Blog do Rafael Reis

Arquivo : calleri

De Tevez a irmão de Romero: 7 gringos que podem pintar no Brasil em 2018
Comentários Comente

Rafael Reis

Com o encerramento do Campeonato Brasileiro e a reta final da temporada sul-americana, os jogadores saem um pouco de cena e deixam o protagonismo do futebol nacional na mão dos dirigentes e presidentes de clubes.

Afinal, é nas mãos deles que estão as decisões de contratar, vender, emprestar e dispensar atletas que, de certo modo, vão ditar o futuro do time para qual você torce e também do seu arquirrival.

Para ajudar o trabalho dos cartolas brasileiros (e também atiçar os desejos dos torcedores), apresentamos abaixo sete jogadores estrangeiros que podem ter destaque no Mercado da Bola dos próximos meses e pintar como possíveis reforços para os clubes daqui na temporada 2018.

CARLOS TEVEZ
Atacante
33 anos
Argentino
Shanghai Shenhua (CHN)

Quatro gols em 19 partidas. É esse o resumo da melancólica passagem do ídolo de Corinthians e Boca Juniors pelo futebol chinês. Apesar de ter o segundo maior salário do futebol mundial (algo em torno de 38 milhões de euros, ou R$ 145 milhões, por ano), Tevez não parece disposto a retornar ao Shanghai Shenhua depois das férias de dezembro para cumprir a última temporada do seu contrato. O Flamengo tem acompanhado de perto a situação do argentino e pode disputá-lo com o Boca caso o craque realmente desista da China.

LAUTARO ACOSTA
Meia-atacante
29 anos
Argentino
Lanús (ARG)

As atuações que levaram o Lanús ao vice-campeonato da Libertadores colocaram esse criativo e baixinho (tem 1,69 m) meia-atacante argentino na lista de contratações de vários clubes brasileiros. Internacional, Grêmio e Cruzeiro estão entre os times que gostariam de ver Acosta em seu elenco na próxima temporada. Além do talento com a bola nos pés, o camisa 7 do Lanús conta com a experiência de quem atuou durante quatro temporadas no futebol espanhol –defendeu Sevilla e Racing.

EDUARDO VARGAS
Atacante
28 anos
Chileno
Tigres (MEX)

Artilheiro das duas últimas edições da Copa América e terceiro maior goleador da história do Chile, Vargas nunca conseguiu repetir nos clubes que defende o mesmo sucesso que tem pela seleção. O atacante, que já passou por Grêmio, Napoli, Valencia, Queens Park Rangers e Hoffenheim, entre outros, está desde o começo do ano no México. No entanto, de acordo a imprensa chilena, vem mantendo um namoro à distância com o São Paulo, que já tentou contratá-lo no passado.

JONATHAN CALLERI
Atacante
24 anos
Argentino
Las Palmas (ESP)

Artilheiro da Libertadores do ano passado pelo São Paulo, o centroavante acabou com qualquer perspectiva de atuar pela seleção argentina quando deixou o Brasil para atuar na Europa. Após fracassar com a camisa do West Ham, Calleri faz uma temporada apenas razoável pelo espanhol Las Palmas (5 gols em 16 partidas). Por isso, um retorno ao futebol brasileiro, onde goza da fama de grande jogador e goleador implacável, poderia fazer bem para sua carreira.

ÓSCAR ROMERO
Meia-atacante
25 anos
Paraguaio
Alavés (ESP)

O irmão gêmeo de Ángel Romero, campeão brasileiro pelo Corinthians, tem contrato com o Shanghai Shenhua, mas está emprestado ao Alavés até o fim do mês. Em baixa no clube espanhol, o meia-atacante paraguaio não deve ter seu empréstimo estendido por mais seis meses, mas também dificilmente terá espaço na China no próximo ano. Seu caminho mais provável é um retorno para a América do Sul… quem sabe para atuar ao lado ou contra seu gêmeo?

GASTÓN SILVA
Zagueiro
23 anos
Uruguaio
Independiente (ARG)

Apesar de ter apenas 23 anos, o uruguaio já tem experiência de duas temporadas atuando na primeira divisão italiana (Torino) e uma na espanhola (Granada). Finalista da Copa Sul-Americana pelo Independiente, Gastón Silva foi contratado em agosto pelos argentinos por 1,8 milhão de euros (quase R$ 7 milhões). Se alguém estiver disposto a pagar pouco mais que isso talvez conte com o zagueiro em seu elenco para 2018.

GUILLERMO VARELA
Lateral direito
24 anos
Uruguaio
Peñarol (URU)

Vice-campeão mundial sub-20 pelo Uruguai em 2013, tem no currículo passagens por Manchester United, Real Madrid Castilla e Eintracht Frankfurt. Com dificuldades para emplacar uma carreira de alto nível na Europa, voltou ao Peñarol quatro meses atrás. Agora jogador da seleção adulta, dificilmente permanecerá no Uruguai na próxima temporada. O Atlético-MG é o principal interessado em sua aquisição.


Mais de Cidadãos do Mundo

Top models, atrizes e Fernanda Lima: as apresentadoras dos sorteios da Copa
De Ronaldo a Eto’o: 7 jogadores que são “arroz de festa” em eventos da Fifa
Lewandowski fugiu da 1ª comunhão e foi goleador de 3 divisões antes da fama
Os 7 proprietários de clubes mais ricos do planeta


7 estrangeiros que estão na Europa para reforçar seu time no Brasileiro
Comentários Comente

Rafael Reis

Seu time de coração precisa de um atacante? Quer um novo zagueiro para chamar de seu? Ou talvez um meio-campista para suprir a carência na criação de jogadas ofensivas? Por que não um goleiro?

Com opções escassas e caras no mercado nacional, os times brasileiros têm olhado cada vez mais para o exterior na hora de realizar suas contratações.

Conheça abaixo 7 jogadores estrangeiros que disputaram a última temporada na Europa e são contratações viáveis (tanto do ponto de vista financeiro, quanto técnico) para clubes brasileiros no segundo semestre deste ano.

JONATHAN CALLERI
Atacante
23 anos
Argentina
West Ham (ING)

Destaque do São Paulo no primeiro semestre do ano passado, foi para a Inglaterra e marcou apenas um gol em 21 partidas. Com o fim do empréstimo ao West Ham, Calleri voltará ao Deportivo Maldonado, clube uruguaio que serve apenas como “ponte” para transferências de jogadores e onde seu contrato está registrado. São Paulo e Palmeiras já manifestaram interesse no atacante. Mas, a princípio, a negociação só deve acontecer se seus empresários não conseguirem emplacá-lo em um time médio na Europa.

MARTÍN CÁCERES
Zagueiro
30 anos
Uruguai
Southampton (ING)

O zagueiro e lateral uruguaio disputou apenas uma partida durante toda a temporada passada. Culpa dos problemas físicos, que insistem em prejudicar o andamento de sua carreira. Mas Cáceres é um jogador muito acima da média e seria titular em qualquer time do futebol brasileiro. Seu contrato com o Southampton chega ao fim na próxima semana, e ele ficará livre para assinar com um novo clube. No início do ano, o Vasco chegou a sondar sua situação. Agora, é a hora de uma nova investida.

GUILLERMO OCHOA
Goleiro
31 anos
México
Granada (ESP)

Destaque mexicano na última Copa do Mundo, o goleiro não consegue repetir na Europa o sucesso que faz com a camisa da seleção. Rebaixado com o Granada no último Campeonato Espanhol, Ochoa é outro que fica sem contrato a partir do início de julho. O arqueiro mexicano interessa ao Flamengo. Mas sua prioridade, pelo menos por enquanto, é continuar na Espanha –tem o Las Palmas como destino mais provável.

CAMILO ZÚÑIGA
Lateral
31 anos
Colômbia
Watford (ING)

Lembrado no Brasil por ter tirado Neymar da reta final da Copa do Mundo-2014, o lateral colombiano teve uma temporada cheia de altos e baixos do Watford, clube inglês para o qual foi emprestado na última temporada. Zúñiga tem mais um ano de contrato com o Napoli, mas dificilmente será aproveitado pelo time italiano e pretende retornar para o futebol sul-americano. Oportunidade de ouro para um clube brasileiro conseguir um reforço com vasta experiência internacional.

JUAN ITURBE
Meia-atacante
24 anos
Paraguai
Torino (ITA)

Chamado de “Messi paraguaio” no início da carreira, não conseguiu decolar no futebol europeu e acabou passando a maior parte da temporada passada no banco de reservas do Torino. Apesar de ter contrato com a Roma até 2019, não faz parte dos planos imediatos (e nem futuros) da equipe da capital italiana. Se nada melhor aparecer (inclusive uma proposta de algum clube brasileiro), Iturbe deve encontrar refúgio no futebol mexicano no segundo semestre.

JEFFERSON FARFÁN
Atacante
32 anos
Peru
Lokomotiv Moscou (RUS)

Velho conhecido dos clubes brasileiros, já fez parte da lista de compras de Palmeiras, Corinthians, Flamengo e Fluminense, mas nunca jogou por aqui. Aos 32 anos e depois de uma minitemporada em que marcou um gol em oito partidas na Rússia, esse momento talvez tenha chegado. O contrato de Farfán com o Lokomotiv Moscou termina no dia 30 e ele está oficialmente à procura de um novo clube.

GONZALO RODRÍGUEZ
Zagueiro
33 anos
Argentina
Fiorentina (ITA)

Tem experiência de sobra para comandar qualquer defesa do futebol brasileiro. Afinal, são 13 anos atuando no futebol europeu e mais de 150 partidas disputadas com as camisas de Villarreal e Fiorentina. Ex-seleção argentina, Rodríguez é mais um dos integrantes do clube dos jogadores que ficam sem contrato na próxima semana. Nome interessante para os clubes que precisam de um xerifão para liderar seu elenco.


Mais de Cidadãos do Mundo

Sonho de ter Cristiano Ronaldo transforma estrelas em “moedas de troca”
Como a novela “Rebelde” ajudou Ochoa a se transformar em astro no México
Novato da seleção alemã já foi suspenso por comentário machista
Por onde andam os jogadores da Alemanha que foi tri mundial na Copa-1990?


Paraguai, Inglaterra e Chile: onde estão gringos que jogaram no São Paulo
Comentários Comente

Rafael Reis

A série “Por onde andam 5 estrangeiros inesquecíveis” mostra os paradeiros dos gringos que, para o bem ou para o mal, destacaram-se nos últimos anos vestindo as camisas dos 12 maiores clubes do Brasil.

Neste terceiro episódio, listamos 5 nomes nascidos fora do Brasil que estão na história do São Paulo e continuam em atividade.

A série retorna na quarta-feira, quando apresentaremos os estrangeiros do Santos.

JONATHAN CALLERI
Atacante
23 anos
Argentino
No São Paulo: 2016
West Ham (ING)
Calleri
Jogou no Brasil apenas por um semestre, entre fevereiro e julho deste ano, tempo suficiente para conquistar a torcida do São Paulo. Mas, desde que foi para a Inglaterra, sua carreira desandou. Reserva do West Ham, time que tem lutado contra o rebaixamento nesta temporada, passou em branco nas nove partidas que disputou e chegou a ser rebaixado para a equipe B do clube londrino para ganhar ritmo de jogo.

CLEMENTE RODRÍGUEZ
Lateral esquerdo
35 anos
Argentino
No São Paulo: De 2013 a 2015
Colón (ARG)
Clemente
Lembrado pela torcida são-paulina mais pelo longo período em que recebeu para só treinar (afastado do restante do elenco) do que por qualquer coisa que fez nos três jogos em que foi utilizado, o ex-lateral da seleção argentina voltou a ter uma vida normal de jogador de futebol no Colón. Apesar de estar longe de ser o jogador que se destacou no Boca Juniors, Clemente Rodríguez atua com frequência na equipe de Santa Fé, sexta colocada no Campeonato Argentino.

MARCELO CAÑETE
Meia
26 anos
Argentino
No São Paulo: De 2011 a 2015
Libertad (PAR)
Canete
Outro argentino que, assim como Clemente Rodríguez, teve poucas oportunidades no São Paulo e que, quando recebeu alguma chance, desperdiçou. O meia, que passou três anos sendo emprestado (Portuguesa, Náutico e São Bernardo) antes de rescindir seu contrato, agora atua no Paraguai. Mas Cañete tem ficado no banco de reservas nas últimas partidas do Libertad.

NELSON SAAVEDRA
Lateral direito
28 anos
Chileno
No São Paulo: 2010
Audax Italiano (CHI)
Saavedra
Um dos grandes mistérios da história recente do São Paulo, o lateral que chegou por indicação do empresário Juan Figger, treinou por um ano e foi embora sem nunca ter disputado uma partida, continua não sendo dos jogadores de futebol mais atuantes. Contratado pelo Audax Italiano em 2013, soma apenas 40 jogos pelo clube. E, na atual temporada, só foi a campo uma vez.

IVÁN PIRIS
Lateral direito
27 anos
Paraguaio
No São Paulo: De 2011 a 2012
Monterrey (MEX)
Piris
O São Paulo precisou contratar Piris para descobrir que ele não era o melhor lateral direito das Américas e nem o cara que sabia o segredo para anular Neymar. Mas, Piris construiu uma carreira bem interessante depois de deixar o Morumbi. Vestiu as camisas da Roma, do Sporting e da Udinese até se transferir para o Monterrey, do México, onde é titular absoluto.


Mais de Cidadãos do Mundo

Índia, EUA e Barcelona: onde estão os gringos que passaram pelo Corinthians
Emirados, Paraguai e Sérvia: onde estão gringos que passaram pelo Palmeiras
Messi é só o 24º na artilharia da temporada; CR7 está fora do top 30
Celebridade, Neuer já ganhou no “Show do Milhão” e fez filme da Disney


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>