Blog do Rafael Reis

Zagueiro mais caro do mundo não leva cartão há um ano e é novato em seleção

Rafael Reis

Virgil van Dijk nunca disputou uma partida da fase final da Liga dos Campeões, jamais vestiu a camisa de um dos pesos pesados do futebol europeu e tem uma história de apenas dois anos por sua seleção.

Mesmo assim, transformou-se na última quarta-feira no zagueiro mais caro da história do futebol mundial.

Não foi à toa que o anúncio de que o Liverpool pagou quase 85 milhões de euros (quase R$ 335 milhões) para tirar o defensor holandês de 26 anos do Southampton deixou tanta gente perplexo.

Afinal, apesar de ter sido um dos melhores zagueiros do Campeonato Inglês nas duas últimas temporadas, Van Dijk não tem a mesma fama de Piqué, Bonucci, Boateng ou Sergio Ramos e é praticamente desconhecido para muitos fãs de futebol.

Isso deve à trajetória pouco glamorosa percorrida pelo jogador ao longo de sua carreira.

Filho de pai holandês com mãe surinamesa, o zagueiro jamais jogou por Ajax, PSV Eindhoven ou Feyenoord, os grandes clubes do seu país. Van Dijk foi formado nas categorias de base do Willem e se profissionalizou no Groningen.

Após três temporadas de relativo destaque na primeira divisão holandesa, foi negociado com o Celtic. Nos dois anos em que permaneceu na Escócia, o defensor colecionou títulos (foi bicampeão nacional e entrou duas vezes na seleção do campeonato).

O sucesso local não foi suficiente para despertar o interesse de um clube do primeiro escalão da Europa, mas conseguiu levá-lo para a badalada Premier League. Van Dijk assinou com o Southampton, um clube famoso por apostar em jovens jogadores.

Foi só depois de desembarcar na Inglaterra que sua carreira realmente decolou. Três meses após a transferência, o zagueiro disputou sua primeira partida pela seleção principal da Holanda. Na ocasião, já tinha 24 anos e três meses.

Ao longo de 70 jogos com a camisa do Southampton, Van Dijk marcou sete gols e se firmou como um dos jogadores de defesa mais cobiçados do futebol inglês. Tanto que foi disputado a tapas por Jürgen Klopp (Liverpool) e Pep Guardiola (Manchester City), o que acabou alavancando seu preço.

Muito bom no jogo aéreo e forte fisicamente sem perder velocidade, o holandês tem uma característica cada vez mais admirada pelos técnicos do primeiro escalão do futebol mundial: é um jogador limpo.

O último cartão amarelo recebido por Van Dijk completa aniversário de um ano neste domingo. E sua média de faltas na atual temporada (0,5 por partida, segundo o site “Who Scored?”) é das mais baixas entre os zagueiros titulares dos 20 clubes que disputam o Campeonato Inglês.

Van Dijk vale 85 milhões de euros e merece ser o zagueiro mais caro de todos os tempos? As respostas para essas perguntas começarão a ser descobertas a partir da próxima semana, quando ele desembarcar no Liverpool e chegar ao ponto mais alto de sua carreira.


Mais de Cidadãos do Mundo

Revelação de rival do Brasil na Copa fez fama como fenômeno no Fifa
Traição, seleção nanica e carro tardio: as histórias vividas por De Bruyne
Ele ficou famoso por defender pênaltis importantes. Agora, é galã de novela
''Messi das Arábias'': quem é o fenômeno asiático que meio mundo não conhece?