PUBLICIDADE
Topo

Messi faz hat-trick e invade top 10 da Chuteira de Ouro; líder "congela"

Rafael Reis

10/12/2019 04h20

Os líderes da Chuteira de Ouro já podem entrar em estado de alerta. O maior vencedor da história do prêmio entregue anualmente ao goleador máximo dos campeonatos nacionais da Europa está chegando.

Seis vezes ganhador da honraria, com direito a um tricampeonato nas três últimas rodadas, o argentino Lionel Messi entrou no top 10 da temporada ao anotar um hat-trick (três gols em uma única partida) na goleada por 5 a 2 aplicada pelo Barcelona sobre o Mallorca, nesse sábado (7).

Crédito: David S. Bustamante/Getty Images

Com isso, o melhor jogador do mundo chegou a 12 gols no Campeonato Espanhol e 24 pontos na Chuteira de Ouro, o suficiente para colocá-lo na oitava colocação na artilharia continental – empatado por o norueguês Erling Brunt Haaland (Red Bull Salzburg) e com o israelense Shon Weissman (Wolfsberger).

Agora, Messi está dez pontos, ou cinco gols, atrás de Ciro Immobile, líder da corrida pelo prêmio em 2019/2020. O centroavante viu sua sequência de nove rodadas consecutivas balançando as redes terminar ao passar em branco na vitória por 3 a 1 da Lazio sobre a Juventus, também no sábado.

Por enquanto, as maiores ameaças à sua permanência na primeira posição são o inglês Jamie Vardy, que fez dois no 4 a 1 aplicado pelo Leicester sobre o Aston Villa, e o polonês Robert Lewandowski, sem gol na derrota por 2 a 1 do Bayern de Munique para o Borussia Mönchengladbach. Cada um deles soma 32 pontos e está colado no italiano.

Mas Messi já começa a aparecer no retrovisor. Ele venceu a Chuteira de Ouro em 2010, 2012, 2013, 2017, 2018 e 2019. Na última temporada, somou 72 pontos.

Quem não está nada bem na disputa pelo prêmio é o Brasil. O representante do país mais bem classificado no ranking é o atacante João Pedro, do italiano Cagliari, que ocupa a 24ª posição com 20 pontos.

O país pentacampeão mundial de futebol não fatura a taça desde 2001/2002, quando Jardel (Sporting) foi o goleador máximo da temporada. O ex-centroavante de Palmeiras e Grêmio também levantou o troféu em 1998/1999. Além dele, apenas Ronaldo (1996/1997) já colocou o Brasil no lugar mais alto do pódio.

"Blog do Rafael Reis" publica a cada terça-feira uma nova parcial da disputa.

Confira o top 10 da Chuteira de Ouro

1º – Ciro Immobile (ITA, Lazio) – 34 pontos (17 gols)
2º – Jamie Vardy (ING, Leicester) – 32 pontos (16 gols)
Robert Lewandowski (POL, Bayern de Munique) – 32 pontos (16 gols)
4º – Erik Sorga (EST, Flora Tallinn) – 31 pontos (31 gols)
5º – Timo Werner (ALE, RB Leipzig) – 30 pontos (15 gols)
6º – Ilia Shrukin (BLR, Energetik-BGU Minks) – 28,5 pontos (19 gols)
7º – Kamil Wilczek (POL, Bröndby) – 25,5 pontos (17 gols)
8º – Erling Brunt Haaland (NOR, Red Bull Salzburg) – 24 pontos (16 gols)
Lionel Messi (ARG, Barcelona) – 24 pontos (12 gols)
Shon Weissman (ISR, Wolfsberger) – 24 pontos (16 gols)


Mais de Cidadãos do Mundo

Como Dybala está ofuscando CR7 e sendo o "cara" da Juventus nesta temporada
1º gay a jogar Copa do Mundo hoje comenta futebol, mas se diz "voz isolada"
Com "2 meses de gols", italiano tira Lewa da liderança da Chuteira de Ouro
CR7 é o rei do Instagram; conheça os 10 jogadores com mais seguidores

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Rafael Reis