Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Benfica é time que mais faturou com venda de atletas na década; veja top 10

Rafael Reis

28/07/2019 04h00

Não foi à toa que o Benfica conseguiu vender João Félix, um garoto de 19 anos com apenas 44 partidas e uma temporada como profissional, por 126 milhões de euros (R$ 545,8 milhões) e fazer dele o jogador mais caro desta janela de transferências.

Nenhum clube do planeta sabe negociar tão bem seus atletas quanto o atual campeão português.

Crédito: Divulgação

De acordo com o "Transfermarkt", site especializado na cobertura do mercado internacional da bola, a equipe de Lisboa é a que mais ganhou dinheiro com transferências durante a última década.

Foram 969,4 milhões de euros (R$ 4,2 bilhões) arrecadados em 354 negócios diferentes realizados desde a temporada 2010/11. O valor corresponde apenas às vendas feitas pelo time principal do Benfica e exclui transações de garotos que ainda estavam nas categorias de base.

A transação que levou João Félix para o Atlético de Madri corresponde sozinha a quase 13% desse montante, mas não é o único grande negócio fechado pelo clube do estádio da Luz nos últimos anos.

Só nesta década, o Benfica já realizou 11 vendas que alcançaram a casa dos 30 milhões de euros (R$ 130 milhões).

Antes de João Félix, as transferências mais caras feitas pelo clube haviam sido as idas do goleiro brasileiro Ederson e do meia belga Axel Witsel para Manchester City e Zenit São Petersburgo, respectivamente. Em cada um desses negócios, o time ganhou 40 milhões de euros (R$ 173,3 milhões).

Mas o Benfica não é o único português que se destaca como bom vendedor na Europa. O Porto também aparece no top 10 dos clubes que mais lucraram no Mercado da Bola nesta década.

A equipe azul e branca é a nona colocada nesse ranking, com 719,3 milhões de euros (R$ 3,1 bilhões) arrecadados em transferências de jogadores como Éder Militão (Real Madrid), James Rodríguez (Monaco) e Eliaquim Mangala (Manchester City).

O top 10 dos maiores vendedores do planeta conta com times de cinco países. Além dos dois portugueses, há três espanhóis (Atlético de Madri, Barcelona e Real Madrid), dois italianos (Roma e Juventus), dois ingleses (Chelsea e Liverpool) e um francês (Monaco).

O Atleti, com faturamento de 952 milhões de euros (R$ 4,1 bilhões), e o Monaco, com 912,6 milhões de euros (R$ 3,9 bilhões) arrecadados, fazem companhia ao Benfica no pódio.

OS 10 CLUBES QUE MAIS ARRECADARAM COM VENDAS NA DÉCADA*

1 – Benfica (POR) – 969,4 milhões de euros
2 – Atlético de Madri (ESP) – 952 milhões de euros
3 – Monaco (FRA) – 912,6 milhões de euros
4 – Chelsea (ING) – 884,5 milhões de euros
5 – Roma (ITA) – 792,1 milhões de euros
6 – Juventus (ITA) – 786,8 milhões de euros
7 – Barcelona (ESP) – 755,1 milhões de euros
8 – Porto (POR) – 719,3 milhões de euros
9 – Real Madrid (ESP) – 708,9 milhões de euros
10 – Liverpool (ING) – 702,3 milhões de euros

*desde a temporada 2010/11, segundo o "Transfermarkt"


Mais de Clubes

– City é o clube que mais gastou com reforços na década; veja o top 10
– Atlético fatura R$ 1,3 bi com desmanche e caminha para recorde mundial
– Mercado da Bola já movimentou R$ 19,9 bi; veja os 10 clubes mais gastões
– Compras e vendas: o que mudou nos times para a fase final da Libertadores?

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis