Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Cristiano Ronaldo vai virar o maior artilheiro da história das seleções?

Rafael Reis

14/10/2019 04h00

Aos 34 anos, Cristiano Ronaldo já conseguiu quase tudo que poderia almejar em sua carreira: defendeu três dos maiores do clube do mundo (Manchester United, Real Madrid e Juventus), é pentacampeão do prêmio de melhor jogador do planeta, faturou cinco edições da Champions e levou Portugal aos dois primeiros títulos de sua história (Eurocopa-2016 e Liga das Nações-2019).

Mas o camisa 7 mais famoso da atualidade ainda tem um objetivo a alcançar antes de pendurar as chuteiras: transformar-se no maior artilheiro do futebol de seleções em todos os tempos.

Crédito: Rafael Marchante/Reuters

Com 94 gols marcados ao longo de 161 partidas por Portugal, Ronaldo já deixou para trás figuras lendárias da prateleira de cima da história do futebol, como Pelé (77 gols pelo Brasil) e Ferenc Puskás (84 gols).

Atualmente, ocupa o segundo lugar nesse ranking, mas já tem o recorde na mira.

O astro da Juventus está a apenas 15 gols de igualar a marca de Ali Daei (ex-Bayern de Munique e Hertha Berlim), que marcou 109 vezes pela seleção iraniana entre 1993 e 2006.

E, pelo que vem fazendo nos últimos tempos, Ronaldo não deve ter muitas dificuldades para desbancar o atual recordista e sentar logo mais no trono reservado ao goleador número um do planeta.

Apesar da idade elevada, o craque vive sua fase mais artilheira pela seleção. Nas últimas cinco partidas que disputou pela equipe lusitana, meteu nada menos que nove bolas nas redes adversárias.

Foram quatro gols contra a Lituânia, três ante a Suíça e um contra Sérvia e Luxemburgo (esse, na última sexta-feira). Nesse período, ele só passou em branco na vitória por 1 a 0 sobre a Holanda, em junho, na final da Liga das Nações.

Se mantiver essa frequência de gols, CR7 alcançará o recorde de Ali Daei daqui a apenas oito ou nove partidas.

Levando em consideração as Datas Fifa presentes no calendário internacional, o futebol de seleção pode ganhar um novo artilheiro já no meio do próximo ano, durante a Eurocopa ou nos amistosos previstos para o segundo semestre.

O próximo compromisso de Ronaldo com Portugal é a partida contra a Ucrânia, hoje, fora de casa. Os ex-soviéticos lideram o Grupo B das eliminatórias da Euro, com 16 pontos, cinco a mais que os lusos, que ainda têm um jogo a mais para fazer.

MAIORES ARTILHEIROS DA HISTÓRIA DAS SELEÇÕES:

1 – Ali Daei (IRA) – 109 gols
2 – Cristiano Ronaldo (POR) – 94
3 – Ferenc Puskás (HUN) – 84
4 – Kunishige Kamamoto (JAP) – 80
5 – Godfrey Chitalu (ZAM) – 79
6 – Hussein Saed (IRQ) – 78
7 – Pelé (BRA) – 77*
8 – Bashar Abdullah (KUW) – 75
9 – Sunil Chhetri (IND) – 72
16 – Lionel Messi (ARG) – 68
21 – Robert Lewandowski (POL) – 60
23 – Luis Suárez (URU) – 58

*Apenas gols em partidas oficiais, ou seja, contra outras seleções. Pelé ainda marcou outras 18 vezes com a amarelinha em amistosos contra combinados estaduais ou clubes


Mais de Cidadãos do Mundo

Dia das Crianças: 5 garotos que já estão brilhando no futebol mundial
Por que Messi desistiu do Newell's e agora fala em se aposentar no Barça?
Com gol em todos os jogos, Lewandowski caça líder da Chuteira de Ouro
Na reta final da carreira, Messi vira roupa e show do Cirque du Soleil

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Blog do Rafael Reis