PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

Gabriel Jesus perde espaço, e tempo em campo cai 36% na temporada

Rafael Reis

07/11/2018 04h00

A terceira temporada na Europa não tem sido das melhores para Gabriel Jesus. Depois de passar em branco na última Copa do Mundo, o atacante virou o "rei do impedimento" na Liga dos Campeões da Europa e perdeu mais do que um terço do seu tempo em campo pelo Manchester City.

Nas primeiras 17 partidas do atual campeão inglês em 2018/19, o ex-jogador do Palmeiras permaneceu no gramado durante 648 minutos, 36% a menos do que no mesmo número de partidas da temporada anterior (1.009 minutos).

Gabriel Jesus ainda tem participado da maior parte dos compromissos do City e só ficou o tempo todo no banco de três jogos desde as férias de meio de ano (contra Hoffenheim, Cardiff City e Southampton). Mas a quantidade de minutos em que o técnico Pep Guardiola o utiliza está cada vez mais baixa.

O camisa 33 só foi titular seis vezes nesta temporada. Nos primeiros 17 jogos da passada, começou jogando em 12 oportunidades.

A queda no aproveitamento de Jesus está intimamente ligado ao bom desempenho de Sergio Agüero. O argentino já marcou dez vezes em 2018/19 e é um dos artilheiros do Campeonato Inglês. Em grande momento, não tem permitido um rodízio na posição de atacante pela faixa central.

Mas o brasileiro também tem culpa de estar cada vez mais distante da equipe titular. O atacante de 21 anos só balançou as redes duas vezes nesta temporada. Em média, tem precisado de 324 minutos em campo para fazer um gol –Agüero, seu concorrente direto, tem um tento a cada 72 minutos.

Curiosamente, na Champions, justamente a competição mais importante da temporada, Jesus tem recebido mais oportunidades de Guardiola. O atacante foi titular em dois dos três compromissos já disputados pelo City –jogou 63 minutos contra o Lyon e 88 ante o Shakhtar Donetsk.

Só que aí, um outro aspecto negativo do seu futebol pós-Copa tem se destacado.

De acordo com o "WhoScored?", site que trabalha com as estatísticas do futebol, Jesus era, até o início da quarta rodada da fase de grupos da Champions, um dos quatro jogadores que mais ficaram impedidos na competição.

Só nesta edição do torneio interclubes mais importante do planeta, o brasileiro já foi pego em posição irregular quatro vezes. A média de dois impedimentos por partida é a mesma de Diego Costa (Atlético de Madri), Harry Kane (Tottenham) e Moussa Marega (Porto), que dividem com ele o topo do ranking.

Jesus joga na Inglaterra desde janeiro do ano passado e soma 26 gols em 67 partidas pelo time de Guardiola. Na última Copa do Mundo, foi titular do comando de ataque da seleção brasileira, mas não balançou as redes.

Líder do Grupo F da Champions, o City recebe o Shakhtar nesta quarta-feira. Com seis pontos conquistados, o time pode obter a classificação antecipada para as oitavas de final em caso de vitória.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

Por onde andam 7 ex-jogadores do Grêmio que estão no exterior?
Pato enfrenta seca de gols na China e luta contra rebaixamento
Como David Luiz ganhou vida nova com Sarri e virou pilar do Chelsea
Ex-seleção muda até de clube, mas completa 18 meses sem sair do banco

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.