Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Além de Sampaoli: 5 técnicos estrangeiros para dirigir seu time em 2019

Rafael Reis

2016-12-20T18:04:00

16/12/2018 04h00

Comandante da seleção argentina na última Copa do Mundo, Jorge Sampaoli chega para ser o técnico do Santos na próxima temporada e engrossará a lista de estrangeiros que passaram pelos bancos de reservas do futebol brasileiro nos últimos anos.

Mas o ex-chefe de Lionel Messi e Ángel di María não é o único nome interessante existente no mercado sul-americano que pode dar o ar das graças por aqui no ano que vem.

O "Blog do Rafael Reis" lista abaixo outros cinco técnicos do nosso continente que seriam aquisições interessantes do ponto de vista tático e comportamental para os times brasileiros em 2019.

GUILLERMO BARROS SCHELOTTO
Argentino
45 anos
Sem clube

Crédito: AFP

Vice-campeão da última Libertadores, ganhou dois títulos argentinos com o Boca Juniors em três anos de trabalho. Ídolo do clube desde os tempos de jogador, anunciou sua saída na semana passada e virou a bola da vez do mercado sul-americano de treinadores. Jovem e inteligente taticamente, Schelotto tem como único porém do seu trabalho a dificuldade que teve de lidar com as estrelas Carlos Tevez e Fernando Gago durante sua passagem pela Bombonera.

ARIEL HOLAN
Argentino
58 anos
Independiente (ARG)

Crédito: Marcos Brindicci/Reuters

Chegou a ser cogitado para dirigir o Santos antes de o clube da Baixada anunciar a contratação de Sampaoli. Holan também já esteve na mira do Flamengo. Apesar de trabalhar como técnico há apenas três anos, o ex-auxiliar vem fazendo sucesso e já possui um título da Copa Sul-Americana no currículo (2017). O treinador ainda tem contrato com o Independiente, mas vale lembrar que o mercado brasileiro paga muito melhor que o argentino.

JOSÉ PÉKERMAN
Argentino
69 anos
Sem clube

Crédito: Jamie McDonald/Getty Images

Esse é um bom nome para quem deseja um treinador experiente para a próxima temporada. Pékerman comandou a Colômbia nas últimas duas Copas do Mundo e também dirigiu a Argentina entre 2004 e 2006.  O veterano está sem trabalho desde setembro, quando deixou a seleção de James Rodríguez e Radamel Falcao García. De acordo com vários veículos argentinos, ele é o favorito da diretoria do Boca Juniors para 2019.

JULIO COMESAÑA
Uruguaio
70 anos
Junior Barranquilla (COL)

Crédito: AFP

Assim como Pékerman, é outro treinador de vasta experiência. Além disso, é um profundo conhecedor do futebol sul-americano e já trabalhou na Colômbia, no Paraguai, no Chile e no Uruguai, seu país-natal. Em sua oitava passagem pelo Junior Barranquilla, quase conseguiu levar o clube a uma conquista internacional, mas esbarrou no Atlético-PR na decisão na Copa Sul-Americana.

ALBERTO GAMERO
Colombiano
54 anos
Tolima (COL)

Crédito: Divulgação

Foi o grande nome do futebol colombiano em 2018. À frente do Tolima, conquistou o Torneio Apertura, disputado no primeiro semestre, e foi quem mais pontuou ao longo do ano. Adepto de um futebol ofensivo, daqueles que conquistam rapidamente os torcedores e críticos, Gamero tem dito à imprensa local que pretende trabalhar em breve no exterior. Quem sabe no Brasil…


Mais de Cidadãos do Mundo

Como dono do Chivas ajudou a alavancar carreira de ganhador do Oscar
Por onde andam 7 ex-jogadores do Atlético de Madri que "sumiram"?
5 artilheiros do futebol sul-americano para seu clube contratar em 2019
7 "loucuras" para seu clube fazer no Mercado da Bola em 2019

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis