PUBLICIDADE
Topo

Rafael Reis

Herói santista e "nômade" são os únicos brasileiros artilheiros na Europa

Rafael Reis

23/02/2017 13h00

O herói do título paulista conquistado pelo Santos dez anos atrás e um paranaense praticamente desconhecido por aqui são os únicos brasileiros artilheiros de campeonatos nacionais na Europa nesta temporada.

Das 54 ligas reconhecidas pela Uefa, somente as de Ucrânia e Sérvia contam com representantes do futebol pentacampeão mundial no topo da lista de goleadores em 2016/17.

No Campeonato Ucraniano, quem ocupa a artilharia é Junior Moraes. O atacante de 29 anos defende o Dínamo de Kiev, vice-líder da competição, e já balançou as redes dez vezes, mais do que qualquer outro jogador da liga.

O centroavante, que até disputou a Liga dos Campeões nesta temporada, é cria das categorias de base do Santos. E, apesar de não ter construído uma carreira sólida dentro do Brasil, teve seu momento de glória na terra natal.

Em 2007, quando ainda era conhecido apenas como Moraes, ele saiu do banco de reservas para marcar o gol que garantiu ao Santos o título do Campeonato Paulista na decisão sobre o São Caetano.

Já Leonardo, goleador do Campeonato Sérvio, com 12 gols, pelo Partizan Belgrado, nem sequer jogou profissionalmente no Brasil.

Natural de Andirá, cidade no norte do Paraná, o meia-atacante de 24 anos se mandou para a Europa em 2011 e completou seu período de categoria de base no Beerschot, da Bélgica.

Até chegar à Sérvia, no início da temporada, e dar início à melhor fase de sua carreira, Leonardo teve vida de nômade: passou por Chipre, Ucrânia, Azerbaijão e Rússia.

Além de Júnior Moraes e Leonardo, poucos são os brasileiros que se destacam nas tabelas de de goleadores da Europa. Jonatas (Rubin Kazan) e João Paulo (Ludogorets) são vice dos campeonatos de Rússia e Bulgária, respectivamente.

A situação atual, com brasileiros se destacando na quantidade de gols marcados apenas em ligas mais periféricas, é bem diferente da do início do século.

Em 2003/04, por exemplo, o Brasil encabeçou a artilharia de duas das principais ligas do Velho Continente: Alemanha (Aílton) e Espanha (Ronaldo). No mesmo ano, o país também emplacou o vice-goleador de Portugal (Adriano).


Mais de Brasileiros pelo Mundo

5 brasileiros desempregados no exterior para seu time repatriar
– Napoli usa até drone para tentar eliminar Real da Champions
– Marquinhos vê "melhor temporada da carreira" e pede perfeição contra Barça
– Para robô, Felipe Anderson é o melhor jogador do Italiano

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.