Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Por onde andam 7 brasileiros que jogaram no Manchester City?

Rafael Reis

26/09/2019 04h20

É difícil contar a história dos principais clubes da Europa sem citar jogadores brasileiros. Afinal, os representantes do futebol pentacampeão mundial vêm há décadas desempenhando papel de destaque no Velho Continente.

Muitos deles foram protagonistas, os caras que brilharam nos momentos mais importantes. Outros tiveram função de coadjuvante, e há até mesmo aqueles que se tornaram grandes decepções.

Desde agosto e ao longo dos próximos meses, o "Blog do Rafael Reis" vai contar essa história.

Semanalmente, mostramos alguns brasileiros, de todos os tipos e qualidades, que passaram pelos clubes mais poderosos da Europa e também identificamos o que eles andam fazendo da vida atualmente.

Nesta semana, vamos abordar sete jogadores tupiniquins que vestiram em algum momento da carreira a camisa do Manchester City. Na próxima quinta, será a vez do Manchester United, seu principal rival de cidade.

ROBINHO
Atacante
35 anos

Crédito: Michael Regan/Getty Images

Primeira grande contratação feita pelo Manchester City durante sua era bilionária, ficou no clube por cerca de uma temporada e meia. Robinho defendeu o clube inglês em 53 partidas e marcou 16 vezes até ser negociado com o Milan. Longe dos holofotes no Brasil, o atacante está desde o começo de 2018 na Turquia e foi vice-campeão nacional pelo Basaksehir na última temporada. Na semana passada, desfalcou o time no confronto contra a Roma porque poderia ser preso por estupro caso pisasse na Itália – o jogador foi condenado a nove anos de prisão no país por um episódio de violência sexual ocorrido em 2013.

ELANO
Ex-meia
38 anos

Crédito: Divulgação

Companheiro de Robinho no Santos, reencontrou o antigo parceiro na Inglaterra. Elano chegou ao City um pouco mais cedo em 2007 – antes de o time ser adquirido por um xeque dos Emirados Árabes -, ficou por lá durante duas temporadas e acabou negociado devido ao desejo do clube de trocar os jogadores que já estavam lá por estrelas internacionais. O brasileiro jogou profissionalmente até 2016. No ano seguinte, foi auxiliar do Peixe e chegou a dirigir a equipe interinamente. Em 2020, ele comandará a Inter de Limeira na disputa do Campeonato Paulista.


Atacante
32 anos

Crédito: AP

O ex-corintiano chegou ao Manchester City como a contratação mais cara da história do clube, mas deu muito errado no futebol inglês. Jô fez só seis gols pelos Citizens durante as 42 partidas em que foi escalado e foi liberado para dois empréstimos (Everton e Galatasaray). Após problemas de alcoolismo, o atacante brilhou como artilheiro do Brasileirão de 2017, pelo Corinthians. No ano passado, repetiu a dose no Japão. Atualmente na segunda temporada pelo Nagoya Grampus, tem balançado menos as redes e lutado contra o rebaixamento.

GEOVANNI
Ex-meia-atacante
39 anos

Crédito: AP

Revelação do Cruzeiro no fim do século passado, jogou no Barcelona, no Benfica e no Manchester City, mas nunca conseguiu corresponder às expectativas que criou no começo da carreira. Foi contratado a custo zero em 2007, jogou 23 partidas e foi embora um ano depois, também de graça. O último clube de sua carreira foi o Bragantino, equipe pela qual disputou a reta final da Série B do Brasileiro de 2013.

FERNANDO
Volante
32 anos

Crédito: Divulgação

Jogador de meio-campo com características mais defensivas, bastante força física e grande poder de marcação, chegou ao City em 2014 e perdeu espaço depois que Pep Guardiola assumiu a equipe. Fernando foi negociado com o Galatasaray em 2017, passou duas temporadas na Turquia e está de clube novo nesta temporada. O brasileiro vem sendo titular absoluto do Sevilla neste início de Campeonato Espanhol.

DOUGLAS LUIZ
Meia
21 anos

Crédito: Lynne Sladky/AP

Comprado do Vasco quando tinha só 19 anos e dava seus primeiros passos como profissional, nunca chegou a jogar partidas oficiais pelo Manchester City. O meia ficou dois anos emprestado ao Girona, clube espanhol que é ligado ao irmão de Pep Guardiola, e acabou negociado na última janela de transferências com o Aston Villa. Titular na maioria dos jogos da Premier League até o momento, Douglas Luiz também tem feito parte das convocações da seleção brasileira pré-olímpica.

GLÁUBER
Ex-zagueiro
36 anos

Crédito: Reprodução

Formado nas categorias de base do Atlético-MG, chegou a disputar até um jogo pela seleção brasileira na época em que defendia o Palmeiras. Em 2006, mudou-se para a Europa e jogou na Alemanha, na Inglaterra e na Romênia. Gláuber ficou só uma temporada no Manchester City e, apesar de ter disputado apenas uma partida, lá em 2009, caiu nas graças do torcedor por ser uma figura sempre presente no banco. Aposentado, hoje ele trabalha com representação de jogadores.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

Para agradar Zidane, Vinícius Jr. muda estilo e dribla menos que Casemiro
Por onde andam 5 brasileiros que jogaram no Liverpool?
Que clube brasileiro mais revelou jogadores para edição da Champions?
Brasil perde espaço na Champions, mas ainda emplaca 65 jogadores

 

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Blog do Rafael Reis