeonato Chinês começa no dia 3 de março, com o confronto entre Guizhou HFZC e Liaoning Whowin. O Guangzhou Evergrande, time dirigido por Luiz Felipe Scolari, é o atual hexacampeão.


Mais de Clubes

– Igreja Católica é dona da poderosa Juventus de Turim? Verdade ou boato?
– Dependência? Como o Real ”ignora” a seca de gols de CR7 na Champions
– Em três anos, China acumula prejuízo de R$ 2,4 bilhões no Mercado da Bola
– Janela europeia bate recorde e aumenta em 47,7% gastos com reforços


Oscar foi só o primeiro: 5 astros que a China quer contratar para 2017
Comentários Comente

Rafael Reis

A contratação do meia brasileiro Oscar por 60 milhões de euros (R$ 209 milhões), anunciada na última sexta-feira pelo Shanghai SIPG, marcou o pontapé inicial da nova temporada de contratações do futebol chinês.

Os clubes do país mais populoso do mundo terão até o dia 17 de março para convencer seus possíveis reforços a trocarem carreiras consolidadas na América do Sul e na Europa por salários astronômicos para encarar o Extremo Oriente.

E como os times chineses estão cada vez mais ricos e confiantes em seu poder de sedução, seus alvos no mercado também estão cada vez mais ousados.

Conheça abaixo 5 jogadores que a China pretende levar para sua liga em 2017:

LIONEL MESSI
29 anos
Atacante
Argentino
Barcelona (ESP)
Quem quer? Hebei Fortune
Messi
Imagine ter um salário anual de 100 milhões de euros (R$ 348 milhões) livre de impostos. Foi essa proposta astronômica de quase R$ 1 milhão por dia que o Hebei Fortune apresentou ao jogador eleito melhor do mundo por cinco vezes. Por enquanto, Messi e o Barcelona não parecem muito dispostos a considerar a oferta. O argentino diz que só deixará a Catalunha para defender o Newell’s Old Boys, seu time de coração, e o clube espanhol nem consegue se imaginar seu maior astro. Mas…

CARLOS TEVEZ
32 anos
Atacante
Argentino
Boca Juniors (ARG)
Quem quer? Shanghai Shenhua
Tevez
O atacante argentino deve ser o próximo grande nome do futebol mundial a anunciar a ida para China. O argentino está prestes a deixar seu clube de infância, o Boca Juniors, para ganhar cerca de R$ 250 milhões para defender o Shanghai Shenhua. O curioso é que Tevez vive falando em antecipar sua aposentadoria e abandonar cedo o futebol profissional. Pelo visto, o dinheiro chinês fez com que ele mudasse de ideia.

WAYNE ROONEY
31 anos
Atacante
Inglês
Manchester United (ING)
Quem quer? Beijing Guoan
Rooney
O capitão do Manchester United já havia sido procurado pelo Beijing Guoan no ano passado e recusou a investida. Mas, muita coisa mudou nos últimos 12 meses: Rooney teve problemas de relacionamento com o técnico José Mourinho, frequentou o banco de reservas e deixou de ser intocável em Old Trafford. Fatores suficientes para o Guoan tentar sua contratação mais uma vez.

CESC FÀBREGAS
29 anos
Meia
Espanhol
Chelsea (ING)
Quem quer? Guangzhou Evergrande
Fabregas
Mais um caso em que a reserva na Europa pode facilitar a ida de um astro do futebol europeu para a China. Assim como Oscar, Fàbregas tem recebido poucas oportunidades do técnico Antonio Conte no Chelsea. E o Guangzhou Evergrande, equipe dirigida pelo brasileiro Luiz Felipe Scolari, rapidamente tratou de perceber isso e mandou uma proposta de 47 milhões de euros (R$ 164 milhões) aos ingleses pelo espanhol.

LUCAS LIMA
26 anos
Meia
Brasileiro
Santos (BRA)
Quem quer? Não divulgado
Lucas Lima
O meia do Santos e da seleção só não participou da debandada brasileira rumo à China no ano passado porque pensava que tinha espaço em mercados mais nobres na Europa. Doze meses depois, o interesse do Oriente por seu futebol continua o mesmo, mas sua cabeça mudou. Lucas Lima não se vê mais em um Barcelona ou Real Madrid e nem teme perder lugar na seleção. Por enquanto, o jogador diz que fica na Vila Belmiro.


Mais de Cidadãos do Mundo

Em alta, Diego Costa chega ao pódio do prêmio de artilheiro da Europa
7% dos jogadores já tiveram oferta para manipular resultado, diz sindicato
Campeão mundial, Zidane tem ano de estreia melhor que o de Guardiola
Nem 1,70 m: 7 baixinhos que se destacam no futebol mundial


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>