Blog do Rafael Reis

Portugueses dominam ranking de clubes que mais faturam com venda de atletas

Rafael Reis

Ninguém no mundo domina tão bem a arte de vender jogadores de futebol quanto os portugueses.

Benfica e Porto, os dois principais clubes da terra de Cristiano Ronaldo, ocupam as duas primeiras colocações no ranking de times que mais faturaram com transferências ao longo dos últimos dez anos.

De acordo com o Transfermarkt, site especializado no Mercado da Bola, o Benfica arrecadou inacreditáveis 727,5 milhões de euros (quase R$ 2,7 bilhões) com a venda de 394 jogadores desde a temporada 2007/08.

O Porto não fica muito atrás. Foram 721,6 milhões de euros (R$ 2,6 bilhões) levantados com a negociação de 371 atletas diferentes.

O sucesso de Benfica e Porto no Mercado da Bola tem a mesma explicação. Ou melhor, as mesmas explicações. Os dois clubes fazem um ótimo trabalho nas categorias de base e são mestres na arte de garimpar atletas na América do Sul e depois revendê-los para uma liga de primeiro escalão na Europa.

André Silva, que acabou de trocar o Porto pelo Milan por 38 milhões de euros (R$ 140 milhões), e Renato Sanches e Gonçalo Guedes, negociados na temporada passada pelo Benfica por 35 milhões de euros (R$ 129 milhões) e 30 milhões de euros (R$ 110) com Bayern de Munique e Paris Saint-Germain, respectivamente, são exemplos da alta capacidade de produção de jogadores da dupla portuguesa.

Já a lista de atletas sul-americanos comprados por uma ninharia pelos dois clubes e que lhes renderam milhões no momento da venda é imensa.

O Benfica faturou 115 milhões de euros (R$ 423 milhões) com os brasileiros Ederson e David Luiz e com os argentinos Nico Gaitán e Enzo Pérez. Já o Porto colocou 125 milhões de euros (R$ 460,2 milhões) em seus cofres só com as vendas do brasileiro Hulk e dos colombianos James Rodríguez e Radamel Falcao García.

A diferença entre os valores levantados com a transferência de jogadores pelos dois maiores times de Portugal e as outras equipes do mundo é imensa. O Chelsea, terceiro colocado no ranking dos melhores vendedores, fez 625,9 milhões de euros (R$ 2,3 bilhões) no Mercado da Bola desde 2007.

O top 10 dos clubes mais faturaram com a venda de atletas na última década conta ainda com outros três clubes ingleses, três espanhóis e dois italianos. O Barcelona, dono de uma das mais festejadas bases do planeta, não aparece entre os primeiros colocados.

Segundo o Transfermarkt, o clube brasileiro que mais fez dinheiro com as transferências de atletas nos últimos dez anos foi o Internacional, 39º colocado no ranking, com arrecadação de 235,3 milhões de euros (R$ 866 milhões).

CLUBES QUE MAIS FATURARAM COM VENDA DE JOGADORES NOS ÚLTIMOS 10 ANOS

1º – Benfica (POR) – 727,5 milhões de euros
2º – Porto (POR) – 721,6 milhões
3º – Chelsea (ING) – 625,9 milhões
4º – Tottenham (ING) – 598,4 milhões
5º – Liverpool (ING) – 588,3 milhões
6º – Atlético de Madri (ESP) – 578,5 milhões
7º – Juventus (ITA) – 534,2 milhões
8º – Real Madrid (ESP) – 528,6 milhões
9º – Inter de Milão (ITA) – 482,2 milhões
10º – Sevilla (ESP) – 464,2 milhões


Mais de Clubes

– City é quem mais investiu em reforços desde 2007; veja o top 10 dos gastões
– Conheça a temida torcida que inspirou inglês a enfrentar 3 terroristas
– Real e Juve gastaram R$ 3,8 bi para montar elencos finalistas da Champions
Como o Ajax faturou R$ 1,5 bilhão em 15 anos só com venda de jogadores