Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

A janela fechou, mas esses 7 jogadores famosos ainda estão desempregados

Rafael Reis

03/09/2019 04h00

A janela de transferências para os principais campeonatos nacionais da Europa está oficialmente fechada desde ontem (1º) e bateu todos os recordes de valores movimentados.

Mesmo assim, ainda há jogadores conhecidos no Mercado da Bola internacional que não arranjaram um clube para defender 2019/2020.

Só que isso não significa necessariamente que eles ficarão sem jogar até o fim do ano. Como não possuem contrato com nenhuma equipe, eles podem assinar com algum time europeu (ou mesmo do Brasil) fora da janela.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete jogadores nessa situação: estão desempregados e buscam uma última oportunidade para não ficarem parados nos próximos meses.

CLAUDIO MARCHISIO
Meia
33 anos
Italiano

Crédito: Giorgio Perottino/Reuters

Totalmente identificado com a Juventus, clube que defendeu durante 13 temporadas, o meio-campista, que jogou as Copas do Mundo de 2010 e 2014 pela Itália, está livre no mercado desde que deixou o Zenit São Petersburgo, no fim da temporada passada. Marchisio já afirmou que não pretende jogar em nenhum outro time da Itália que não a Juve, o que limita bastante suas opções. Segundo o jornal "Gazzetta dello Sport", o futuro do meio-campista pode ser o futebol brasileiro. O Flamengo estaria interessado em contratar o veterano para suprir a ausência de Gustavo Cuéllar, que foi para a Arábia Saudita.

HATEM BEN ARFA
Meia-atacante
32 anos
Francês

Crédito: Jeff Gross/Getty Images

Tecnicamente acima da média, coleciona problemas de comportamento e, por isso, jamais conseguiu explodir como jogador de primeiro escalão. No Paris Saint-Germain, brigou com o treinador e chegou a ficar mais de um ano sem ser utilizado. Após o fim do contrato, assinou com o Rennes. Mesmo tendo marcado nove gols e dado seis assistências em sua única temporada pelo clube, não renovou. Nos últimos dias, foi apontado como possível reforço de West Ham, Fenerbahce e Nice, mas ainda continua desempregado.

FÁBIO COENTRÃO
Lateral esquerdo
31 anos
Português

Crédito: Getty Images

Ex-jogador do Real Madrid e veterano de duas Copas do Mundo (2010 e 2014), o lateral até já teve uma espécie de namorico com o Flamengo por intermédio de Jorge Jesus, que o treinou o Benfica. Mas o negócio não acabou se concretizando, e Coentrão continua disponível no Mercado da Bola. Na temporada passada, a primeira depois do fim do seu contrato com o Real, ele ajudou o Rio Ave a terminar o Campeonato Português na sétima colocação.

FREDY GUARÍN
Meia
33 anos
Colombiano

Crédito: Getty Images

Meio-campista de passe refinado, o colombiano fez sucesso com as camisas de Porto e Inter de Milão no começo da década. Depois de três anos atuando no Shanghai Shenhua, Guarín foi liberado em julho de cumprir a parte final do seu contrato com o clube chinês. Desde então, está ouvindo propostas para decidir o melhor rumo para sua carreira. O favorito para contratá-lo é o Brescia, da Itália. Mas não será surpresa se ele aparecer em breve no futebol sul-americano.

WILFRIED BONY
Atacante
30 anos
Marfinense

Crédito: Divulgação

Centroavante com passagem pelo Manchester City e com participação na Copa do Mundo de 2014 no currículo, o marfinense disputou a metade final da segundona inglesa pelo Swansea City na temporada passada. Mas o desempenho bem fraquinho (um gol em sete partidas) levou-o para o time dos desempregados. Para não perder a forma enquanto não encontra um clube para defender em 2019/2020, Bony vem treinando há algumas semanas no Newport County, que disputa a quarta divisão da Inglaterra.

KEISUKE HONDA
Meia
33 anos
Japonês

Crédito: Getty Images

Um dos principais jogadores japoneses de todos os tempos, o ex-Milan talvez tenha dificuldade para se arriscar neste momento no futebol europeu ou da América do Sul, já que tem se dividido entre os gramados e o cargo de técnico da seleção de Camboja. Depois de deixar o Milan, Honda tem se aventurado em mercados mais alternativos. Entre 2017 e 2018, ele defendeu o Pachuca, do México. Na última temporada, encarou o Campeonato Australiano pelo Melbourne Victory.

JÉRÉMY MÉNEZ
Meia-atacante
32 anos
Francês

Crédito: Giuseppe Cacace/AFP

Não faz tanto tempo assim que Ménez era um jogador de sucesso no primeiro escalão do futebol europeu. O francês teve passagens bem interessantes por Roma, Paris Saint-Germain e Milan. Também disputou 24 partidas pela seleção campeã mundial de 2018. Mas sua carreira entrou em declínio rapidamente. De janeiro do ano passado até a última quinta-feira, ele defendia o América (MEX). Com contrato rescindido e um histórico cheio de lesões, está livre para assinar com o time que quiser.


Mais de Cidadãos do Mundo

Allione voltou à Argentina, mas ainda não desistiu de jogar no Palmeiras
5 empresários que ganharam muito dinheiro nesta janela de transferências
7 gringos conhecidos que jogam campeonatos de 2ª divisão nesta temporada
Quem é o garoto de 16 anos que virou o 2º mais jovem a estrear pelo Barça

 

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis