Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

7 estrelas do futebol que brilharam antes no Mundial sub-20

Rafael Reis

2021-05-20T19:04:00

21/05/2019 04h00

Você deseja conhecer os futuros craques do futebol mundial antes da maioria das pessoas? Então, é bom prestar atenção no Mundial sub-20, que começa nesta quinta-feira e será disputado até o dia 15 de junho, na Polônia.

Ao longo de 42 anos de história, a competição revelou inúmeros garotos que se transformaram posteriormente nos protagonistas dos maiores clubes e seleções do planeta.

Conhece um tal de Lionel Messi? Bem, ele brilhou em um Mundial sub-20. E o Diego Maradona? Também.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete estrelas do primeiro escalão do esporte mais popular do planeta que deram show nas edições anteriores da competição de juniores.

LIONEL MESSI (2005)

Crédito: Divulgação

Antes de fazer história no Barcelona e acumular cinco prêmios de melhor jogador do planeta, o atacante foi protagonista do quinto dos seis títulos argentinos na competição. Em 2005, com 17 para 18 anos e apenas uma temporada como profissional no time principal do Barça, Messi fez chover na Holanda. O jovem astro foi o artilheiro do Mundial, com seis gols. Ele também marcou os dois tentos mais importantes da campanha, os da vitória por 2 a 1 sobre a Nigéria na decisão. Logo depois do encerramento da competição, Messi recebeu sua primeira convocação para a seleção principal.

DIEGO MARADONA (1979)

Crédito: Divulgação

Um ano depois de ter sido deixado de fora da convocação argentina para a Copa do Mundo-1978, em uma decisão polêmica do técnico César Menotti que é discutida até hoje por lá, Maradona mostrou todo seu valor na versão sub-20 da competição. Ainda um adolescente de 18 anos que começava a fazer sucesso no Argentinos Juniors, Don Diego liderou a Argentina à então inédita conquista do Mundial sub-20 e ainda levou para casa o prêmio de melhor jogador do torneio.

PAUL POGBA  (2013)

Crédito: Divulgação

Um dos líderes da seleção francesa na conquista da Copa-2018, o meia do Manchester United já havia conhecido o prazer de ser campeão mundial cinco anos antes. Em 2013, ele foi o grande nome do Mundial sub-20 que terminou com os "Bleus" no alto do pódio. Na ocasião, Pogba era um garoto de 20 anos e havia encerrado sua primeira temporada na Juventus. Para ganhar a Chuteira de Ouro da competição, o meia precisou desbancar o uruguaio Nico López, hoje no Internacional, que ficou em segundo na premiação.

SERGIO AGÜERO (2007)

Crédito: Divulgação

Profissional desde os 15 anos, o maior artilheiro da história do Manchester City (231 gols) disputou duas edições do Mundial sub-20. Em 2005, ele foi coadjuvante da equipe comandada por Messi que levantou o caneco. Dois anos depois, chegou a sua vez de ser protagonista em mais uma conquista argentina (a sexta e, por enquanto, última). No Canadá-2007, Agüero fez o hat-trick dos prêmios: sagrou-se campeão, melhor jogador e goleador do torneio disputado por atletas de até 20 anos.

DANIEL ALVES (2003)

Crédito: Reprodução

Não é muito comum ver um defensor subir ao pódio nas premiações individuais dos torneios da Fifa. Pois, em 2003, Daniel Alves quebrou essa espécie de "protocolo". O lateral direito, que havia acabado de desembarcar no futebol espanhol (Sevilla) e ainda precisaria de mais três anos para ganhar uma vaga na seleção principal, ganhou a Bola de Bronze do Mundial sub-20. O reconhecimento veio pelo papel decisivo de Daniel Alves na conquista brasileira. No prêmio, o lateral ficou atrás de Ismail Mattar, dos Emirados Árabes, que foi eleito o craque da competição, e do volante brasileiro Dudu Cearense.

XAVI (1999)

Crédito: Reprodução

Em 1999, o prêmio de melhor jogador do Mundial sub-20 foi para o malinês Seydou Keita e o de artilheiro, para o espanhol Pablo Couñago. Com os olhos ainda desacostumados para o "tiki-taka" que revolucionaria o futebol na década seguinte, pouca gente percebeu que o maior responsável pelo título espanhol no torneio foi, na verdade, um pequeno meio-campista que vestia a camisa 8. Ainda no início de sua trajetória pelo Barcelona, Xavi brilhou naquele Mundial. Ele só marcou dois gols, mas foi decisivo para que sua seleção ditasse o ritmo das partidas e envolvesse os adversários.

RONALDINHO (1999)

Crédito: Reprodução

Ao contrário dos seis jogadores citados acima, Ronaldinho não ganhou o Mundial sub-20. Em 1999, ano em que disputou a competição, o Brasil acabou eliminado pelo Uruguai e não foi além das quartas de final. Mesmo assim, o futuro craque do Barcelona foi uma das atrações da competição e destilou dribles mágicos contra marcadores de Zâmbia, Honduras, Espanha, Croácia e Uruguai. No mesmo ano do torneio de juniores, Ronaldinho chegou à seleção principal e rapidamente virou mania no futebol nacional e, depois, no mundial.


Mais de Cidadãos do Mundo

Qual era o time de Hugo Chávez e de outros ditadores famosos?
7 transferências já fechadas para a próxima temporada europeia
Terra do atletismo, Quênia invade futebol com dupla na final da Champions
Por onde andam 7 ídolos históricos do Liverpool?

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis