Topo

5 destaques da Libertadores para seu time contratar no próximo ano

Rafael Reis

04/11/2019 04h00

A Libertadores costuma ser um ótimo campo de observação dos clubes brasileiros para jogadores que atuam em outros países da América do Sul.

Boa parte dos gringos que hoje atuam no futebol pentacampeão mundial foram "descobertos" pelas equipes brasileiras e contratados depois de se destacarem no principal torneio interclubes do continente.

E esta edição da Libertadores também apresentou alguns bons valores que seriam bastante úteis aos clubes daqui.

O "Blog do Rafael Reis" traz abaixo uma lista com cinco jogadores que brilharam no torneio deste ano e que seriam ótimos reforços para as equipes do Brasil na próxima temporada. A lista traz apenas nomes dentro da realidade financeira do nosso futebol. Ou seja, atletas na mira de potências do primeiro escalão da Europa foram ignorados.

Flamengo e River Plate disputam no dia 23 de novembro a final da Libertadores-2019. A partida, pelo menos por enquanto, está confirmada para o estádio Nacional, em Santiago (Chile).

Os argentinos são os atuais campeões sul-americanos e buscam o quinto título. Já o Flamengo, que venceu em 1981, quer levantar o troféu pela segunda vez.

MILTON CASCO
Lateral esquerdo
31 anos
Argentino
River Plate (ARG)

Crédito: Reprodução

Um dos destaques do River Plate na semifinal contra o Boca Juniors, o jogador já não tem mais mercado na Europa devido à idade avançada, mas poderia ser bastante útil para os principais clubes do Brasil, que têm totais condições financeiras de tirá-lo da Argentina. Casco é um lateral que pouco se encontra por aqui: melhor na marcação do que no apoio. Por isso, pode ser muito útil a treinadores que não gostam de se expor muito. O veterano, que está no River desde 2015 e também pode quebrar o galho pela direita, já disputou três jogos pela seleção e foi companheiro de Messi na Copa América deste ano.

IVÁN MARCONE
Volante
29 anos
Argentino
Boca Juniors (ARG)

Crédito: AFP

Cão de guarda da defesa do Boca Juniors, Marcone é um leão na marcação, mas também tem qualidade técnica para iniciar de trás as jogadas defensivas. O semifinalista da Libertadores vive o melhor momento de sua carreira e estreou pela seleção argentina no começo do ano. Em condições normais, seria um reforço inviável para os clubes brasileiros. Mas, assim como Casco, já saiu do radar dos grandes clubes da Europa por conta da idade. Mesmo assim, tirar Marcone da Bombonera é um sonho possíveis só para os times mais ricos do Brasil, já que ele custaria pelo menos uns 9 milhões de euros (R$ 40 milhões).

ADRIÁN MARTÍNEZ
Atacante
27 anos
Argentino
Libertad (PAR)

Crédito: Norberto Duarte/AFP

Vice-artilheiro da Libertadores, com seis gols, apenas um a menos que Gabriel Barbosa (Flamengo), o atacante que só se profissionalizou com 23 anos e passou a maior parte da carreira jogando em divisões inferiores do futebol argentino é uma das revelações da América do Sul em 2019. Destaque das fases iniciais do torneio continental, Martínez já marcou 12 vezes neste ano. Como atua no Campeonato Paraguaio, uma liga de poucos recursos financeiros, o atacante é um alvo possível até mesmo para equipes da parte de baixo da tabela do Brasileiro.

ANTONIO VALENCIA
Lateral direito
34 anos
Equatoriano
LDU (EQU)

Crédito: Reprodução

O veterano, que jogou durante dez temporadas no Manchester United e terminou sua passagem pela Europa como capitão do poderoso clube inglês, só disputou quatro partidas da Libertadores. Mesmo assim, foi essencial para a LDU ter alcançado as quartas de final do torneio. Apesar de já bastante veterano, Valencia não tem planos de se aposentar em breve e já disse que pretende jogar por mais um bom tempo. Sua contratação seria um reforço de peso para qualquer clube brasileiro, especialmente por atuar em uma posição tão carente de bons valores.

SANTIAGO ARZAMENDIA
Lateral esquerdo
21 anos
Paraguaio
Cerro Porteño (PAR)

Crédito: Divulgação

Uma das principais revelações do futebol paraguaio nos últimos anos, o lateral esquerdo é muito bom no apoio e se destacou nas duas últimas edições da Libertadores (chegou a marcar contra o Palmeiras, no ano passado). Arzamendia já esteve na mira de clubes brasileiros, como o Atlético-MG, que sondou a possibilidade de contratá-lo no início da temporada. Mas quem quiser ficar com o garoto deve agir rápido. Não será nenhuma surpresa se ele receber logo uma proposta interessante para jogar na Europa.


Mais de Cidadãos do Mundo

Com longo jejum, ex-corintiano Zizao tem pior ano desde volta à China
Por onde andam 7 promessas dos Mundiais sub-17 que "floparam" na carreira?
7 candidatos a craque para acompanhar de perto no Mundial sub-17
Lewa marca pelo 8º jogo consecutivo e encosta em líder da Chuteira de Ouro

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Blog do Rafael Reis