Blog do Rafael Reis

Robinho, Denilson e Drogba: relembre o reforço mais caro de cada temporada

Rafael Reis

O que os brasileiros Robinho, Denilson e Thiago Silva têm em comum com Cristiano Ronaldo, Fernando Torres, Paul Pogba, Luis Suárez, Andriy Shevchenko e David Beckham?

Todos eles foram, em determinado momento da carreira, o grande nome do Mercado da Bola internacional e protagonizaram a transferência mais cara do planeta em uma temporada.

Ao longo dos últimos 30 anos, seis brasileiros estiveram nessa posição. O mais recente foi o zagueiro Thiago Silva, que foi para o Paris Saint-Germain em 2012 por 42 milhões de euros (R$ 155,5 milhões, na cotação atual).

O atacante Robinho (2008), o hoje comentarista Denilson (1998), os vencedores de prêmio de melhor do mundo Ronaldo (1997) e Romário (1993), além do zagueiro Aldair (1990), também gozaram desse status.

Curiosamente, ao longo dessas três décadas mais aquecidas do Mercado da Bola, somente um jogador protagonizou a transferência mais cara de duas temporadas diferentes. E ele está longe de ser uma unanimidade.

O atacante espanhol Fernando Torres, atualmente no Atlético de Madri, foi o reforço mais caro de 2007, quando deixou sua terra natal para defender o Liverpool, e também o da temporada 2010/11, quando trocou de clube na Inglaterra e assinou com o Chelsea.

O posto de reforço mais caro da atual janela de transferência é ocupado atualmente pelo centroavante belga Romelu Lukaku, contratado do Everton pelo Manchester United pela bagatela de 84,7 milhões de euros (R$ 313,6 milhões).

A marca, no entanto, dificilmente deve sobreviver até 31 de agosto, data-limite para que os clubes das principais ligas nacionais da Europa façam suas contratações.

Isso porque as possíveis idas de Neymar para o Paris Saint-Germain e de Kylian Mbappé para o Real Madrid (ou Manchester United) movimentarão muito mais grana do que a transação de Lukaku –ambas devem ultrapassar os 150 milhões de euros (R$ 555 milhões).

Conheça o reforço mais caro do mundo em cada temporada*

2017/18 – Romelu Lukaku (BEL, Manchester United) – 84,7 milhões de euros
2016/17 – Paul Pogba (FRA, Manchester United) – 105 milhões
2015/16 – Kevin de Bruyne (BEL, Manchester City) – 74 milhões
2014/15 – Luis Suárez (URU, Barcelona) – 81,7 milhões
2013/14 – Gareth Bale (GAL, Real Madrid) – 101 milhões
2012/13 – Thiago Silva (BRA, Paris Saint-Germain) – 42 milhões
2011/12 – Javier Pastore (ARG, Paris Saint-Germain) – 42 milhões
2010/11 – Fernando Torres (ESP, Chelsea) – 58,5 milhões
2009/10 – Cristiano Ronaldo (POR, Real Madrid) – 94 milhões
2008/09 – Robinho (BRA, Manchester City) – 43 milhões
2007/08 – Fernando Torres (ESP, Liverpool) – 38 milhões
2006/07 – Andriy Shevchenko (UCR, Chelsea) – 43,3 milhões
2005/06 – Michael Essien (GAN, Chelsea) – 38 milhões
2004/05 – Didier Drogba (CMF, Chelsea) – 38,5 milhões
2003/04 – David Beckham (ING, Real Madrid) – 37,5 milhões
2002/03 – Rio Ferdinand (ING, Manchester United) – 46 milhões
2001/02 – Zinédine Zidane (FRA, Real Madrid) – 73,5 milhões
2000/01 – Luís Figo (POR, Real Madrid) – 60 milhões
1999/00 – Christian Vieri (ITA, Inter de Milão) – 46,5 milhões
1998/99 – Denilson (BRA, Betis) – 31,5 milhões
1997/98 –  Ronaldo (BRA, Inter de Milão) – 28 milhões
1996/97 – Alan Shearer (ING, Newcastle) – 21 milhões
1995/96 – Stan Collymore (ING, Liverpool) – 13 milhões
1994/95 – Andy Cole (ING, Manchester United) – 9,6 milhões
1993/94 – Romário (BRA, Barcelona) – 12 milhões
1992/93 – Gianluca Vialli (ITA, Juventus) – 16,5 milhões
1991/92 – David Platt (ING, Bari) – 8,3 milhões
1990/91 – Aldair (BRA, Roma) – 9 milhões
1989/90 – Jürgen Klinsmann (ALE, Inter de Milão) – 6,5 milhões
1988/89 – Lajos Détari (HUN, Olympiakos) – 8,7 milhões
1987/88 – Ruud Gullit (HOL, Milan) – 6,8 milhões

*valores atualizados para euro, moeda criada em 1999 e que se tornou predominante no Mercado da Bola, de acordo com o site “Transfermarkt”


Mais de Cidadãos do Mundo

6 mulheres que tiraram a roupa por seu time de coração
Astro da Copa de 1994 volta à Champions como ''faz tudo'' em time próprio
Ex-parceiro de Ronaldinho rejeitou seleção e dá palestras anticapitalismo
Por onde andam os jogadores do Dortmund que tirou Mundial do Cruzeiro?