PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

5 jogadores que podem voltar da China para reforçar seu time em 2017

Rafael Reis

05/12/2016 06h00

Salários altíssimos, muito acima daqueles pagos no futebol brasileiro, pouca pressão dos torcedores e a possibilidade de participar do projeto de desenvolvimento do esporte no país mais populoso do mundo. À primeira vista, jogar na China pode parecer uma beleza.

Mas essa é só a aparência. Mandar-se para a Ásia pode até render alguns milhões extras na conta bancária, mas está longe de ser essa maravilha toda.

Tanto que está cheio de jogadores brasileiros que fizeram o caminho rumo à China e agora estão loucos para retornar para cá no próximo ano.

O primeiro deles já chegou. Ainda no começo do mês passado, o Corinthians anunciou Jô, ex-Jiangsu Suning, como seu primeiro reforço para 2017.

Apresentamos abaixo cinco nomes que, assim como o ex-centroavante da seleção brasileira, não teriam muitos problemas em trocar o futebol chinês por um clube brasileiro a partir de janeiro.

DIEGO TARDELLI
Atacante
31 anos
Shandong Luneng
Na China desde 2015
Diego Tardelli
Afastado do elenco principal do Shandong desde o meio do ano, quando o clube estourou o limite de estrangeiros que poderia inscrever no Campeonato Chinês, vive uma situação delicada. Graças ao bom futebol mostrado no primeiro um ano e meio com a camisa laranja, ele acredita que essa situação está revertida e que ele jogará normalmente em 2017. Mas, times interessados em seu futebol aqui no Brasil não faltam: Palmeiras, Corinthians e o Atlético-MG, time onde é ídolo.

WAGNER
Meia
31 anos
Tianjin Teda
Na China desde 2015
Wagner
O meia, ex-Fluminense e Cruzeiro, chegou a ser dado como certo no Corinthians para a próxima temporada. No entanto, problemas jurídicos esfriaram a negociação e recolocaram Wagner no mercado. Assim como Tardelli, ele também está sem jogar devido ao limite de estrangeiros alcançado pelo clube que defendia na China. Mas, incomodado com a situação, Wagner pediu a rescisão do seu contrato. Sem saber se terá de indenizar o Tianjin Teda, o Corinthians ficou receoso de completar a contratação do meia, abrindo a possibilidade de ele defender outra equipe em 2017.

LUIS FABIANO
Atacante
36 anos
Tianjin Quanjian
Na China desde 2016
Luis Fabiano
Artilheiro da segunda divisão chinesa, com 22 gols, o veterano centroavante não quis renovar contrato no Oriente. A volta do camisa 9 ao futebol brasileiro é o caminho mais provável. O que falta é definir o clube. O primeiro time que levantou o dedinho e manifestou o interesse foi a Ponte Preta, onde o jogador iniciou a carreira como profissional. Depois, Vasco e Santos seguiram o mesmo caminho e entraram na disputa pelo atacante.

RALF
Volante
32 anos
Beijing Guoan
Na China desde 2016
Ralf
Um dos participantes da debandada corintiana rumo à China depois da conquista do título brasileiro do ano passado, Ralf não teria em tese porque sair do Beijing Guoan. O brasileiro foi titular durante toda temporada e até fez gol no Oriente. Apesar disso, assim que terminou o Campeonato Chinês, o volante fez questão de visitar o antigo clube, alimentando os rumores de que tem na cabeça uma volta para casa.

BIRO-BIRO
Meia-atacante
22 anos
Shangai Shenxin
Na China desde 2016
Biro-Biro
Um dos destaques da Ponte Preta no Brasileiro no ano passado, marcou 18 gols em sua temporada de estreia no Shangai Shexin e concorreu ao prêmio de melhor jogador da segunda divisão chinesa. Tudo lindo, se não fosse por um porém. Apesar do alto investimento, seu clube não foi além da décima colocação nesta temporada e continuará por pelo menos mais um ano fora da elite. O fracasso pode abrir espaço para um negociação de Biro-Biro. Desde, é claro, que o clube interessado aceite desembolsar um bom dinheiro por ele.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– A um ponto do título brasileiro, Moisés foi "rei do vice" na Croácia
– Jogador mais caçado da Champions é brasileiro… e não é o Neymar
Brasileiro é suspenso por 9 meses por agredir bandeirinha em Portugal
– 6 brasileiros que são os reforços mais caros da história de clubes europeus

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.