Blog do Rafael Reis

Ganhar Champions e Copa no mesmo ano? Só 1 brasileiro conseguiu até hoje

Rafael Reis

Vencedores da Liga dos Campeões da Europa pelo Real Madrid, o lateral esquerdo Marcelo e o volante Casemiro irão buscar na Copa do Mundo-2018 um feito tão raro, tão raro que apenas um jogador brasileiro já conseguiu.

O ex-lateral Roberto Carlos foi o único atleta nascido no Brasil que conquistou no mesmo os títulos do principal torneio interclubes do planeta e do Mundial de seleções.

A marca foi alcançada em 2002, quando o Real, clube que defendeu ao longo de 11 temporadas, faturou sua nona taça da Champions e a seleção brasileira sagrou-se pentacampeã mundial.

Além de Roberto Carlos, o campeão europeu da temporada 2001/02 contava com mais dois brasileiros, o volante Flávio Conceição e o atacante Sávio. Mas ambos não fizeram parte da convocação de Luiz Felipe Scolari para a Copa da Coreia do Sul e do Japão.

Ronaldo, destaque na conquista do penta, foi contratado pelo Real logo depois do Mundial.

Desde que a Champions foi criada, em 1955, ainda com o nome de Copa Europeia, somente dez jogadores conseguiram vencê-la no mesmo que ganharam o título mundial por suas seleções.

A maior parte desse grupo fez a dobradinha em 1974, quando a Alemanha Ocidental venceu a Copa do Mundo com sete jogadores do Bayern de Munique, campeão europeu: Sepp Maier, Franz Beckenbauer, Hans Georg-Schwarzenbeck, Paul Breitner, Uli Hoeness, Gerd Müller e Jupp Kapellmann.

Desde então, apenas outros três nomes conseguiram repetir essa façanha. E, curiosamente, todos defendiam o Real Madrid: o volante francês Christian Karembeu, em 1998, Roberto Carlos e o meia alemão Sami Khedira, quatro anos atrás.

A chance de algo assim acontecer novamente em 2018 é grande, já que o elenco dirigido por Zinédine Zidane tem jogadores convocados pela maior parte das seleções favoritas a vencer a Copa.

A Espanha conta com seis jogadores do Real: Carvajal, Sergio Ramos, Nacho, Isco, Asensio e Lucas Vázquez. A França tem o zagueiro Raphaël Varane. A Alemanha, o meia Toni Kroos. Há ainda a dupla brasileira. E, claro, Cristiano Ronaldo em Portugal.

Um dos brasileiros que podem igualar a marca de Roberto Carlos, Marcelo foi justamente seu sucessor no Real Madrid. Ele joga pelo time espanhol desde 2007, já faturou quatro títulos de Champions e disputou a última Copa do Mundo.

Assim como Marcelo, Casemiro também é tetra europeu, apesar de ter menos tempo de casa. O volante desembarcou na Europa em 2013, mas ficou a temporada 2014/15 emprestado ao Porto antes de ganhar um lugar cativo no time. A Copa-2018 será a primeira de sua carreira.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– Lateral do Coritiba foi 1º ''xodó'' de Zidane no Real e deve carreira a ele
– Esquecido, 1º brasileiro campeão europeu foi ''parça'' de Puskás e Di Stéfano
– 7 brasileiros em alta na Europa que podem mudar de clube na próxima janela
– Cinco craques que não defenderam o Brasil na Copa por atuarem no exterior