PUBLICIDADE
Topo

Quais foram os melhores zagueiros dos anos 2010?

Rafael Reis

28/12/2019 04h20

Gerard Piqué e Sergio Ramos nasceram a 829 quilômetros de distância e separados por apenas 13 meses. Durante quase toda a carreira, estiveram em lados separados no maior clássico da Espanha, mas precisaram aprender a conter a rivalidade para atuarem juntos na seleção.

Campeões mundiais em 2010, o camisa 3 do Barcelona e o número 4 do Real Madrid foram os dois maiores zagueiros do futebol internacional na última década.

Crédito: Montagem

Além da língua em comum e da parceria construída durante quase uma década jogando lado a lado e fazendo sucesso na seleção, Piqué e Sergio Ramos possuem várias outras características que os unem.

Fora de campo, ambos são considerados símbolos sexuais, têm longos relacionamentos amorosos com celebridades (a cantora colombiana Shakira, no caso do culé, e a apresentadora de TV Pilar Rubio, para o merengue) e possuem vidas particulares que são acompanhadas de perto pela imprensa especializada em fofocas.

Já dentro das quatro linhas, eles compartilham da lógica moderna de que o zagueiro não precisa ser uma montanha de músculos que vê o futebol apenas por um ponto de vista: o da defesa.

Os dois são beques velozes (ou, pelo menos, eram quando mais novos), de boa qualidade técnica, que sabem muito bem o que fazer quando têm a bola nos pés e que ajudam no ataque, seja na construção das jogadas ou mesmo marcando gols.

Piqué já balançou as redes 56 vezes ao longo da carreira. Nesse quesito, Ramos é ainda melhor: 113 gols, incluindo alguns dos mais importantes da história recente do Real, como os marcados nas finais da Liga dos Campeões de 2014 e 2016.

A liderança é outra característica em que eles são praticamente gêmeos.

Enquanto o defensor do Barcelona é uma das vozes mais influentes que gritam pela soberania da Catalunha e diz abertamente que pretende ser presidente do clube no futuro, seu parceiro já levantou três troféus da Champions como capitão e hoje veste a braçadeira da seleção.

A soma desses fatores faz com que Piqué e Ramos sejam imbatíveis no posto de melhores zagueiros dos anos 2010, ainda que outros defensores, como Virgil van Dijk, Raphaël Varane, Jérôme Boateng, Giorgio Chiellini e Carles Puyol, mereçam uma menção honrosa.

O FUTEBOL DOS ANOS 2010

Gol mais bonito – Zlatan Ibrahimovic (14/11/2012)
Melhor time – Barcelona (2008-2012)
Melhor seleção – Espanha (2008-2012)
Melhor técnico – Pep Guardiola
Melhor goleiro – Manuel Neuer
Melhores laterais – Philipp Lahm e Marcelo
Melhores zagueiros – Gerard Piqué e Sergio Ramos
Melhores meias – 29/12
Melhores atacantes – 30/12
Melhor jogador – 31/12

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Rafael Reis