Blog do Rafael Reis

Arquivo : varela

7 jogadores de olho na Copa que podem reforçar seu time no 2º semestre
Comentários Comente

Rafael Reis

Contratar um jogador que vai disputar a Copa do Mundo é um sonho distante para o seu clube de coração? Talvez isso não seja totalmente verdade.

Há muitos atletas que fazem parte das convocações de seleções que vão à Rússia-2018 que possuem nível técnico suficiente para atuar no futebol brasileiro e estão completamente dentro da realidade financeira dos times daqui.

Basta olhar para Uruguai, Argentina, Peru e Colômbia, países que normalmente fazem negócios com clubes brasileiros, para encontrar esses nomes carimbados e tentar abrir uma negociação para contratá-los.

Apresentamos abaixo sete jogadores convocados para os amistosos da Data Fifa deste mês, ou seja, que estão na lista de candidatos a uma vaguinha na Copa, que poderiam (ou podem) perfeitamente reforçar algum time brasileiro no segundo semestre.

NAHITAN NÁNDEZ
Meia
22 anos
Uruguai
Boca Juniors (ARG)

Os clubes brasileiros já deram mole no ano passado, quando não perceberam que Nández era o principal jogador do Peñarol na Libertadores e poderia se destacar jogando aqui. O Boca Juniors foi mais esperto e o levou para a Argentina. Tirar o meia, provável titular da seleção uruguaia na Copa-2018, de Buenos Aires não será uma tarefa fácil e certamente custará mais que os 3,4 milhões de euros (R$ 13,7 milhões) desembolsados pelo Boca. Mas, dadas a juventude, a inteligência tática e o senso de liderança de Nández, é um negócio que vale a pena.

YIMMI CHARÁ
Meia-atacante
26 anos
Colômbia
Junior Barranquilla (COL)

O baixinho de 1,62 m vive grande momento no Junior Barranquilla, time que defende desde o ano passado e que é adversário do Palmeiras na fase de grupos da Libertadores-2018. O sucesso pela ponta direita do time colombiano promoveu a volta de Chará ao elenco da seleção e o colocou na disputa por uma vaga na Copa do Mundo. Ex-Tolima, Atlético Nacional e Monterrey, o jogador já fez parte da lista de possíveis contratações de Palmeiras e Flamengo.

MAXI PEREIRA
Lateral direito
33 anos
Uruguai
Porto (POR)

Veterano de duas Copas do Mundo, atua no futebol português há mais de uma década e fez muito sucesso no Benfica antes de se transferir para o Porto, onde joga até hoje. Apesar de ter contrato até 2019, Maxi Pereira pode antecipar sua saída do Estádio do Dragão, já que passou boa parte desta temporada no banco de reservas. Caso saia do Porto, seu futuro mais provável é retornar para a América do Sul. Quem precisa de um lateral marcador e experiente já pode se candidatar…

FABRICIO BUSTOS
Lateral direito
21 anos
Argentina
Independiente (ARG)

Uma das principais revelações do futebol argentino no ano passado, foi destaque na conquista da Copa Sul-Americana pelo Independiente e passou a ser chamado por Jorge Sampaoli para a seleção principal. O futuro de Bustos certamente está no futebol europeu. Mas quem sabe ainda haja tempo para uma escala de seis meses ou um ano no Brasil antes de o lateral direito cruzar o Atlântico.

VICTOR CANTILLO
Meia
24 anos
Colômbia
Junior Barranquilla (COL)

Meio-campista com características mais defensivas do que ofensivas, recebeu sua primeira convocação para a seleção colombiana na semana passada e vai estrear nos amistosos contra Austrália e França. Cantillo foi contratado pelo Junior Barranquilla no segundo semestre do ano passado. Fez tanto sucesso na nova casa que já se tornou peça-chave para o meio-campo do clube e jogador de seleção. Por não ser muito conhecido, sua transferência também não seria das mais caras.

GUILLERMO VARELA
Lateral direito
24 anos
Uruguai
Peñarol (URU)

Vice-campeão mundial sub-20 pelo Uruguai em 2013, tem no currículo passagens por Manchester United, Real Madrid Castilla e Eintracht Frankfurt. Com dificuldades para emplacar uma carreira de alto nível na Europa, voltou ao Peñarol no segundo semestre do ano passado. O retorno deu tão certou que lhe rendeu um lugar na seleção adulta. Varela chegou a ter conversas avançadas com o Atlético-MG em dezembro/janeiro, mas, por enquanto, continua no Uruguai.

BETO DA SILVA
Atacante
21 anos
Peru
Argentinos Jrs. (ARG)

No caso do atacante da seleção peruana, jogar no Brasil é só uma questão de tempo. O jogador, que possui origem brasileira, fez parte do elenco do Grêmio na temporada passada e acabou emprestado ao Argentinos Juniors porque não tinha muito espaço com Renato Gaúcho. Pelo contrato selado com a equipe argentina, Beto da Silva será devolvido ao time gaúcho em janeiro. Isso se não surgir nenhum clube antes interessado em contratar o atacante.


Mais de Cidadãos do Mundo

Em temporada mais produtiva, Messi tem dado aulas de como “enganar o tempo”
Por que astro do Napoli e da Bélgica é o jogador “mais fofo” do mundo?
De Zidane a Maradona: 7 campeões mundiais como jogador que viraram técnicos
Sensação da Roma esnobou Guardiola e move apostas de futuro melhor do mundo


De Tevez a irmão de Romero: 7 gringos que podem pintar no Brasil em 2018
Comentários Comente

Rafael Reis

Com o encerramento do Campeonato Brasileiro e a reta final da temporada sul-americana, os jogadores saem um pouco de cena e deixam o protagonismo do futebol nacional na mão dos dirigentes e presidentes de clubes.

Afinal, é nas mãos deles que estão as decisões de contratar, vender, emprestar e dispensar atletas que, de certo modo, vão ditar o futuro do time para qual você torce e também do seu arquirrival.

Para ajudar o trabalho dos cartolas brasileiros (e também atiçar os desejos dos torcedores), apresentamos abaixo sete jogadores estrangeiros que podem ter destaque no Mercado da Bola dos próximos meses e pintar como possíveis reforços para os clubes daqui na temporada 2018.

CARLOS TEVEZ
Atacante
33 anos
Argentino
Shanghai Shenhua (CHN)

Quatro gols em 19 partidas. É esse o resumo da melancólica passagem do ídolo de Corinthians e Boca Juniors pelo futebol chinês. Apesar de ter o segundo maior salário do futebol mundial (algo em torno de 38 milhões de euros, ou R$ 145 milhões, por ano), Tevez não parece disposto a retornar ao Shanghai Shenhua depois das férias de dezembro para cumprir a última temporada do seu contrato. O Flamengo tem acompanhado de perto a situação do argentino e pode disputá-lo com o Boca caso o craque realmente desista da China.

LAUTARO ACOSTA
Meia-atacante
29 anos
Argentino
Lanús (ARG)

As atuações que levaram o Lanús ao vice-campeonato da Libertadores colocaram esse criativo e baixinho (tem 1,69 m) meia-atacante argentino na lista de contratações de vários clubes brasileiros. Internacional, Grêmio e Cruzeiro estão entre os times que gostariam de ver Acosta em seu elenco na próxima temporada. Além do talento com a bola nos pés, o camisa 7 do Lanús conta com a experiência de quem atuou durante quatro temporadas no futebol espanhol –defendeu Sevilla e Racing.

EDUARDO VARGAS
Atacante
28 anos
Chileno
Tigres (MEX)

Artilheiro das duas últimas edições da Copa América e terceiro maior goleador da história do Chile, Vargas nunca conseguiu repetir nos clubes que defende o mesmo sucesso que tem pela seleção. O atacante, que já passou por Grêmio, Napoli, Valencia, Queens Park Rangers e Hoffenheim, entre outros, está desde o começo do ano no México. No entanto, de acordo a imprensa chilena, vem mantendo um namoro à distância com o São Paulo, que já tentou contratá-lo no passado.

JONATHAN CALLERI
Atacante
24 anos
Argentino
Las Palmas (ESP)

Artilheiro da Libertadores do ano passado pelo São Paulo, o centroavante acabou com qualquer perspectiva de atuar pela seleção argentina quando deixou o Brasil para atuar na Europa. Após fracassar com a camisa do West Ham, Calleri faz uma temporada apenas razoável pelo espanhol Las Palmas (5 gols em 16 partidas). Por isso, um retorno ao futebol brasileiro, onde goza da fama de grande jogador e goleador implacável, poderia fazer bem para sua carreira.

ÓSCAR ROMERO
Meia-atacante
25 anos
Paraguaio
Alavés (ESP)

O irmão gêmeo de Ángel Romero, campeão brasileiro pelo Corinthians, tem contrato com o Shanghai Shenhua, mas está emprestado ao Alavés até o fim do mês. Em baixa no clube espanhol, o meia-atacante paraguaio não deve ter seu empréstimo estendido por mais seis meses, mas também dificilmente terá espaço na China no próximo ano. Seu caminho mais provável é um retorno para a América do Sul… quem sabe para atuar ao lado ou contra seu gêmeo?

GASTÓN SILVA
Zagueiro
23 anos
Uruguaio
Independiente (ARG)

Apesar de ter apenas 23 anos, o uruguaio já tem experiência de duas temporadas atuando na primeira divisão italiana (Torino) e uma na espanhola (Granada). Finalista da Copa Sul-Americana pelo Independiente, Gastón Silva foi contratado em agosto pelos argentinos por 1,8 milhão de euros (quase R$ 7 milhões). Se alguém estiver disposto a pagar pouco mais que isso talvez conte com o zagueiro em seu elenco para 2018.

GUILLERMO VARELA
Lateral direito
24 anos
Uruguaio
Peñarol (URU)

Vice-campeão mundial sub-20 pelo Uruguai em 2013, tem no currículo passagens por Manchester United, Real Madrid Castilla e Eintracht Frankfurt. Com dificuldades para emplacar uma carreira de alto nível na Europa, voltou ao Peñarol quatro meses atrás. Agora jogador da seleção adulta, dificilmente permanecerá no Uruguai na próxima temporada. O Atlético-MG é o principal interessado em sua aquisição.


Mais de Cidadãos do Mundo

Top models, atrizes e Fernanda Lima: as apresentadoras dos sorteios da Copa
De Ronaldo a Eto’o: 7 jogadores que são “arroz de festa” em eventos da Fifa
Lewandowski fugiu da 1ª comunhão e foi goleador de 3 divisões antes da fama
Os 7 proprietários de clubes mais ricos do planeta


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>