Blog do Rafael Reis

5 jogadores que se envolveram em confusões com garotas de programa

Rafael Reis

Futebol e escândalos sexuais são uma combinação histórica. Desde que o esporte se popularizou pelo mundo todo, no início do século passado, há relatos de jogadores se envolvendo em polêmicas com garotas de programa, adultérios, orgias e, muito mais grave, abusos sexuais e até estupros.

Com os atletas contemporâneos, não é diferente. Alguns dos grandes nomes do futebol mundial, astros endinheirados e que ostentam imensas legiões de fãs, também já se meteram em escândalos desse tipo.

Conheça abaixo cinco jogadores em atividade que se envolveram em confusões (de diferentes proporções) com garotas de programa ao longo de suas carreiras.

KARIM BENZEMA

Antes mesmo do caso de extorsão contra o meia Mathieu Valbuena, que provocou a interrupção de sua carreira na seleção francesa, o centroavante do Real Madrid já havia tido problemas com a Justiça em virtude de um escândalo sexual. Em 2010, Benzema foi acusado de ter tido relações sexuais com uma garota de programa chamada Zahia Dehar, que tinha apenas 16 anos na época. O jogador negou ter contratado os serviços da acompanhante. E acabou absolvido em 2014 pela Corte Criminal de Paris.

FRANCK RIBÉRY

Ex-companheiro de Benzema na seleção francesa, o jogador do Bayern de Munique também esteve envolvido no caso “Zahia Dehar”. Ao contrário do centroavante, porém, Ribéry admitiu ter tido relações com a garota de programa. No entanto, alegou que não sabia que ela era menor de idade e que, portanto, não estava cometendo um crime. A Justiça francesa aceitou sua argumentação de defesa e acabou o absolvendo.

OUSMANE DRAMÉ

O meia-atacante do Moreirense, de Portugal, envolveu-se em um escândalo em 2013, quando defendia o Lecce, da Itália. O jogador acabou preso sob acusação de ter roubado uma garota de programa com que se relacionara pouco antes. De acordo com a acompanhante, Dramé disse que não tinha dinheiro para o programa e prometeu pagar pelo serviço com seu celular. No entanto, após o sexo, ele fugiu sem lhe entregar o aparelho e, de quebra, levou também a bolsa dela.

WAYNE ROONEY

O hoje camisa 10 do Everton quase viu seu casamento chegar ao fim quando uma garota de programa inglesa chamada Jenny Thompson revelou em 2010 ter sido contratada diversas vezes pelo atacante, inclusive para sessões de ménage-a-trois. O jogador é casado há nove anos com a escritoria Coleen Rooney e tem três filhos com ela.

RAHEEM STERLING

Segunda contratação mais cara da história do Manchester City, o atacante foi acusado de calote por uma garota de programa. De acordo com a prostituta, que não teve a identidade revelada, Sterling se recusou a pagar os 3.300 euros (R$ 12.200) relativos a seu serviço durante a pré-temporada do City nos EUA, em julho deste ano, e só lhe entregou 1.500 euros (R$ 5.600) depois de muita discussão com ela.


Mais de Cidadãos do Mundo

A janela fechou, e esses 7 jogadores famosos ainda estão desempregados
Por vaga na Copa-2018, seleções resgatam veteranos esquecidos
Cruyff, Guardiola e Catalunha: Neymar reencontra Barça em 3º jogo pelo PSG
De calote a garota de programa e traições: astro do City acumula polêmicas