PUBLICIDADE
Topo

Reforços à vista: 7 caras novas da temporada 2019 do Campeonato Chinês

Rafael Reis

27/02/2019 04h00

A temporada 2019 do Campeonato Chinês começa nesta sexta-feira repleta de expectativas, recheada de caras novas e desfalcada de um dos seus principais jogadores dos últimos anos, o meia-atacante Ricardo Goulart, emprestado pelo Guangzhou Evergrande ao Palmeiras.

Outros nomes importantes também foram embora do Oriente, como o atacante Diego Tardelli (ex-Shandong Luneng), o meia Hernanes (ex-Hebei Fortune) e o espanhol Jonathan Soriano (ex-Beijing Guoan).

Mas as peças de reposição que chegaram à Ásia também são pesadas e incluem jogadores com passagens de sucesso por Inglaterra, Itália e Alemanha.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo as sete principais caras novas do futebol chinês para este ano.

MAROUANE FELLAINI
Meia
31 anos
Belga
Shandong Luneng (CHN)

Crédito: Laurence Griffitths/Getty Images

Um dos símbolos do Manchester United nos últimos anos, o belga resolveu deixar o futebol inglês depois de quase 11 temporadas atuando na Premier League, onde também defendeu o Everton. O polivalente jogador, que fazer as funções de volante a centroavante, custou 12 milhões de euros (R$ 52 milhões) ao Shandong Luneng, clube dos brasileiros Gil e Róger Guedes. "Acho que era o momento certo para sair. Tive belas temporadas. Agora, queria um novo desafio e uma nova aventura", disse Fellaini, ao programa da TV francesa Telefoot.

LÉO BAPTISTÃO
Atacante
26 anos
Brasileiro
Wuhan Zall (CHN)

Crédito: Reprodução

O brasileiro que chegou à Europa com 16 anos e construiu toda sua carreira como profissional no futebol da Espanha é mais uma das novidades da China para a nova temporada. Após duas temporadas e meia no Espanyol, o "primo pobre" do Barcelona, Léo Baptistão se transferiu no mês passado para o Wuhan Zall, atual campeão da segunda divisão e que disputará a elite apenas pela segunda vez em sua história.

MAREK HAMSIK
Meia
31 anos
Eslovaco
Dalian Yifang (CHN)

Crédito: Reprodução

Novidade mais cara do futebol chinês nesta temporada, custou 20 milhões de euros (R$ 86,7 milhões) ao Dalian Yifang, que tem também o belga Yannick Carrasco e o argentino Nico Gaitán. Hamsik chega à China credenciado pelo sucesso que fez no Napoli. Ao longo de 12 temporadas com o clube do sul da Itália, o meia eslovaco disputou 520 partidas, marcou 121 gols e superou Diego Maradona como maior artilheiro da história do clube.

HENRIQUE DOURADO
Atacante
29 anos
Brasileiro
Henan Jianye (CHN)

Crédito: Divulgação

Contratação de última hora do Henan Jianye, time que lutou contra o rebaixamento na última temporada, a negociação do centroavante que estava no Flamengo só foi fechada na segunda-feira, ou seja, já na semana de abertura do Campeonato Chinês. No Oriente, Dourado vai disputar posição com outro brasileiro, Fernando Karanga, que jogava na Bulgária, e com o camaronês Christian Bassogog.

SANDRO WAGNER
Atacante
31 anos
Alemão
Tianjin Teda (CHN)

Crédito: Divulgação

Contratado pelo Bayern de Munique no início do ano passado para ser o reserva de Lewandowski, o centroavante alemão decidiu de mudar de ares somente 12 meses e dez gols depois da sua chegada. Wagner é a maior esperança do Tianjin Teda para não repetir o sufoco da última temporada, quando terminou o Campeonato Chinês como o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

MARCÃO
Atacante
24 anos
Brasileiro
Hebei Fortune (CHN)

Crédito: Divulgação

Pouco conhecido no Brasil, o ex-atacante do Ituano e do Bragantino foi parar em um dos clubes mais ricos da China e será companheiro de Javier Mascherano e Ezequiel Lavezzi nesta temporada graças ao sucesso que fez na Coreia do Sul. Em dois anos pelo Gyeongnam, Marcão faturou dois prêmios de artilharia da K-League: em 2017, da segunda divisão, no ano seguinte, da primeira. Por isso, despertou o interesse do futebol mais poderoso financeiramente do continente asiático.

MOUSA DEMBÉLÉ
Meia
31 anos
Belga
Guangzhou R&F (CHN)

Crédito: Getty Images

Assim como Fellaini fez parte do elenco da Bélgica que foi terceira colocada na última Copa do Mundo, construiu uma carreira de sucesso na Inglaterra e acabou de trocar uma das forças da Premier League pelo futebol chinês. No caso de Dembélé, que defendia o Tottenham até o mês passado, o destino é o Guangzhou R&F, décimo colocado na temporada passada e casa do ex-corintiano Zizao. O novo reforço do clube, aliás, foi contratado para substituir justamente um jogador que se mandou para o Corinthians, o meia Júnior Urso.


Mais de Cidadãos do Mundo

CR7 vacila e perde contato com Messi e Mbappé na briga por Chuteira de Ouro
7 negócios já fechados para a próxima janela de transferências
Por onde andam os primos de Messi que jogaram no Brasil?
Traições, agressões e até prisão: 5 casais polêmicos do futebol mundial

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Rafael Reis