Blog do Rafael Reis

Por onde andam 7 ex-jogadores do Inter que estão no exterior?

Rafael Reis

Como está a carreira daquele jogador que passou por seu time de coração e que hoje defende algum time no exterior, mas não algum daqueles clubes que aparecem quase que semanalmente na TV brasileira, como Barcelona, Manchester City ou Chelsea?

É para responder a essa pergunta que o “Blog do Rafael Reis” publica desde setembro a seção “Por Onde Anda? – Times Brasileiros”. Durante 12 semanas, vamos revelar os paradeiros de vários jogadores que estão nessa situação.

Hoje, mostramos os destinos de sete ex-jogadores do Internacional. Na semana que vem, será a vez de fazermos a mesma coisa com atletas que atuaram no Cruzeiro.

VALDIVIA
Meia-atacante
24 anos
Al-Ittihad (ARA)

Contratado do Rondonópolis (MT) depois de se destacar na Copa São Paulo de 2012, fez sucesso pelo Internacional e chegou a defender a seleção brasileira sub-23. Seu desempenho começou a cair depois de uma lesão no ligamento do joelho esquerdo, há dois anos. Em 2017, foi emprestado ao Atlético-MG. No primeiro semestre desta temporada, jogou pelo São Paulo. E agora está cedido ao futebol saudita. Valdivia ainda tem contrato com o Inter, mas o acerto com o Al-Ittihad conta com uma opção de compra.

MURIEL
Goleiro
31 anos
Belenenses (POR)

Irmão mais velho de Alisson, ganhou chances na equipe principal do Inter antes do hoje titular do Liverpool e da seleção brasileira. Muriel deixou o Beira-Rio em 2016, quando o mano já era uma das estrelas da equipe. Primeiro, jogou no Bahia. Depois, transferiu-se para o futebol português. Atualmente, é o dono da meta dos Belenenses, a segunda melhor defesa da liga da terra de Cristiano Ronaldo.

GEFERSON
Lateral esquerdo
24 anos
CSKA Sofia (BUL)

Uma das convocações mais surpreendentes da seleção brasileira nos últimos anos, fez parte da equipe dirigida por Dunga na Copa América-2015. Após a competição, perdeu rendimento e foi parar no banco do Inter. Geferson acabou emprestado ao Vitória e, no começo deste ano, foi vendido para a Bulgária. No CSKA Sofia, era titular absoluto até sofrer uma lesão na coxa direita, em agosto, e ser submetido a uma cirurgia.

ANDERSON
Meia
30 anos
Adana Demispor (TUR)

Cria da base do Grêmio, “virou a casaca” em 2015, depois de quase uma década atuando na Europa. Mas o ex-meia de Porto, Manchester United e Fiorentina não conseguiu mostrar no Internacional o futebol que fez com que ele virasse ídolo no arquirrival. Em baixa na carreira, Anderson rescindiu contrato em janeiro e disputa nesta temporada a segunda divisão da Turquia.

LISANDRO LÓPEZ
Atacante
35 anos
Racing (ARG)

O atacante, que já foi eleito o craque dos campeonatos Português (2008) e Francês (2010), aventurou-se no futebol brasileiro em 2015. O argentino foi campeão gaúcho e quase classificou o Inter para a Libertadores. No ano seguinte, decidiu retornar para sua terra natal e assinou com o Racing, seu primeiro time como profissional. Apesar de já veterano, López ainda é um dos destaques da equipe e ocupa a vice-artilharia do Campeonato Argentino.

DELLATORRE
Atacante
26 anos
APOEL Nicosia (CHP)

Foi contratado pelo Internacional ainda para jogar nas categorias de base, mas acabou promovido ao elenco principal e participou, de forma discreta, das campanhas vitoriosas dos títulos gaúcho de 2011 e 2012. Dellatorre já jogou em Portugal, na Tailândia e na Inglaterra. Em janeiro, transferiu-se para o APOEL, do Chipre, mas não vai fazendo muito sucesso por lá.

LIMA
Lateral esquerdo
27 anos
Nantes (FRA)

O jogador começou a carreira no Inter, mas também defendeu Paraná, Botafogo, Goiás e ABC antes de se transferir para a Europa. Lima jogou durante uma temporada no Arouca, de Portugal, e está desde 2016 no Nantes. Bom no apoio, o lateral chegou a ser utilizado algumas vezes como meio-campista e é uma peça importante da equipe treinada por Vahid Halilhodzic, ex-PSG, Japão e Costa do Marfim.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

Gabriel Jesus perde espaço, e tempo em campo cai 36% na temporada
Por onde andam 7 ex-jogadores do Grêmio que estão no exterior?
Pato enfrenta seca de gols na China e luta contra rebaixamento
Como David Luiz ganhou vida nova com Sarri e virou pilar do Chelsea