Blog do Rafael Reis

Arquivo : lucas moura

Alexis, Mina, Lucas: os 34 novos inscritos para fase final da Champions
Comentários Comente

Rafael Reis

A Liga dos Campeões da Europa entra nesta terça-feira em sua fase final com 34 caras novas.

Com o começo dos mata-matas decisivos, os 16 times sobreviventes na disputa da principal competição interclubes do planeta puderam realizar alterações em suas listas de jogadores inscritos.

A maioria dos novos nomes da Champions 2017/18 é formada por atletas que trocaram de clube na janela de transferências de janeiro e agora tentarão ajudar suas novas equipes a conquistarem o cobiçado título continental.

Fazem parte desse grupo o atacante chileno Alexis Sánchez, que trocou o Arsenal pelo Manchester United, o zagueiro espanhol Aymeric Laporte, ex-Athletic Bilbao e agora no Manchester City, e os brasileiros Lucas Moura (Tottenham), Vágner Love (Besiktas), Emerson Palmieri (Chelsea), Guilherme Arana (Sevilla) e Dodô (Shakhtar Donetsk).

O também brasileiro Philippe Coutinho, que foi para o Barcelona em um negócio de 160 milhões de euros (R$ 643,7 milhões), o maior da história das janelas de janeiro, não poderá disputar a fase final da Champions porque já entrou em campo pelo Liverpool na competição nesta temporada.

Além dos jogadores recém-contratados, foram inscritos também na fase final da Champions atletas que já faziam parte dos elencos dos clubes, mas que perderam a etapa de grupos devido a problemas físicos, como o goleiro alemão Manuel Neuer (Bayern de Munique) e o lateral direito inglês Nathaniel Clyne (Liverpool).

Por fim, há também crias das categorias de base das equipes que não haviam sido relacionados anteriormente q eu agora foram anexados à relação do torneio continental. O Barcelona, por exemplo, inscreveu os zagueiros David Costas e o meia-atacante José Arnaiz, do Barça B.

De acordo com o regulamento da Liga dos Campeões, cada clube tem o direito de inscrever três novos jogadores nas oitavas de final da competição.

No entanto, como nenhum time pode ter mais de 25 atletas em sua lista A (dedicada a quem faz parte do elenco principal), às vezes é necessário cortar um nome para poder inscrever outro.

É por isso que o Sevilla abriu mão do meia brasileiro Paulo Henrique Ganso, que disputou a fase de grupos da Champions, mas hoje está fora dos planos do técnico Vincenzo Montella, para poder inscrever novos jogadores –Arana, ex-Corinthians, é um deles.

Conheça abaixo todos os novos jogadores que inscritos na fase final da Champions:

BARCELONA: Yerry Mina (Z, COL), José Arnaiz (MA, ESP) e David Costas (Z, ESP)

BASEL: Léo Lacroix (Z, SUI), Fabian Frei (M, SUI) e Valentin Stocker (MA, SUI)

BAYERN DE MUNIQUE: Manuel Neuer (G, ALE), Sandro Wagner (A, ALE) e Kwasi Wriedt (GAN)

BESIKTAS: Vágner Love (A, BRA), Domagoj Vida (Z, CRO) e Cyle Larin (A, CAN)

CHELSEA: Olivier Giroud (A, FRA), Ross Barkley (M, CHE) e Emerson Palmieri (LE, BRA)

JUVENTUS: Stephan Lichtsteiner (LD, SUI)

LIVERPOOL: Virgil van Dijk (Z, HOL), Nathaniel Clyne (LD, ING) e Danny Ings (A, ING)

MANCHESTER CITY: Aymeric Laporte (Z, ESP), Olexandr Zinchenko (LE, UCR)

MANCHESTER UNITED: Alexis Sánchez (A, CHI)

PARIS SAINT-GERMAIN: Lassana Diarra (V, FRA)

PORTO: Gonçalo Paciência (A, POR), Yordan Osorio (Z, VNZ) e Majeed Waris (A, GAN)

REAL MADRID: Ninguém

ROMA: Ninguém

SEVILLA: Guilherme Arana (LE, BRA), Roque Mesa (V, ESP) e Sandro Ramírez (A, ESP)

SHAKHTAR DONETSK: Dodô (LD, BRA), Ruslan Fomin (A, UCR) e Vyacheslav Tankovsky (M, UCR)

TOTTENHAM: Lucas Moura (MA, BRA) e Érik Lamela (M, ARG)


Mais de Cidadãos do Mundo

Técnico de sensação da Copa ainda trabalha como dentista “de vez em quando”
Neymar, Messi e cia.: Top 10 da artilharia da Europa tem 7 sul-americanos
Como agente de Ibra virou pivô de crise de casal mais polêmico do futebol
Zidane é recordista de expulsões em Copas do Mundo: verdade ou lenda?


7 brasileiros que estão no banco na Europa para seu time repatriar em 2018
Comentários Comente

Rafael Reis

Seu clube quer contratar um reforço de peso, daqueles conhecidos por todos os torcedores, passagem por grandes clubes do mundo e talvez até alguma história na seleção brasileira, para o próximo ano? Então, é bom ele dar uma olhada na Europa.

É no Velho Continente que estão vários jogadores que atendem todas essas características e que, mesmo assim, estão em um momento de baixa na carreira. Hora ideal para aceitar um convite para retornar para casa em janeiro de 2018.

Listamos abaixo sete brasileiros que estão no banco de reserva dos seus clubes na Europa, não têm muita perspectiva de mudança nessa situação e poderiam topar uma mudança para o futebol brasileiro na próxima janela de transferências.

GABIGOL
Atacante
21 anos
Benfica (POR)

Um ano e meio depois de chegar à Europa, o ex-atacante do Santos já deve ter percebido que conquistar um espaço no futebol do Velho Continente não é das tarefas mais fáceis. Depois de jogar apenas dez vezes pela Inter de Milão na temporada passada, Gabigol foi emprestado ao Benfica para ganhar experiência. Só que, até o momento, o brasileiro acumula míseros 148 minutos de futebol pelo clube de Lisboa e tem ficado fora até do banco de reservas nas últimas partidas. A imprensa portuguesa já especula sobre uma possível volta do atacante ao Santos em janeiro.

LUCAS
Meia-atacante
25 anos
Paris Saint-Germain (FRA)

Antes uma peça importante do PSG e sempre cotado para ser convocado para a seleção brasileira, o ex-jogador do São Paulo desapareceu da equipe francesa depois das contratações de Neymar e Kylian Mbappé. Lucas não joga uma partida como titular desde 20 de maio, só atuou durante 71 minutos nesta temporada e faz parte da lista de jogadores que o técnico Unai Emery não faz questão de manter no elenco. Recentemente, o Cruzeiro sondou Lucas sobre a chance de contratá-lo para a o próximo ano.

JÚLIO CÉSAR
Goleiro
38 anos
Benfica (POR)

O titular do gol brasileiro nas duas últimas Copas do Mundo achou que retomaria a posição no Benfica depois da venda de Ederson para o Manchester City. Isso até aconteceu, mas só durou quatro partidas. Júlio César acabou perdendo espaço para o jovem belga Mile Svilar, de 18 anos, que mesmo tendo falhado feio em sua estreia na Champions, contra o Manchester United, continua como dono da camisa 1. Talvez seja a hora de Júlio César voltar ao Brasil para um último contrato antes da aposentadoria.

GANSO
Meia
28 anos
Sevilla (ESP)

A ida do técnico Jorge Sampaoli para a seleção argentina e a chegada de Eduardo Berizzo ao cargo não alteraram a situação de Ganso no Sevilla. O camisa 19 continua alternando alguns poucos jogos como titular (e às vezes com atuações bastante razoáveis) com longas sequências de esquecimento na equipe. O brasileiro só participou de uma das dez últimas partidas do time espanhol, justamente a menos importante delas, a vitória por 3 a 0 sobre o Cartagena, pela Copa do Rei. Na ocasião, Ganso deu dois passes para gol.

RAFAEL CABRAL
Goleiro
27 anos
Napoli (ITA)

Ex-futuro camisa 1 da seleção brasileira nos tempos em que era companheiro de Neymar e Ganso no Santos, Rafael Cabral está esquecido há anos no Napoli e hoje é apenas a terceira opção do clube para a posição. Sem disputar uma partida oficial desde abril, o goleiro poderia recuperar no Brasil esse longo tempo perdido na carreira. Em 2016, o São Paulo chegou a cogitar repatriá-lo. Quem sabe agora vai…

DOUGLAS
Lateral direito
27 anos
Benfica (POR)

Contratado pelo Barcelona em 2014 e tratado como piada na Catalunha desde então, Douglas já foi emprestado ao Sporting Gijón e agora está cedido ao Benfica. Só que o futebol português não lhe trouxe a titularidade que ele esperava. O ex-lateral do São Paulo até começou jogando as duas partidas contra o Manchester United, pela Liga dos Campeões, mas já voltou a ser reserva na última rodada do Campeonato Português.

LEANDRO CASTÁN
Zagueiro
31 anos
Roma (ITA)

Campeão da Libertadores de 2012, chegou a ter bons momentos na Roma antes de precisar passar por uma cirurgia para retirada de um tumor na cabeça no fim de 2014 e ficar quase um ano afastado dos gramados. Hoje totalmente recuperado e depois de empréstimos para Torino e Sampdoria, Castán é apenas o terceiro reserva do clube italiano para o miolo de zaga e ainda não estreou na atual temporada. O brasileiro tem contrato até 2019, mas não deve ter dificuldade para rescindir com a Roma caso apresente uma proposta de saída. No meio do ano, o Corinthians chegou a consultá-lo sobre essa possibilidade, mas as negociações não avançaram.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– “Rei do Passe”: Conheça o meia que Tite está prestes a perder para a Itália
– Firmino elogia “rival” Gabriel Jesus e ainda não se vê na Copa-2018
– Artilheiro em Portugal, Jonas supera até Neymar e iguala recorde de Eusébio
– 6 jogadores que merecem um teste na seleção brasileira antes da Copa


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>