Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Em janela de R$ 3 bi, Fla e Palmeiras estão entre os mais gastões do mundo

Rafael Reis

23/01/2019 04h20

Palmeiras e Flamengo não são apenas os dois times brasileiros mais poderosos econonicamente da atualidade. O campeão e o vice da primeira divisão nacional estão também entre os dez clubes do planeta que mais investiram na contratação de reforços na janela de janeiro.

A lista é encabeçada pelo Chelsea, que gastou até o momento 64 milhões de euros (R$ 272,9 milhões). O valor foi todo desembolsado em um único jogador, o meia norte-americano Christian Pulisic, que permanecerá no Borussia Dortmund até o fim da temporada.

Crédito: Divulgação

Quem mais se aproxima do investimento do clube inglês é o Guangzhou Evergrande, que torrou 61,2 milhões de euros (R$ 261 milhões) na montagem do seu elenco para 2019. O time chinês efetivou as contratações de dois jogadores que já estavam cedidos por empréstimo ao clube, os meias brasileiros Paulinho (ex-Barcelona) e Anderson Talisca (ex-Besiktas).

Os clubes brasileiros no top 10 dos mais gastões do planeta neste início de ano estão um pouco distantes desse patamar. O Flamengo é o oitavo colocado, com 20 milhões de euros (R$ 85,3 milhões), enquanto o Palmeiras aparece na sequência, com 19,9 milhões de euros (R$ 84,9 milhões).

O Fla tem ainda um dos dez reforços mais caros do mundo na janela: o meia uruguaio Giorgian de Arrascaeta, ex-Cruzeiro, que custou 15 milhões de euros (R$ 64 milhões) e é nada menos que a contratação mais cara de um clube brasileiro na história.

O Palmeiras não gastou tanto assim em um único jogador. Em compensação, realizou três dos dez maiores negócios envolvendo jogadores brasileiros nesta janela: Carlos Eduardo, Matheus Fernandes e Mayke.

Curiosamente, o time das Américas que mais investiu em novos atletas neste Mercado da Bola não é nenhum dos dois poderosos do Brasil. O posto cabe ao mexicano Cruz Azul, que gastou 23,9 milhões (R$ 102 milhões) em reforços e ocupa a quinta posição no ranking mundial.

O Mercado da Bola global já movimentou neste início de ano um total de 698 milhões de euros (R$ 2,9 bilhões). A marca se aproxima do recorde de 720 milhões de euros (R$ 3,1 bilhões) de 12 meses atrás, a janela de inverno (do Hemisfério Norte) mais rica de todos os tempos.

O período de transferências dos principais países da Europa (Espanha, Itália, Inglaterra, Alemanha e França) vai até o dia 31 de janeiro. No Brasil, o mercado para a chegada de jogadores vindos do exterior fica aberto até o começo de abril.

OS 10 CLUBES MAIS GASTÕES DA JANELA DE JANEIRO/2019

1 – Chelsea (ING) – 64 milhões de euros
2 – Guangzhou Evergrande (CHN) – 61,2 milhões
3 – Milan (ITA) – 35 milhões
4 – Al-Ittihad (ARA) – 33,1 milhões
5 – Cruz Azul (MEX) – 23,9 milhões
6 – Bournemouth (ING) – 21,2 milhões
7 – Stoke City (ING) – 20,8 milhões
8 – Flamengo (BRA) – 20 milhões
9 – Palmeiras (BRA) – 19,9 milhões
10 – RB Leipzig (ALE) – 18 milhões

AS 10 CONTRATAÇÕES MAIS CARAS

1 – Christian Pulisic (EUA, Chelsea) – 64 milhões de euros
2 – Paulinho (BRA, Guangzhou Evergrande) – 42 milhões
3 – Lucas Paquetá (BRA, Milan) – 35 milhões
4 – Dominic Solanke (ING, Bournemouth) – 21,2 milhões
5 – Talisca (BRA, Guangzhou Evergrande) – 19,2 milhões
6 – Amadou Haidara (MAL, RB Leipzig) – 18 milhões
7 – Brahim Díaz (ESP, Real Madrid) – 17 milhões
Emiliano Sala (ARG, Cardiff City) – 17 milhões
9 – Leonardo Balerdi (ARG, Borussia Dortmund) – 15,5 milhões
10 – Giorgian de Arrascaeta (URU, Flamengo) – 15 milhões
TOTAL: 698 milhões

OS 10 BRASILEIROS MAIS CAROS

1 – Paulinho (BRA, Guangzhou Evergrande) – 42 milhões de euros
2 – Lucas Paquetá (BRA, Milan) – 35 milhões
3 – Talisca (BRA, Guangzhou Evergrande) – 19,2 milhões
4 – Ayrton Lucas (BRA, Spartak Moscou) – 7 milhões
5 – Pablo (BRA, São Paulo) – 6 milhões
6 – Carlos Eduardo (BRA, Palmeiras) – 5,7 milhões
7 – Rodrigo Caio (BRA, Flamengo) – 5 milhões
8 – Matheus Fernandes (BRA, Palmeiras) – 4 milhões
Marcão (BRA, Galatasaray) – 4 milhões
10 – Mayke (BRA, Palmeiras) – 3,5 milhões


Mais de Clubes

– Brasileiros gastam R$ 190 mi a mais que argentinos para Libertadores-19
– Com Robinho, time de "velhinhos" está provocando revolução no futebol turco
– Patrocínio de turismo na Coreia do Norte gera polêmica no futebol inglês
– Por que o futebol da Inglaterra não para no fim do ano?

 

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis