Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Nada de aposentadoria: 7 veteranos famosos que estão escondidos "por aí"

Rafael Reis

19/10/2019 04h00

Será que esse jogador já se aposentou ou está atuando em algum time de uma liga menor que não costumo acompanhar com muita frequência?

Se você é fã de futebol internacional, é bem possível que já tenha se feito essa pergunta em algum momento. Afinal, o mundo é muito grande, e sempre há uma equipe perdida em algum canto disposta a dar abrigo para atletas renomados que já passaram do auge de suas carreiras.

Por isso, o "Blog do Rafael Reis" resolveu dar uma ajuda para solucionar algumas dessas dúvidas e traz abaixo sete jogadores conhecidos que muita gente deve acreditar que já penduraram as chuteiras, mas que continuam em plena atividade…. ainda que um pouco fora dos holofotes que já os iluminaram no passado.

EMMANUEL ADEBAYOR
Atacante
35 anos
Togolês
Kayserispor (TUR)

Crédito: Divulgação

O maior nome da história do futebol de Togo já fez muita coisa ao longo de 19 anos de carreira como profissional. Adebayor jogou em gigantes como Real Madrid, Arsenal, Tottenham e Manchester City, foi eleito o melhor jogador africano e até levou sua modesta seleção a disputar uma Copa do Mundo em 2006. Depois de duas temporadas no Basaksehir, nova força do futebol turco, o centroavante trocou de time na última janela de transferências. No Kayserispor, tem enfrentado problemas físicos e só marcou um gol até o momento.

NICKLAS BENDTNER
Atacante
31 anos
Dinamarquês
Copenhague (DIN)

Crédito: Divulgação

O centroavante, que disputou 171 jogos e marcou 47 gols pelo Arsenal, parece ter muito mais que os 31 anos impressos em seus registros. É que Bendter começou a ter chances na equipe inglesa quando era um adolescente de 17 anos e viveu seu auge muito cedo. Por isso, apesar de nem ter uma idade tão elevada assim, parece já estar dando seus últimos passos como profissional. Bendtner voltou à Escandinávia em 2017 e defendeu por duas temporadas o Rosenborg, da Noruega. Em setembro, assinou com o Copenhague para jogar em seu país-natal. Mas a passagem pela Dinamarca começou de forma desastrosa. Bendtner tem ficado no banco na maioria das partidas – isso quando não é cedido para a equipe B.

YAYA TOURÉ
Meia
36 anos
Marfinense
Qingdao Huanghai (CHN)

Crédito: Reprodução

Um dos maiores nomes da história do Manchester City, o marfinense deixou a Inglaterra em 2018, em meio a uma relação conflituosa com o técnico Pep Guardiola, e foi tentar a sorte no Olympiacos, da Grécia. Mas Yaya Touré jogou só três meses na equipe alvirrubra e chegou a ser tratado como aposentado por muitos torcedores e parte considerável da imprensa. Em julho, depois de sete meses de inatividade, ele anunciou a ida para a segunda divisão chinesa. No Qingdao Huanghai, está em uma disputa ponto a ponto com o Ghizou Hengfeng e o Changchun Yatai pelas duas vagas na elite de 2020.

RICARDO QUARESMA
Atacante
36 anos
Português
Kasimpasa (TUR)

Crédito: Divulgação

Companheiro de longa data de Cristiano Ronaldo na seleção portuguesa, o "Rei da Trivela" deixou de vestir a camisa lusitana depois da última Copa do Mundo, mas segue firme no futebol de clubes. O motivo do seu aparente sumiço é que ele trocou de clube na Turquia. Até o ano passado, Quaresma defendia o Besiktas, um dos maiores times do país. Agora, tem tentado a sorte no Kasimpasa, que lutou contra o rebaixamento na temporada passada e está no grupo do descenso na atual.

GABI
Volante
36 anos
Espanhol
Al Sadd (QAT)

Crédito: Divulgação

Capitão do Atlético de Madri durante a maior parte da "era Simeone", o volante, que disputou incríveis 413 partidas pelos colchoneros, escolheu o país-sede da próxima Copa do Mundo para recomeçar depois de deixar seu time de coração. Em 2018, Gabi se mandou para o Qatar para jogar ao lado de Xavi Hernández no meio-campo do Al Sadd. Campeão nacional em seu ano de estreia no Oriente Médio, continuou no time, mas passou a ter nesta temporada o ex-parceiro e ídolo do Barcelona como treinador.

ARDA TURAN
Meia
32 anos
Turco
Basaksehir (TUR)

Crédito: Ozan Kose/AFP

Outro ídolo do Atlético de Madri, viu sua carreira despencar ao trocar a equipe colchonera pelo Barcelona, onde pouco jogou e virou um problema a ser resolvido. A solução encontrada pela diretoria culé foi emprestar o meia turco para o Basaksehir até o fim do seu contrato, em junho de 2020. Mas Turan não tem feito tanto sucesso assim em sua terra natal. Atualmente, ele é reserva da equipe e tem chamado mais atenção pelas confusões em que costuma se meter, como a condenação a dois anos e oito meses de prisão por ter assediado a esposa de um cantor, agredido o marido dela e depois o ameaçado com uma arma de fogo.

MARIO GÓMEZ
Atacante
34 anos
Alemão
Stuttgart (ALE)

Crédito: Divulgação

Artilheiro do Campeonato Alemão na temporada 2010/2011 e um dos goleadores da Eurocopa de 2012, o centroavante está longe dos seus melhores dias, quando amedrontava as defesas adversárias vestindo a camisa do Bayern de Munique. Na atual temporada, Mario Gómez é jogador de segunda divisão. O veterano defende o Stuttgart, clube que o lançou para o estrelato em meados da década passada e que também busca se reerguer depois de anos difíceis. Na 2.Bundesliga, Gómez só marcou um gol em cinco partidas.


Mais de Cidadãos do Mundo

Como a Red Bull manda no Alemão mesmo sem estar na liderança do campeonato
Mulher de Vardy e supostas traições explicam volta de Rooney à Inglaterra
Por onde andam 7 "professores" famosos do futebol mundial que sumiram?
Cristiano Ronaldo vai virar o maior artilheiro da história das seleções?

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Blog do Rafael Reis