PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

7 brasileiros que jogam nas categorias de base de grandes clubes da Europa

Rafael Reis

17/02/2019 04h00

Quem são os brasileiros que jogam no Barcelona? Arthur, Philippe Coutinho, Malcom e Rafinha. E os que defendem o Real Madrid? Casemiro, Marcelo e Vinícius Júnior. Para fechar: que tal falar os da Juventus? Alex Sandro e Douglas Costa.

Em tempos de quebra de fronteiras e com os clubes europeus cada vez mais expostos nas TVs e serviços de streaming de todo o planeta, as respostas para as perguntas acima ficam fáceis. Quer dizer, seriam fáceis, se estivessem corretas.

Mas a presença brasileira nos principais clubes do mundo vai muito além desses astros que todos conhecem. Barça, Real, Juve e vários outros times importantes do cenário global contam em suas categorias de base com alguns outros representantes do futebol pentacampeão mundial que pouca gente sabe quem são.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete meninos brasileiros que atuam nas equipes inferiores de alguns desses clubes do primeiro escalão da Europa.

RODRIGO FAROFA
Atacante
18 anos
Real Madrid (ESP)

Crédito: Divulgação

Em sua primeira temporada longe do futebol brasileiro, o atacante já é o vice-artilheiro da Uefa Youth League, a versão para adolescentes da Champions. Estrela da equipe sub-19 do Real, o paulista de São Carlos já marcou seis gols na competição, menos apenas que o inglês Charlie Brown, do Chelsea. Rodrigo foi formado nas categorias de base do Novorizontino e acabou descoberto pelos espanhóis depois de disputar o Mundial de Clubes sub-17 de 2017 emprestado ao Palmeiras. Alguns meses depois, o jogador foi anunciado pela equipe de futebol mais vitoriosa do planeta.

GABRIEL NOVAES
Atacante
19 anos
Barcelona (ESP)

Crédito: Reprodução

Campeão e artilheiro da última Copa São Paulo, com dez gols, o atacante foi negociado com o Barcelona logo depois da competição. A princípio, Gabriel Novaes permanecerá na Catalunha por um ano e meio. Se o time de Lionel Messi e Philippe Coutinho quiser contratá-lo após o vencimento do empréstimo, terá de pagar ao São Paulo pelo menos 5 milhões de euros (R$ 20,9 milhões). O valor pode subir para até 8 milhões de euros (R$ 33,4 milhões) se algumas cláusulas de produtividade forem atingidas. A ideia do clube catalão é que o atacante defenda a partir da próxima temporada o Barça B, que disputa a terceira divisão espanhola e é destinado a garotos na reta final do processo de formação.

LUCAS DE VEGA
Meia
19 anos
Barcelona (ESP)

Crédito: Reprodução

Visto desde cedo nas categorias de base do Barcelona como uma espécie de sucessor de Andrés Iniesta, hoje no futebol japonês, o cearense de Fortaleza (CE) é um veterano de La Masia. De Vega mudou-se para a Europa antes de completar seu segundo aniversário e passou a treinar no clube catalão quando tinha nove anos. Dez anos depois, defende o time sub-19 do Barça, que disputa a Uefa Youth League, e já passou pelas seleções de base do Brasil e da Espanha. Com apenas mais quatro meses de contrato, o garoto interessa a Real Madrid, Arsenal e Bayern de Munique, segundo o jornal espanhol "As".

OLIVER BATISTA MEIER
Meia-atacante
18 anos
Bayern de Munique (ALE)

Crédito: Divulgação

Camisa 10 da equipe sub-19 do Bayern, Oliver não é nascido no Brasil e nem tem o português como língua principal. O meia-atacante, uma das maiores apostas do clube bávaro para o futuro, é natural de Kaiserslautern (Alemanha) e até defende as seleções germânicas de base. A família do jogador, no entanto, é brasileira e ele ainda pode optar por usar a camisa canarinho no futuro. Após marcar 33 gols em 41 partidas na temporada passada, Batista-Meier vem sofrendo com lesões nos últimos meses. Em novembro, precisou passar por uma cirurgia no tornozelo. A previsão é que só volte aos gramados em junho.

LUCAS ROSA
Lateral direito
18 anos
Juventus (ITA)

Crédito: Reprodução

Jogador com passagem pela seleção brasileira sub-17, deixou o Palmeiras no meio do ano passado antes mesmo de assinar seu primeiro contrato como profissional para realizar testes na Juventus. O lateral acabou sendo aprovado no clube de Turim, mas demorou mais de seis meses para alinhar em uma partida oficial da categoria Primavera 1, o equivalente ao time sub-19. Em seus primeiros jogos pela Juve, Lucas Rosa tem sido escalado mais adiantado, como atacante pela faixa direita do campo.

NICHOLAS RIZZO
Zagueiro
18 anos
Inter de Milão (ITA)

Crédito: Reprodução

Assim como Oliver Batista Meier, também nasceu no exterior, mas possui sangue e cidadania brasileiros. Rizzo está desde a infância nas categorias de base da Inter e atualmente é titular absoluto da equipe sub-19 do clube de Milão. O zagueiro também é um habitué nas seleção menores da Itália, sua terra natal. Ele já jogou pela Azzurra nas categorias sub-15, sub-17 e estreou no mês passado pelo time para jovens de até 19 anos.

GUSTAVO HENRIQUE
Meia
18 anos
Atlético de Madri (ESP)

Crédito: Reprodução

Filho do ex-volante Paulo Assunção, que jogou no Palmeiras e passou a maior parte da carreira atuando no futebol europeu, Gustavo está fixo nas categorias de base do Atlético desde 2013 e já realizou vários treinos sob comando de Diego Simeone na equipe principal. Mas, pelo menos por enquanto, seu lugar tem sido mesmo o time sub-19. Gustavo, que já defendeu a seleção brasileira sub-17, tem também cidadanias espanhola e portuguesa.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

Banco de reservas vira rotina para homens de Tite em temporada pós-Copa
Ex-Palmeiras vira "irmão" de Dentinho e busca padrão Shakhtar de sucesso
Vinícius Júnior já é o maior garçom brasileiro na Europa; veja o top 10
Neymar é o único brasileiro em seleção da temporada montada por algoritmo

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.