PUBLICIDADE
Topo

Para robôs, só Neymar se aproxima do desempenho de Messi na temporada

Rafael Reis

26/12/2019 04h00

Eleito seis vezes o melhor jogador do mundo, Lionel Messi também é o craque máximo da primeira metade da temporada 2019/20 do futebol europeu. E com muita vantagem para qualquer outro candidato ao posto.

Essa não é a avaliação de um jornalista, de torcedores ou de um colegiado formado por ex-atletas, treinadores e dirigentes, mas sim de uma série de máquinas que transformam em nota o desempenho dos jogadores em cada fundamento (passes, desarmes, finalizações, etc).

Crédito: Divulgação

Para os algoritmos do "WhoScored?", site especializado na cobertura das estatísticas dos principais campeonatos do planeta, o camisa 10 do Barcelona tem sido imbatível nesta temporada.

A média de suas atuações nos últimos quatro meses é 8,60. De longe, a melhor dentre todos os jogadores que disputam alguma das cinco ligas nacionais de maior prestígio no Velho Continente (Espanha, Itália, Inglaterra, Alemanha e França).

Quem mais se aproxima da marca do craque argentino é Neymar. Apesar de viver um 2019/20 marcado por uma série de problemas físicos e de estar sendo um desfalque frequente para o Paris Saint-Germain, o brasileiro está avaliado com nota 8,41 até o momento.

O francês Kylian Mbappé, também do PSG, completa o pódio da avaliação feita por robôs, com 8,07.

Na atual temporada, Messi já disputou 18 partidas pelo Barcelona, fez 15 gols e distribuiu nove assistências. Sua nota atual (8,60) é melhor que a da temporada passada, quando teve média de 8,48.

De acordo com o "WhoScored?", o melhor momento da carreira do craque do Barcelona foi 2011/12, quando ele foi avaliado com 8,88. Nos últimos dez anos, seu desempenho mais baixo foi em 2013/14, quando teve "apenas" 8,34.

Argentina e Polônia são os únicos países com dois representantes no time dos melhores de 2019/2020. Além de Messi, o meia Ángel di María, do PSG, também representa os hermanos no "11 ideal" elaborado pelos algoritmos. Já os poloneses estão representandos pelo goleiro Wojciech Szczesny (Juventus) e por Robert Lewandowski (Bayern de Munique).

Brasil, com Neymar, França, com Mbappé, Portugal, Inglaterra, Holanda, Canadá e Bélgica são as outras nações que emplacaram jogadores nesta espécie de seleção do mundo.

Quanto aos clubes, o PSG, líder do Francês, é o mais representado, com três atletas. O Bayern de Munique tem dois nomes. Juventus, Leicester, Roma, Liverpool, Manchester City e Barcelona colocaram um jogador, cada.

OS MELHORES DA TEMPORADA EUROPEIA

G – Wojciech Szczesny (POL/Juventus) – 7,39
LD – Ricardo Pereira (POR/Leicester) – 7,59
Z – Chris Smalling (ING/Roma) – 7,48
Z – Virgil van Dijk (HOL/Liverpool) – 7,39
LE – Alphonso Davies (CAN/Bayern de Munique) – 7,45
MC – Kevin de Bruyne (BEL/Manchester City) – 7,99
MC – Ángel di María (ARG/Paris Saint-Germain) – 7,76
MA – Lionel Messi (ARG/Barcelona) – 8,60
MA – Neymar (BRA/Paris Saint-Germain) – 8,41
A – Kylian Mbappé (FRA/Paris Saint-Germain) – 8,07
A – Robert Lewandowski (POL/Bayern de Munique) – 8,06

*notas atribuídas pelo "WhoScored?"


Mais de Cidadãos do Mundo

Caçula do Liverpool tem fama de superdotado e superou Bill Gates no xadrez
Aos 19, Messi fez contra o Real Madrid o 1º dos seus 53 "hat-tricks"; veja
Por que Cristiano Ronaldo é só o 35º colocado na Chuteira de Ouro?
A história do holandês que jogou Mundial de óculos, fez gol e virou canção

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Rafael Reis