Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

"Beckham islandês" busca volta por cima para manter seleção na Copa

Rafael Reis

2026-06-20T18:04:00

26/06/2018 04h00

A Islândia deposita suas últimas esperanças de conseguir avançar às oitavas de final da Copa do Mundo-2018 em David Beckham. Não no ex-meia da Inglaterra, mas sim em sua versão de gelo.

"Beckham islandês". É esse o apelido de Gylfi Sigurdsson, principal jogador da seleção nórdica, que enfrenta a Croácia, nesta terça-feira, às 15h (de Brasília), em Rostov, pela última rodada do Grupo D, e precisa vencer para ter alguma possibilidade de classificação.

O meia de 28 anos, que defende o Everton (ING), passou a ser comparado ao ídolo de infância durante a histórica campanha islandesa na Eurocopa-2016 – logo em sua primeira participação no torneio, o país alcançou as quartas de final.

Assim como Beckham, Sigurdsson também tem nos chutes de média e longa distância a sua principal arma. Foi assim que ele marcou boa parte dos 46 gols que já anotou ao longo de sete temporadas atuando na Premier League inglesa.

Apesar de ter desperdiçado um pênalti na derrota por 2 a 0 para a Nigéria, o camisa 10 e vice-capitão da Islândia também é bom na bola parada. Todas as cobranças de falta e escanteio de sua seleção saem dos seus pés.

Mas as semelhanças entre Sigurdsson e o astro que fez sucesso no Manchester United, no Real Madrid e no futebol dos EUA vão muito além do que ele mostra dentro de campo.

Tal como o Beckham original, a versão congelada do ex-camisa 7 também é uma máquina de fazer dinheiro.

A transferência de Sigurdsson do Swansea para o Everton, selada em agosto passado, movimentou 49,4 milhões de euros (R$ 216,4 milhões) e é a segunda maior da história de um jogador nórdico – só perde para a ida do sueco Zlatan Ibrahimovic para o Barcelona, em 2009.

Outra semelhança entre o islandês e Beckham está no estilo. O meia do Everton adora se vestir bem, é apaixonado por golfe e tem fama de símbolo sexual em sua terra natal.

O relacionamento com uma celebridade ajudou na construção desta imagem. Se David Beckham é casado com Victoria, que fez sucesso como cantora da girl band Spice Girls, Sigurdsson namora a modelo Alexandra Ivarsdottir, a Miss Islândia de 2008.

O casal é tratado pela pequena imprensa islandesa como os "Beckhams" do país.

Com um empate e uma derrota na Rússia-2018, a Islândia ocupa a terceira colocação do Grupo B. Para se classificar para as oitavas de final, precisa derrotar a Croácia e torcer para que a Argentina vença a Nigéria sem descontar sem descontar saldo de gols –os europeus têm -2, contra -3 da equipe de Messi.


Mais de Cidadãos do Mundo

Aos 33, Cristiano Ronaldo vive ano mais artilheiro da carreira
Meia da Polônia viu pai matar sua mãe a facadas e venceu trauma de infância
Esperança alemã, Reus perdeu 45% dos jogos nos últimos 4 anos por lesão
Guerra e refugiados transformam Suíça x Sérvia em "panela de pressão"

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis