Blog do Rafael Reis

Por que meia da seleção argentina usou braçadeira de capitão da Peppa Pig?

Rafael Reis

Uma porquinha rosa, famosa entre as crianças do mundo todo, deu o que falar na rodada do último fim de semana do Campeonato Italiano.

O meia Alejandro “Papu” Goméz, principal jogador da Atalanta e um dos integrantes da seleção argentina, disputou a partida contra a Roma, no último sábado, usando em seu braço esquerdo uma braçadeira de capitão da Peppa Pig.

De acordo com o jogador, a brincadeira foi uma forma de comemorar o terceiro aniversário de sua filha Constantina, que é completamente apaixonada pelo desenho animado protagonizado pela porquinha.

A braçadeira utilizada por Gómez na vitória por 2 a 1 sobre a equipe da capital italiana trazia uma foto da garotinha, acompanhada dos desenho de Peppa segurando um bolo e de George, irmão da personagem, com um dinossauro de brinquedo nas mãos.

A animação que o capitão da Atalanta usou para homenagear sua filha foi lançada em 2004, no Reino Unido, e conta a história de uma família de porquinhos. O desenho, destinado para crianças em idade pré-escolar, é uma febre mundial. No Brasil, é exibido pela TV Cultura e pela Discovery Kids.

Essa não foi a primeira vez que Papu Gómez surpreendeu o público com uma faixa de capitão temática. O meia é famoso por usar sua braçadeira para prestar homenagens a pessoas queridas e passar mensagens aos torcedores.

Desde que se tornou capitão da Atalanta, o argentino já usou braçadeiras com imagens do Papa Francisco, dos desenhos animados Frozen e Supercampeões e de escalações de times de futebol do game Pro Evolution Soccer. Suas faixas também apresentaram mensagens sobre Halloween e sustentabilidade.

A ideia partiu da esposa do jogador, Linda, que confecciona uma nova braçadeira para o marido a cada partida.

“É algo que achamos muito divertido e custa apenas cinco euros [cerca de R$ 19] para fazer cada braçadeira. O que faço com essas faixas depois de utilizá-las? Estão todas guardadas em casa, menos uma, que dei de presente ao presidente [da Atalanta] Percassi quando vencemos em casa a Inter de Milão”, disse Gómez, em entrevista ao jornal argentino “La Nación”.

Revelado pelo Arsenal de Sarandí, o meia está na Atalanta desde 2014 e já é um dos maiores jogadores da história do clube. O camisa 10 soma 33 gols e 34 assistências em 126 partidas pelo time de Bergamo.

O bom futebol apresentado nas últimas temporadas levou Gómez à seleção argentina. O ídolo da Atalanta esteve em três das quatro convocações feitas pelo técnico Jorge Sampaoli e tem tudo para disputar a próxima Copa do Mundo.


Mais de Cidadãos do Mundo

Por que astro de rival do Brasil na Copa é tão questionado no Real?
Italiano faz 4 gols no 1º jogo do ano e tira artilharia da Europa de Cavani
7 garotos para você ficar de olho no futebol mundial em 2018
5 técnicos gringos que podem pintar no futebol brasileiro durante 2018