Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Por onde andam 7 ídolos históricos do Tottenham?

Rafael Reis

2023-05-20T19:04:20

23/05/2019 04h20

Eles já penduraram as chuteiras e abandonaram o futebol profissional. Mesmo assim, continuam sendo amados e idolatrados pelos torcedores dos clubes onde marcaram gols, fizeram defesas milagrosas, conquistaram títulos importantes e escreveram seus nomes na história.

Desde o começo de abril, o "Blog do Rafael Reis" publica semanalmente a seção "Por Onde Andam os ídolos?". Ao longo dos próximos meses, mostraremos os paradeiros dos maiores nomes de todos os tempos dos times mais importantes do futebol europeu.

Hoje, apresentamos o destino de sete ídolos históricos do Tottenham, adversário do Liverpool na decisão da Liga dos Campeões da Europa. Daqui duas semanas*, será a vez de fazer o mesmo com jogadores que construíram a trajetória do Chelsea.

GARY LINEKER
58 anos
Ex-atacante
Inglês

Crédito: Getty Images

O artilheiro da Copa do Mundo-1986 vestiu a camisa dos Spurs durante apenas três temporadas. Mas foi o suficiente para entrar na história do clube. Lineker foi um dos líderes do Tottenham na conquista da Copa da Inglaterra de 1991 e teve média de 0,57 gol por partida (80 bolas nas redes em 183 apresentações) durante sua estadia em Londres. Hoje, é um dos comentaristas esportivos mais renomados do Reino Unido e trabalha para o canal BT Sport, que transmite a Liga dos Campeões.

JIMMY GREAVES
79 anos
Ex-atacante
Inglês

Crédito: Getty Images

Escolhido o melhor jogador da história do Tottenham, em eleição realizada em 2017 pelo jornal "Daily Mail", é também o maior artilheiro do clube em todos os tempos (266 gols). Lenda viva do futebol inglês, foi goleador da primeira divisão em seis oportunidades e carrega até hoje o recorde de gols da competição (357). Bicampeão nacional pelo Tottenham em 1962 e 1967 e campeão mundial com a seleção inglesa em 1966, Greaves teve uma longa carreira comentando futebol na TV. Atualmente, está aposentado e cuida da sua saúde abalada por vários AVCs.

PAUL GASCOIGNE
51 anos
Ex-meia
Inglês

Crédito: Getty Images

Companheiro de Lineker na conquista da Copa da Inglaterra de 1991, foi a grande referência técnica do Tottenham no final da década de 1980 e no começo dos anos 2000. Depois da aposentadoria, Gazza até tentou construir uma carreira como técnico, mas teve apenas uma experiência na sexta divisão inglesa. Nos últimos anos, Gascoigne só vira notícia quando tem uma recaída no consumo de álcool e drogas, interna-se em uma reabilitação para lutar contra o vício ou tem novos problemas judiciais.

GLENN HODDLE
61 anos
Ex-meia
Inglês

Crédito: Reprodução

Um dos jogadores mais habilidosos da história do Tottenham, foi revelado nas categorias de base do clube e defendeu a equipe principal durante 12 temporadas. Hoddle fez parte da equipe bicampeã da Copa da Inglaterra em 1981 e 1982 e também do time que venceu a Copa da Uefa (atual Liga Europa) em 1984. Aposentado, teve ainda uma carreira importante como técnico: dirigiu a Inglaterra na Copa-1998, o Tottenham e o Chelsea, entre outros clubes. Agora, dedica-se aos comentários esportivos na TV.

STEVE PERRYMAN
67 anos
Ex-meia
Inglês

Crédito: Reprodução

Nenhum jogador vestiu mais a camisa do Tottenham do que esse ex-volante que ganhou seis troféus pelo clube (duas Copas da Inglaterra, duas Copas da Liga e duas Copas da Uefa). Perryman jogou pela equipe londrina 854 vezes entre 1969 e 1986. Já aposentado, voltou a White Hart Lane em 1994 para ser técnico interino. Também trabalhou como treinador na Noruega e no Japão. Desde agosto, é o diretor de futebol do Milton Keynes Dons, recém-promovido para a terceira divisão inglesa.

MARTIN CHIVERS
74 anos
Ex-atacante
Inglês

Crédito: Reprodução

Na lista dos maiores artilheiros da história do Tottenham, Chivers ocupa a terceira colocação. Bicampeão da Copa da Liga e vencedor de uma Copa da Uefa, o atacante foi um dos grandes ídolos da torcida do Tottenham no começo da década de 1970 e também construiu uma história bem legal na seleção inglesa. Depois de deixar os gramados, tentou a sorte como técnico, mas não conseguiu decolar. Também trabalho como comentarista e até foi dono de um hotel e de um restaurante.

CLIFF JONES
84 anos
Ex-atacante
Galês

Crédito: Reprodução

Em 1958, quando foi contratado do Swansea Town, Jones tornou-se o reforço mais caro da história do Tottenham. E o clube inglês certamente não se arrependeu das 35 mil libras (R$ 178 mil, na cotação atual) que desembolsou pelo galês. A passagem do jogador por Londres durou dez anos e levou o time ao primeiro título continental de sua história, a Recopa europeia de 1963. Hoje, o nome de Jones faz parte do Hall da Fama do Tottenham.

*Excepcionalmente, essa seção não será publicada na próxima quinta. Ela voltará ao normal no dia 6 de junho


Mais de Cidadãos do Mundo

De Vinícius Jr. a De Ligt: 7 estrelas "teen" que desfalcam o Mundial sub-20
7 estrelas do futebol que brilharam antes no Mundial sub-20
Mbappé precisa de 4 gols em 90 minutos para conquistar Chuteira de Ouro
Qual era o time de Hugo Chávez e de outros ditadores famosos?

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis