Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

7 jogadores de futebol que são fanáticos por games

Rafael Reis

28/04/2019 04h00

Quando chegam em casa, após uma partida estressante nos gramados, eles ligam o videogame ou o computador para relaxar um pouquinho. Quando sobra um tempinho no meio das obrigações do dia a dia, lá estão eles com o celular na mão e os dedinhos frenéticos a controlar os mais diferentes personagens. E, quando estão na concentração… bem, aí nem se fala.

Para vários jogadores profissionais de futebol, os games não são só uma brincadeira, mas sim uma atividade que faz parte de suas rotinas. Quando não estão com uma bola no pé, normalmente eles estão diante de uma tela performando como heróis, atiradores, treinadores e até como, pasmem, jogadores de futebol.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete nomes do mundo da bola são completamente loucos pelos games.

ANTOINE GRIEZMANN

Crédito: Ricardo Mazalan/AP

O camisa 7 da França e do Atlético de Madri é o maior embaixador dos games no mundo do futebol e passou um bom tempo comemorando seus gols fazendo o "Take the L", uma dancinha típica do jogo Fortnite. Griezmann também não esconde de ninguém que é fã da série Football Manager e, de vez em quando, posta nas redes sociais seus avanços no game. Duas semanas atrás, publicou o time do Arsenal que ele comanda na plataforma onde o usuário assume o papel de treinador/diretor de futebol de um clube.

OUSMANE DEMBÉLÉ

Crédito: Albert Gea/Reuters

Ao contrário do companheiro de seleção francesa, Dembélé não lida tão bem assim com sua paixão pelos games. No começo da temporada, o atacante chegou atrasado a alguns treinos do Barcelona porque perdeu a noção do tempo jogando madrugada adentro, foi dormir tarde e não conseguiu acordar para o compromisso do dia seguinte. No caso de Dembélé, o principal vício é na série de games Fifa.

MESUT ÖZIL

Crédito: Reuters

O alemão do Arsenal é outro que tem uma relação nada saudável com os games. No final do ano passado, o jornal "Daily Star" fez um levantamento mostrando que o meia tinha uma média de cinco horas diárias jogando Fortnite durante o período em que se recuperava de uma lesão nas costas. O excesso fez com que ele fosse criticado duramente pela imprensa inglesa e por torcedores do clube. Özil é dono de uma equipe profissional de e-sports e também costuma fazer transmissões ao vivo quando está jogando Fortnite.

LIONEL MESSI

Crédito: Luis Gene/AFP

Até mesmo o pentacampeão dos prêmios de melhor jogador do mundo gasta algumas de suas horas livres de frente para as telas. Graças a Sergio Agüero, astro do Manchester City e seu velho companheiro de seleção argentina, Messi também adentrou no mundo do Fortnite. Ele pode até não ser um fanático pelo game como Griezmann e Özil, mas já comemorou alguns gols com dancinhas presentes no enredo do jogo.

JAMES RODRÍGUEZ

Crédito: Christof Stache/AP

Na Colômbia, todo mundo sabe que o meia do Bayern de Munique e camisa 10 da seleção não suporta perder dentro de campo e também nas telas do Fifa. O astro é consumidor dos games da série há mais de uma década, desde o Fifa 2006. Em 2017, esteve perto de estelar a capa mundial do jogo, mas perdeu uma eleição online para o alemão Marco Reus, do Borussia Dortmund, que ficou com o protagonismo.

NEYMAR

Crédito: Nelson Antoine/AP

O apreço do maior nome do futebol brasileiro nos últimos anos pelos jogos eletrônicos não é de hoje. Desde o início da carreira como profissional, o atacante sempre deixou claro que gosta bastante do mundo dos games. Neymar já teve sua fase no Fifa, jogou bastante PlayerUnknown's Battlegrounds (PUBG) e postou foto brincando de Mario Kart. Mas sua maior paixão é o jogo de tiro Counter-Strike: Global Offensive, o famoso CS.

WENDELL LIRA

Reprodução

Vencedor do Prêmio Puskás de gol mais bonito do mundo em 2015, quando defendia o Goianésia, o brasileiro abandonou a carreira no ano seguinte para mergulhar de vez no mundo dos games. Wendell Lira tornou-se jogador profissional de Fifa e mantém há quase três anos um canal no Youtube sobre o jogo. Atualmente, sua página conta com mais de 500 mil inscritos e vídeos que já bateram 100 mil visualizações.


Mais de Cidadãos do Mundo

"Novo CR7" nasceu rico, viajava 1.300 km para treinar e vale R$ 530 milhões
Por onde andam 7 ídolos históricos do Manchester City?
Autismo, vômitos, hormônios: 5 histórias mal contadas sobre Messi
Com show, Mbappé se aproxima de Messi e reabre briga por Chuteira de Ouro

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Blog do Rafael Reis