Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Messi ou Cristiano Ronaldo? Universidade faz estudo para escolher o melhor

Rafael Reis

04/09/2019 04h00

Quem é melhor: Lionel Messi ou Cristiano Ronaldo? Ao longo da última década, a pergunta embalou discussões de programas esportivos na televisão, debates acalorados em redes sociais, conversas entre amigos em botecos e reflexões individuais de fãs de futebol espalhados por todo o planeta.

A questão é tão polêmica e costuma render opiniões tão acaloradas de apaixonados pelo craque argentino e pelo astro português que até a ciência resolveu entrar no meio desse embate.

Crédito: Montagem

Um estudo da Universidade de Leuven, na Bélgica, resolveu criar uma fórmula matemática que, segundo seus especialistas, seria capaz de colocar um ponto final nessa discussão e estabelecer qual dos dois é o melhor jogador de futebol.

A partir de dados colhidos pela empresa holandesa SciSports em todos os jogos disputados pela dupla no Campeonato Espanhol entre as temporadas 2013/2014 e 2017/2018, os cientistas desenvolveram um algoritmo para avaliar o desempenho dos atletas em campo.

"Jogadores de futebol normalmente são julgados apenas pelos seus gols e assistências. Mas esses são os melhores parâmetros. Em média, há cerca de 1.600 ações por jogo. É por isso que nosso estudo leva em conta todas as atividades com a bola: chutes, passes, dribles, desarmes", afirma o professor e pesquisador Jesse James.

A partir desses dados, o estudo criou um índice chamado VAEP, sigla em inglês para "avaliação das ações a partir da estimativa de probabilidades", que determina qual o impacto de cada jogador em uma partida de futebol.

E, de acordo com os resultados obtidos pelo estudo, Messi ganha de lavada de Cristiano Ronaldo.

O camisa 10 do Barcelona obteve a nota média de 1,21 por partida, quase o dobro da avaliação de 0,61 do número 7 da Juventus, que ainda defendia o Real Madrid durante o período analisado.

"Normalmente, há jogadores que realizam muitas ações de menor impacto, como Paul Pogba, por exemplo, e outros que tocam menos na bola, mas são mais decisivos, casos dos goleadores do tipo de Harry Kane, Mohamed Salah e Ronaldo. O excepcional de Messi é que ele tem uma quantidade muito alta de ações de grande valor", explica Tom Decroos, outro participante do estudo.

Já trintões e na reta final de suas carreiras, Messi e Cristiano Ronaldo estão entre os protagonistas do futebol mundial desde meados da década passada.

O argentino de 32 anos já acumula 671 gols e quatro títulos de Liga dos Campeões ao longo de sua trajetória como profissional. Já o português de 34 anos se sagrou campeão europeu em seis oportunidades (cinco de clubes e uma de seleções) e meteu 690 bolas nas redes.

Recordistas dos prêmios de melhor jogador do mundo distribuídos pela Fifa, os pentacampeões Messi (2009, 2010, 2011, 2012 e 2015) e Cristiano Ronaldo (2008, 2013, 2014, 2016 e 2017) estão novamente entre os três finalistas do "The Best".

Desta vez, no entanto, o favorito é outro, o zagueiro holandês Virgil van Dijk, vencedor da Liga dos Campeões pelo Liverpool e ganhador do troféu de craque da temporada europeia. O resultado da eleição será divulgado no dia 23 de setembro, em cerimônia realizada em Milão (Itália).


Mais de Cidadãos do Mundo

A janela fechou, mas esses 7 jogadores famosos ainda estão desempregados
Maior da história, Mercado da Bola fecha em R$ 31,8 bi; veja tudo que rolou
Allione voltou à Argentina, mas ainda não desistiu de jogar no Palmeiras
5 empresários que ganharam muito dinheiro nesta janela de transferências

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis