Blog do Rafael Reis

Com 5 gols em 11 dias, Messi dispara rumo ao topo da Chuteira de Ouro

Rafael Reis

Atual campeão e maior vencedor da história da Chuteira de Ouro, o argentino Lionel Messi tem aproveitado o fim do ano para se destacar como favorito a mais uma edição do prêmio concedido ao maior artilheiro das ligas nacionais da Europa na temporada.

O camisa 10 do Barcelona marcou cinco gols no Campeonato Espanhol nos últimos 11 dias, assumiu a quinta colocação no ranking dos goleadores do Velho Continente e se tornou o mais forte candidato ao troféu.

Crédito: Divulgação

Messi marcou duas vezes contra o Espanyol, no dia 8, e mais três no 5 a 0 aplicado pelos catalães sobre o Levante, no último domingo. Agora, o craque soma 14 bolas nas redes na Liga e 28 pontos na corrida pela Chuteira de Ouro.

O argentino está apenas três pontos atrás do líder, o brasileiro Liliu, que defende o Nömme Kalju, da Estônia. Na prática, isso significa que ele será o novo primeiro colocado caso marque mais dois gols.

O que faz de Messi o favorito do momento ao prêmio é o fato de os quatro jogadores que estão à frente dele disputarem competições que adotam calendário anual e que, consequentemente, já chegaram ao fim.

O pentacampeão da eleição de melhor do mundo, por outro lado, ainda tem mais cinco meses de temporada pela frente e participa de um campeonato nacional que dá dois pontos a cada gol anotado –além do Espanhol, apenas Inglês, Italiano, Alemão e Francês fazem parte dessa elite.

Os concorrentes na mesma situação que mais se aproximam de Messi dividem a décima posição, com 24 pontos: Kylian Mbappé (PSG), Emiliano Sala (Nantes), Krzysztof Piatek (Genoa) e Nicolas Pépé (Lille).

Principal nome do futebol brasileiro na atualidade, Neymar, que também defende o PSG, ocupa o 17º lugar, com 22 pontos.

O Brasil não fatura o prêmio desde 2001/02, quando Jardel (Sporting) foi o goleador máximo da temporada. O ex-centroavante de Palmeiras e Grêmio também levantou a taça em 1998/99. Além dele, apenas Ronaldo (1996/97) já colocou o país no lugar mais alto do pódio.

Messi é o recordista histórico da Chuteira de Ouro e já levou o prêmio cinco vezes para casa: 2010, 2012, 2013, 2017 e 2018. Na última temporada, marcou 34 gols no Espanhol e acumulou 68 pontos no ranking.

“Blog do Rafael Reis” publica a cada terça-feira uma nova parcial da disputa.

Confira o top 10 da Chuteira de Ouro

1º – Liliu (BRA, Nömme Kalju) – 31 pontos (31 gols)
2º – Zakaria Beglarishvili (GEO, Flora Tallinn) – 30 pontos (30 gols)
Paulinho (BRA, BK Häcken) – 30 pontos (20 gols)
4º – Patrick Hoban (IRL, Dundalk) – 29 pontos (29 gols)
5º – Lionel Messi (ARG, Barcelona) – 28 pontos (14 gols)
6º – Mbaye Diagne (SEN, Kasimpasa) – 27 pontos (18 gols)
Robert Skov (DIN, Copenhague) – 27 pontos (18 gols)
Linus Hallenius (SUE, Sundsvall) – 27 pontos (18 gols)
Roman Debelko (UCR, Levadia) – 27 pontos (27 gols)
10º – Kylian Mbappé (FRA, Paris Saint-Germain) – 24 pontos (12 gols)
Emiliano Sala (ARG, Nantes) – 24 pontos (12 gols)
Krzysztof Piatek (POL, Genoa) – 24 pontos (12 gols)
Nicolas Pépé (CMF, Lille) – 24 pontos (12 gols)


Mais de Cidadãos do Mundo

Além de Sampaoli: 5 técnicos estrangeiros para dirigir seu time em 2019
Como dono do Chivas ajudou a alavancar carreira de ganhador do Oscar
Por onde andam 7 ex-jogadores do Atlético de Madri que ''sumiram''?
5 artilheiros do futebol sul-americano para seu clube contratar em 2019