Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Gabriel Jesus renasce no Manchester City em 2019, mas só contra "nanicos"

Rafael Reis

29/01/2019 04h00

Oito gols nos últimos cinco jogos. Para quem passou a primeira metade da temporada 2018/19 em baixa no Manchester City e sendo criticado pelos torcedores brasileiros nas redes sociais, o começo de 2019 de Gabriel Jesus não poderia ser melhor.

Mas a ressurreição do atacante no futebol inglês está acontecendo em competições de menor importância e contra adversários de nível técnico bastante inferior ao do atual campeão nacional.

Crédito: Divulgação

Neste início de ano, Gabriel Jesus marcou quatro vezes contra o Burton Albion, da terceira divisão, pela Copa da Liga, duas ante o Wolverhampton, aí sim pelo Campeonato Inglês, e mais duas em compromissos da Copa da Inglaterra: contra Rotherham, da segundona, e Burnley.

Além disso, o camisa 33 balançou as redes contra outros quatro adversários nesta temporada: Oxford United, Huddersfield Town, Shakhtar Donetsk e Everton. Nenhum deles é dos rivais que mais costumam colocar medo nos comandados de Pep Guardiola.

O último gol do ex-jogador do Palmeiras contra um integrante do "Big Six" da Inglaterra (Manchester United, Chelsea, Liverpool, Arsenal e Tottenham, além do City) ou um time do primeiro escalão europeu foi anotado há nove meses.

Em abril, o brasileiro deixou sua marca na vitória por 3 a 1 do time azul sobre o Tottenham, pela 34ª rodada do Campeonato Inglês.

Desde então, Jesus já disputou mais cinco partidas contra os adversários mais poderosos da equipe de Guardiola nos cenários nacional e internacional. Em todas elas, não conseguiu realizar a tarefa número um de um atacante: balançar as redes.

O atacante começou a ser "cornetado" no meio do ano passado devido à sua atuação na Copa do Mundo. Apesar de ter sido titular da seleção durante toda a competição, ele não marcou em nenhum dos cinco jogos que disputou.

A volta de Jesus ao City também não foi nada tranquila. Prejudicado pelo bom momento do argentino Sergio Agüero, o titular de sua posição, e por sua própria queda de rendimento, o brasileiro perdeu minutos na equipe e começou a ser raramente escalado entre os 11.

A redenção do atacante na temporada está ligada a uma particularidade do calendário do futebol inglês, que costuma concentrar jogos das copas nacionais no começo do ano. Contra adversários mais fracos, Guardiola resolveu dar ritmo de jogo a seu camisa 33. E, por enquanto, não tem se arrependido.

"Comecei o ano em chamas, eu acho, e não apenas pelos gols, Acho que ajudo o time em campo, trabalho duro e jogo bem quando entro. Meu foco é fazer isso, e estou tão feliz que marquei gols, porque sou atacante e preciso marcar gols", afirmou o jogador.

Jesus chegou aos Citizens em 2017 e acumula 39 gols em 82 partidas oficiais com a camisa azul celeste. Na Europa, ele já ganhou uma Premier League, uma Copa da Liga e uma Community Shield, todas no ano passado.

O City é o vice-líder desta temporada do Campeonato Inglês. Após 23 rodadas, soma 56 pontos, quatro a menos que o Liverpool. Nesta terça, enfrenta o Newcastle, que luta contra o rebaixamento.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

5 brasileiros que foram contratados por times europeus, mas nunca jogaram
Efetivado como titular, Vinícius Jr. vira "dono" do ataque do Real em 2019
Zaga brasileira do Porto vira sensação na Europa, mas não deve durar muito
5 destaques de times menores da Europa para seu clube contratar

 

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis