Blog do Rafael Reis

Arquivo : tiquinho soares

“Novo Hulk”, revelação do Porto é o brasileiro mais faltoso da Europa
Comentários Comente

Rafael Reis

Apelidado de “novo Hulk” pela imprensa portuguesa, Tiquinho Soares andou abusando do uso do corpanzil nas divididas com zagueiros durante a recém-encerrada temporada europeia.

O atacante, que se destacou no Vitória de Guimarães e acabou contratado em janeiro pelo Porto, foi o jogador brasileiro que mais cometeu faltas em 2016/17 na soma das sete principais ligas nacionais do Velho Continente.

O jogador de 26 anos, que passou a maior parte da carreira no futebol paraibano até se mandar para Portugal, em 2015, cometeu em 3,3 faltas por partida ao longo dos últimos nove meses, segundo o “Who Scored?“, site especializado nas estatísticas do futebol.

Tiquinho foi uma das revelações da temporada portuguesa. Contratado no início de 2017 pelo Porto por 3,5 milhões de euros (R$ 13 milhões), marcou 12 vezes em 17 partidas pelo novo clube e possui uma cláusula de rescisão de 40 milhões de euros (R$ 147 milhões).

O “novo Hulk” lidera o batalhão português na lista dos jogadores brasileiros mais faltosos na Europa. Dos dez primeiros colocados da lista, nada menos que oito atuam na nossa antiga metrópole.

As duas únicas exceções vêm da Espanha.

Campeão nacional e europeu com a camisa do Real Madrid, o volante Casemiro aparece na sétima colocação da lista.

O ex-jogador do São Paulo, que bateu demais em confrontos decisivos da Champions, como contra o Bayern de Munique e o Atlético de Madrid, teve uma média de 2,1 faltas por partida ao longo da temporada.

O outro “intruso” no domínio português no ranking dos maiores caçadores brasileiros de 2016/17 é o meia-atacante Gabriel Pires, ex-jogador das categorias de base do Vasco, que cometeu em média 2 faltas por jogo com a camisa do Leganés.

OS BRASILEIROS MAIS FALTOSOS DA TEMPORADA EUROPEIA

1º – Tiquinho Soares (Porto) – 3,3 faltas por jogo
2º – Mateus da Silva (Paços de Ferreira) – 3,2
3º – Kléber (Estoril) – 2,9
4º – Aílton (Estoril) – 2,6
5º – Baiano (Braga) – 2,3
6º – Éber Bessa (Marítimo) – 2,2
7º – Anderson Carvalho (Boavista) – 2,1
Casemiro (Real Madrid) – 2,1
Rafael Assis (Chaves) – 2,1
10º – Gabriel Pires (Leganés) – 2


Mais de Balanço da Temporada

Nenhum brasileiro apanhou mais que Neymar na Europa; ex-Corinthians é o 2º
Astro, Neymar é o brasileiro mais indisciplinado na Europa; veja o top 10
Neymar repete marca e é o maior garçom brasileiro na Europa; veja o top 10
Love bate Neymar e é o artilheiro brasileiro na Europa; veja o top 10
Mais comportados! Cartões a brasileiros caem 15% na temporada europeia
Gols brasileiros na Europa crescem e atingem maior marca em 6 anos
Brasil recupera espaço e já tem mais presença em campo que antes do 7 a 1
Sinal amarelo: futebol europeu tem pior média de público em 10 anos
Europa não tinha temporada tão farta em gols desde tempos de Eusébio


Love bate Neymar e é o artilheiro brasileiro na Europa; veja o top 10
Comentários Comente

Rafael Reis

Aos 32 anos e afastado do futebol nacional desde o fim de 2015, Vágner Love foi o principal goleador brasileiro na Europa na temporada 2016/17.

O ex-jogador de Palmeiras, Corinthians e Flamengo marcou 23 gols com a camisa do Alanyaspor, todos no Campeonato Turco, e deixou para trás a principal estrela do país pentacampeão mundial, Neymar.

Pelo segundo ano consecutivo, o astro do Barcelona ficou na vice-liderança da lista dos maiores artilheiros brasileiros do Velho Continente.

O camisa 11, que não teve das temporadas mais artilheiras de sua carreira, marcou 13 gols no Espanhol, quatro na Liga dos Campeões e três na Copa do Rei. Na soma, ficou três atrás de Vágner Love.

Neymar ainda precisou dividir o segundo lugar do ranking com Tiquinho Soares, uma das revelações da temporada europeia, que marcou 20 vezes atuando por Vitória de Guimarães e Porto, ganhou o apelido de “novo Hulk” e virou sensação em Portugal.

Artilheiro brasileiro da temporada passada, quando colocou 35 bolas na rede, Jonas sofreu com problemas físicos que o deixaram afastado por cerca de quatro meses. Mesmo assim, o atacante do Benfica fez 18 gols e também entrou no top 5 dos goleadores.

Entre os dez jogadores brasileiros inscritos em uma das dez ligas nacionais mais importantes da Europa que mais marcaram em 2016/17 estão três que jogam na Turquia e outros três que atuam em Portugal. Espanha, França, Rússia e Inglaterra são outros países que aparecem na lista.

Apesar de ter ficado fora do top 10 de goleadores, Gabriel Jesus merece menção honrosa. O atual camisa 9 da seleção só chegou ao Velho Continente em janeiro e ainda perdeu dois meses de Premier League devido a uma fratura.

Apesar dos contratempos, o ex-palmeirense marcou sete vezes em 11 jogos pelo Manchester City. Sua média de 0,64 gol por partida foi melhor que as de Neymar (0,44) e Tiquinho (0,53), os segundo colocados na artilharia brasileira da temporada europeia.

MAIORES ARTILHEIROS BRASILEIROS NA EUROPA

1º – Vágner Love (Alanyaspor) – 23 gols
2º – Neymar (Barcelona) – 20
Tiquinho Soares (Porto) – 20*
4º – Lucas (Paris Saint-Germain) – 19
5º – Jonas (Benfica) – 18
6º – Giuliano (Zenit São Petesburgo) – 17
Talisca (Besiktas) – 17
8º – Welthon (Paços de Ferreira) – 16
9º – Welliton (Kayserispor) – 15
10º – Philippe Coutinho (Liverpool) – 14
Willian José (Real Sociedad) – 14

*Jogou a primeira metade da temporada 2016/17 pelo Vitória de Guimarães


Mais de Balanço da Temporada

Mais comportados! Cartões a brasileiros caem 15% na temporada europeia
Gols brasileiros na Europa crescem e atingem maior marca em 6 anos
Brasil recupera espaço e já tem mais presença em campo que antes do 7 a 1
Sinal amarelo: futebol europeu tem pior média de público em 10 anos
Europa não tinha temporada tão farta em gols desde tempos de Eusébio


Quem é o brasileiro mais bem classificado na Chuteira de Ouro?
Comentários Comente

Rafael Reis

Sem vencer a Chuteira de Ouro há 15 anos, o futebol brasileiro enfim emplacou um representante entre os 20 maiores artilheiros das ligas nacionais da temporada 2016/17 do futebol europeu.

Com os dois gols marcados na vitória sobre o Arouca, na sexta-feira, o atacante Tiquinho Soares, do Porto, chegou a 16 gols no Campeonato Português e 32 pontos no ranking do prêmio.

O desempenho coloca o brasileiro, que até janeiro defendia o Vitória de Guimarães e vem sendo chamado pela imprensa portuguesa de “novo Hulk”, na 20ª colocação da Chuteira de Ouro, logo atrás do francês Alexandre Lacazette (Lyon) e à frente do astro sueco Zlatan Ibrahimovic (Manchester United).

O último brasileiro a conquistar o prêmio concedido ao artilheiro máximo das ligas nacionais europeias foi Jardel. Em 2002, o ex-centroavante de Vasco, Grêmio e Palmeiras marcou 42 vezes pelo Sporting no Português e levou o troféu para casa.

Na atual temporada, os brasileiros passaram boa parte do tempo fora, inclusive, das 50 primeiras colocações do ranking dos goleadores. Até que Tiquinho chegou ao Porto, emendou seis rodadas consecutivas balançando as redes e colocou o país no top 20.

O atacante, no entanto, ainda tá muito longe de Lionel Messi. Apesar de ter passado em branco contra o Deportivo La Coruña, o argentino do Barcelona continua na liderança do prêmio.

O camisa 10 do clube catalão soma 46 pontos (23 gols), dois a mais que o italiano Andrea Belotti (Torino), o holandês Bas Dost (Sporting) e o gabonês Pierre-Emerick Aubameyang (Borussia Dortmund), seus oponentes mais próximos.

Melhor jogador do mundo e maior vencedor da história do prêmio (2007/08, 2010/11, 2013/14 e 2014/15), Cristiano Ronaldo perdeu seu lugar no top 10. O português do Real Madrid caiu para 13º, com 38 pontos.

O atual vencedor da Chuteira de Ouro é Luis Suárez, do Barcelona, que somou 80 pontos (40 gols) na última temporada. Nesta edição, o uruguaio tem 40 pontos e ocupa o oitavo lugar.

O “Blog do Rafael Reis” publica a cada terça-feira uma nova parcial do prêmio.

Confira o top 10 da Chuteira de Ouro

1º – Lionel Messi (ARG, Barcelona) – 46 pontos (23 gols)
2º – Andrea Belotti (ITA, Torino) – 44 pontos (22 gols)
3º – Bas Dost (HOL, Sporting) – 44 pontos (22 gols)
4º – Pierre-Emerick Aubameyang (GAB, Borussia Dortmund) – 44 pontos (22 gols)
5º – Robert Lewandowski (POL, Bayern de Munique) – 42 pontos (21 gols)
6º – Edinson Cavani (URU, Paris Saint-Germain) – 40,5 pontos (27 gols)
7º – Edin Dzeko (BOS, Roma) – 40 pontos (20 gols)
8º – Luis Suárez (URU, Barcelona) – 40 pontos (20 gols)
9º – Mauro Icardi (ARG, Inter de Milão) – 40 pontos (20 gols)
10º – Anthony Modeste (FRA, Colônia) – 38 pontos (19 gols)


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– 5 motivos que fizeram Ganso virar a “última opção” no Sevilla
– Neymar supera Messi e produz 1 gol a cada 47 minutos na Champions
Com ex-São Paulo, Libertadores tem 6 brasileiros em times gringos; conheça
– Brasileiros na China somam 290 partidas e 53 gols pela seleção


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>