Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Lucas Leiva renasce na Lazio e vira o maior ladrão de bolas da Itália

Rafael Reis

2023-02-20T19:04:00

23/02/2019 04h00

O maior ladrão de bolas do Campeonato Italiano não é nenhum garoto cheio de vigor físico para não sair da cola dos marcadores, vencer os adversários na velocidade e distribuir um carrinho atrás do outro, mas sim um brasileiro que defendeu a seleção na década passada e andava meio esquecido no futebol europeu.

Aos 32 anos e em sua segunda temporada, Lucas Leiva virou o melhor marcador do Calcio. De acordo com o site "WhoScored?", especializado na estatísticas da modalidade, o volante da Lazio tem média de 3,6 desarmes em 2018/19.

Crédito: Divulgação

Nenhum outro jogador do campeonato que tem Cristiano Ronaldo como astro consegue roubar mais bolas que o ex-Grêmio e Liverpool.

O único com números que se comparam aos dele é outro brasileiro, Allan, quatro anos mais novo e que tem feito parte das últimas convocações de Tite. Mas, apesar de ter a mesma média de desarmes do líder, o meia do Napoli perde na quantidade de interceptações de passes (1,6, contra 1).

Lucas chegou à capital italiana em um momento delicado da carreira. No último dos dez anos em que defendeu o Liverpool, havia virado um reserva de luxo na equipe inglesa e era mais respeitado pela história escrita no clube do que pelo desempenho dentro de campo.

Na sua temporada derradeira pelos Reds, foi titular em apenas 12 jogos da Premier League, e só um deles foi um confronto contra um dos outros cinco grandes do país (Manchester City, Manchester United, Chelsea, Arsenal e Tottenham).

A perda de espaço do Liverpool também afastou a Lucas a chance de disputar uma Copa do Mundo. Chamado pela primeira vez para a seleção adulta em 2006, quando tinha 19 anos, ele não aparece em nenhuma convocação desde 2013.

Foi nesse momento que a Lazio apareceu no seu caminho. E o brasileiro não demorou para "renascer". Contratado por 10 milhões de euros (R$ 42,4 milhões) em 2017, o volante disputou 50 partidas em sua temporada de estreia na Itália.

No ano seguinte, venceu a eleição de melhor jogador do clube organizada pelas redes sociais oficiais da equipe romana.

Na atual temporada, a diferença no desempenho da Lazio quando tem Lucas em campo e nas partidas em que não pode escalar o brasileiro é gritante. Com seu camisa 6, o time dirigido por Simone Inzaghi conquistou 59,1% dos pontos que disputou. Sem ele, o aproveitamento cai para 33,3%.

É empolgada pela boa fase do brasileiro que a Lazio sonha voltar à Liga dos Campeões da Europa, competição em que disputou a fase de grupos pela última vez em 2007/08. O clube romano está na sétima colocação do Italiano, com sete pontos (e um jogo) a menos que o Milan, detentor da última vaga para a Champions.

Na próxima segunda-feira, Lucas, o maior ladrão de bolas do Calcio, e cia. enfrentam a Udinese, em casa, para tentar encurtar essa diferença.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

Fã de economia, antigo Menino da Vila crê em surpresa contra o Barcelona
7 brasileiros que jogam nas categorias de base de grandes clubes brasileiros
Banco de reservas vira rotina para homens de Tite em temporada pós-Copa
Ex-Palmeiras vira "irmão" de Dentinho e busca padrão Shakhtar de sucesso

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis