Topo

5 brasileiros que podem mudar de clube no exterior na janela de janeiro

Rafael Reis

19/12/2018 04h00

Não é só o futebol brasileiro que está em período de compras. Times da Europa, da Ásia, dos EUA e de praticamente todo o planeta vão usar as próximas semanas para contratar novos jogadores, vender atletas negociáveis e ajeitar seus elencos para o primeiro semestre de 2019.

Nos principais países do Velho Continente e na China, mercados importantes para os jogadores brasileiros, a próxima janela de transferências abre no dia 1º de janeiro.

Apresentamos abaixo cinco representantes do futebol pentacampeão mundial que já estão no exterior, mas que podem mudar de clube (e até mesmo de país) logo no primeiro mês do próximo ano.

ÉDER MILITÃO
Zagueiro
20 anos
Porto (POR)

Crédito: Reprodução

Lateral direito nos tempos de São Paulo, passou a ser utilizado no miolo da zaga pelo técnico do Porto, Sérgio Conceição, e fez sucesso imediato no futebol europeu. Apesar de jogar em Portugal há apenas seis meses, Militão já frequenta as convocações da seleção brasileira e pode mudar de clube novamente na próxima janela de transferências. O zagueiro encabeça a lista de reforços desejados pelo Manchester United para janeiro. Resta saber se a demissão do treinador português José Mourinho irá esfriar o negócio e se os ingleses estarão dispostos a pagar algo em torno dos 50 milhões de euros (R$ 222 milhões) da multa rescisória.

MALCOM
Meia-atacante
21 anos
Barcelona (ESP)

Crédito: Alejandro García/Efe

Com apenas nove partidas disputadas pelo Barcelona, o ex-jogador do Corinthians ainda não conseguiu "explodir" em sua primeira temporada como companheiro de Messi. E, talvez, ele nem tenha tempo para reverter essa situação. De acordo com o jornal espanhol "As", Malcom tem uma proposta de 65 milhões de euros (mais de R$ 280 milhões) para se transferir para a China na próxima janela. O clube interessado no jovem jogador, no entanto, não foi divulgado.

ALLAN
Meia
27 anos
Napoli (ITA)

Crédito: Srdjan Stevanovic/Getty Images

Novidade das últimas convocações da seleção brasileira, o meia virou um dos jogadores mais desejados do futebol europeu e dificilmente irá permanecer no Napoli por muito tempo. De acordo com diferentes jornais italianos, o clube rejeitou nas últimas semanas aproximações de Bayern de Munique e Manchester City. A dúvida é por quanto tempo mais o time da camisa azul celeste irá resistir.

PABLO
Zagueiro
27 anos
Bordeaux (FRA)

Crédito: Divulgação

Outra cara nova da seleção, o zagueiro também tem aparecido na imprensa europeia como possível alvo dos grandes europeus para a janela de janeiro. Na semana passada, o jornal catalão "Sport" publicou que Pablo pode ser a solução encontrada pelo Barcelona para conter suas dificuldades defensivas provocadas pelas lesões constantes de Umtiti e Vermaelen. Já na Inglaterra, ele é visto com um plano B do Manchester United caso seja inviável tirar Militão do Porto.

THIAGO MENDES
Volante
26 anos
Lille (FRA)

Crédito: Federico Pestellini/Divulgação

Após o fim de uma hegemonia de sete temporadas no Campeonato Chinês, o Guangzhou Evergrande promete se reinventar para voltar a ser o time número um do país. E um dos nomes que fazem parte desse projeto, segundo o site da revista "Le 10 Sport", é o do ex-jogador do São Paulo. O que dificulta a ida de Thiago Mendes ao Oriente já em janeiro é o bom momento do Lille. O time é vice-líder do Francês, e o brasileiro é peça importante do seu meio-campo.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

Por onde andam os jogadores do último título mundial da América do Sul?
Ex-xodó de Tite, Taison é quem mais erra em domínios de bola na Champions
Mundial de Clubes tem 7 jogadores brasileiros; conheça cada um deles
Dispensado do São Paulo, brasileiro estudou no Japão e vai disputar Mundial

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Blog do Rafael Reis