PUBLICIDADE
Topo

Elencos da Champions valem R$ 71 bilhões; conheça os 10 times mais caros

Rafael Reis

15/09/2019 04h00

A Liga dos Campeões da Europa já não é mais um torneio milionário. A competição interclubes mais badalada e importante do calendário do futebol agora entrou na era dos bilhões.

De acordo com o Transfermarkt, site especializado na cobertura do Mercado da Bola, cinco dos clubes que iniciam nesta terça-feira (17) a corrida pelo título continental possuem elencos com valores estimados em mais de 1 bilhão de euros (R$ 4,5 bilhões).

Crédito: Toby Meville/Reuters

O mais caro de todos é o do Manchester City, curiosamente uma equipe que nunca se sagrou campeã europeia e ainda sonha com o título inédito. Os atuais bicampeões ingleses possuem um grupo de jogadores que vale 1,28 bilhão de euros (R$ 5,8 bilhões).

Real Madrid e Barcelona, que venceram seis edições do torneio nesta década, completam o time dos elencos bilionários ao lado do atual campeão Liverpool e do Paris Saint-Germain, outro que jamais faturou a Champions.

Na temporada passada, esse grupo era restrito a duas equipes: Barcelona e Manchester City. Os catalães tinham o elenco mais valorizado da competição: 1,14 bilhão de euros (R$ 5,1 bilhão, na conversão atual).

Desta vez, o valor somado dos jogadores espalhados pelos 32 times que estão na disputa da fase de grupos é de 15,95 bilhões de euros (R$ 71,8 bilhões), um crescimento de 15% em relação a 2019/2020.

O atleta mais valioso desta edição da Champions é Kylian Mbappé, do PSG, com preço estimado em 200 milhões de euros (R$ 900 milhões). O brasileiro Neymar, seu companheiro de ataque no clube francês, ocupa a segunda colocação no ranking, com 180 milhões de euros (R$ 810 milhões).

Do outro lado da tabela, a equipe mais barata da Liga dos Campeões é o Slavia Praga, da República Tcheca, que custa 30,3 milhões de euros (R$ 136, 1 milhões).

A equipe, que está no "grupo da morte" da competição e terá Barcelona, Borussia Dortmund e Inter de Milão como adversários, é a única cujo elenco vale menos de 50 milhões de euros (R$ 224,5 milhões). Na temporada passada, três times estavam nesse patamar.

A decisão da Champions 2019/20 está marcada para o dia 30 de maio do próximo ano e será disputada no Estádio Olímpico Atatürk, em Istambul, principal cidade da Turquia.

Conheça os 10 elencos mais caros da Champions
Manchester City (ING) – 1,28 bilhão de euros
Real Madrid (ESP) – 1,19 bilhão
Barcelona (ESP) – 1,18 bilhão
Liverpool (ING) – 1,07 bilhão
Paris Saint-Germain (FRA) – 1,06 bilhão
Tottenham (ING) – 984 milhões
Atlético de Madri (ESP) – 872,5 milhões
Bayern de Munique (ALE) – 867,4 milhões
Juventus (ITA) – 864 milhões
Chelsea (ING) – 807 milhões

Conheça os 10 elencos mais baratos da Champions
Galatasaray (TUR) – 136,3 milhões de euros
Shakhtar Donetsk (UCR) – 137,4 milhões
Lokomotiv Moscou (RUS) – 134,8 milhões
Genk (BEL) – 117,7 milhões
Brugge (HOL) – 108,4 milhões
RB Salzburg (AUT) – 95 milhões
Olympiacos (GRE) – 83,1 milhões
Dínamo de Zagreb (CRO) – 73 milhões
Estrela Vermelha (SER) – 58 milhões
Slavia Praga (TCH) – 36,6 milhões

Fonte: Transfermarkt


Mais de Clubes

Como time com 3 campeões mundiais virou candidato a rebaixamento no Japão
Só o Brasil não congela campeonato durante Data Fifa: verdade ou lenda?
Time espanhol defende Terra Plana, questiona ciência e chama Nasa de fraude
Os 10 reforços mais caros desta temporada no Campeonato Espanhol

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Rafael Reis