Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Maior da história, Mercado da Bola fecha em R$ 31,8 bi; veja tudo que rolou

Rafael Reis

03/09/2019 04h20

Encerrada ontem (1º) nos principais e mais ricos campeonatos nacionais da Europa, a janela de transferências da temporada 2019/2020 foi a maior da história do futebol mundial.

A soma dos valores pagos por todas as compras e empréstimos de jogadores realizados nos últimos quatro meses foi de pelo menos 7 bilhões de euros (R$ 31,8 bilhões).

Crédito: Getty Images

Esse número ainda não é 100% definitivo e tende a crescer um pouquinho nos próximos dias devido a dois fatores. O primeiro é que alguns negócios fechados ontem ainda não foram divulgados e só devem ser anunciados a partir de hoje.

Além disso, alguns mercados menos relevantes no cenário global ainda continuam com o período de inscrição de novos jogadores aberto.

No México, a janela de transferências vai até quinta-feira. Em Israel, até o dia 18. Já no Qatar, será possível realizar novas transações até o fim deste mês.

Mas, nos cinco principais mercados da Europa (Inglaterra, Itália, Espanha, Alemanha e França), que são responsáveis por mais de 75% de todo o valor movimentado em transferências de jogadores, a janela realmente fechou.

A partir de agora, os clubes desses países só poderão reforçar seus elencos com jogadores que não possuem vínculo com nenhuma agremiação. Ou seja, que estão desempregados.

Antes da atual janela de transferências, o recorde de maior edição do Mercado da Bola global datava de junho/julho/agosto do ano passado, quando foram movimentados 5,9 bilhões de euros (R$ 26,8 bilhões).

Nesta temporada, três negócios cruzaram a barreira dos 100 milhões de euros (R$ 455 milhões) e entraram para o ranking das mais transferências da história: as idas de João Félix, Antoine Griezmann e Eden Hazard para Atlético de Madri, Barcelona e Real Madrid, respectivamente.

Nenhum brasileiro sequer chegou perto dessa marca. O representante mais caro do futebol pentacampeão mundial foi o zagueiro Éder Militão, que custou 50 milhões de euros (R$ 227,5 milhões) ao Real Madrid.

Uma transferência de Neymar certamente chegaria a esses valores. No entanto, apesar dos apelos para ser negociado com o Barcelona e da desgastante novela sobre seu futuro, o atacante acabou permanecendo mesmo no Paris Saint-Germain.

Com o PSG gastando relativamente pouco, apenas três campeonatos nacionais tiveram investimentos superiores a 1 bilhão de euros (R$ 4,55 bilhões): o Inglês, o Espanhol e o Italiano.

A cidade que foi o coração do Mercado da Bola em 2019/2020 foi Madri. Afinal, o clube que mais gastou em reforços na temporada foi o Real, e o que mais faturou foi o Atlético – também o terceiro com maior gasto na chegada de novos jogadores.

AS 10 CONTRATAÇÕES MAIS CARAS DA JANELA 2019/20

1 – João Félix (POR, Atlético de Madri) – 126 milhões de euros
2 – Antoine Griezmann (FRA, Barcelona) – 120 milhões
3 – Eden Hazard (BEL, Real Madrid) – 100 milhões
4 – Harry Maguire (ING, Manchester United) – 87 milhões
5 – Matthijs de Ligt (HOL, Juventus) – 85,5 milhões
6 – Lucas Hernández (FRA, Bayern de Munique) – 80 milhões
Nicolas Pépé (CMF, Arsenal) – 80 milhões
8 – Frenkie de Jong (HOL, Barcelona) – 75 milhões
9 – Rodri (ESP, Manchester City) – 70 milhões
10 – João Cancelo (POR, Manchester City) – 65 milhões
Romelu Lukaku (BEL, Inter de Milão) – 65 milhões

OS 10 BRASILEIROS MAIS CAROS

1 – Éder Militão (Z, Real Madrid) – 50 milhões de euros
2 – Rodrygo (A, Real Madrid) – 45 milhões
3 – Joelinton (A, Newcastle) – 44 milhões
4 – Malcom (A, Zenit) – 40 milhões
5 – Danilo (LD, Juventus) – 37 milhões
6 – Neto (G, Barcelona) – 26 milhões
7 – Wesley (A, Aston Villa) – 25 milhões
8 – Thiago Mendes (M, Lyon) – 22 milhões
9 – Felipe (Z, Atlético de Madri) – 20 milhões
Renan Lodi (LE, Atlético de Madri) – 20 milhões
Raphinha (A, Rennes) – 20 milhões

0S 10 CLUBES MAIS GASTÕES DESTA JANELA

1 – Real Madrid (ESP) – 307,5 milhões de euros
2 – Barcelona (ESP) – 255 milhões
3 – Atlético de Madri (ESP) – 243,5 milhões
4 – Juventus (ITA) – 188,5 milhões
5 – Manchester City (ING) – 168 milhões
6 – Manchester United (ING) – 159 milhões
7 – Sevilla (ESP) – 158,8 milhões
8 – Inter de Milão (ITA) – 155 milhões
9 – Arsenal (ING) – 152,4 milhões
10 – Aston Villa (ING) – 148,6 milhões

0S 10 CLUBES QUE MAIS VENDERAM
1 – Atlético de Madri (ESP) – 313,1 milhões de euros
2 – Ajax (HOL) – 205,8 milhões
3 – Juventus (ITA) – 201,5 milhões
4 – Benfica (POR) – 188,5 milhões
5 – Barcelona (ESP) – 156,4 milhões
6 – Lille (FRA) – 145 milhões
7 – Chelsea (ING) – 136,4 milhões
8 – Lyon (FRA) – 133,3 milhões
9 – Real Madrid (ESP) – 128 milhões
10 – Hoffenheim (ALE) – 111,9 milhões

AS 10 LIGAS MAIS GASTONAS

1 – Campeonato Inglês – 1,55 bilhão de euros
2 – Campeonato Espanhol – 1,31 bilhão
3 – Campeonato Italiano – 1,16 bilhão
4 – Campeonato Alemão – 733 milhões
5 – Campeonato Francês – 635,1 milhões
6 – Campeonato Russo – 226,2 milhões
7 – Campeonato Inglês (2ª divisão) – 180,9 milhões
8 – Campeonato Belga – 144,7 milhões
9 – Campeonato Português – 140,4 milhões
10 – Campeonato Chinês – 115,7 milhões

TOTAL DA JANELA: 7 bilhões de euros

Fonte: Transfermarkt


Mais de Cidadãos do Mundo

Allione voltou à Argentina, mas ainda não desistiu de jogar no Palmeiras
5 empresários que ganharam muito dinheiro nesta janela de transferências
7 gringos conhecidos que jogam campeonatos de 2ª divisão nesta temporada
Quem é o garoto de 16 anos que virou o 2º mais jovem a estrear pelo Barça

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis