Blog do Rafael Reis

Arquivo : fabinho

Mercado da Bola movimenta R$ 18 bi; conheça os 10 clubes que mais venderam
Comentários Comente

Rafael Reis

Faltando um mês para o fechamento da janela de transferências nos principais campeonatos nacionais do planeta, o Mercado da Bola para a temporada 2018/19 já movimentou 4,1 bilhões de euros (R$ 17,8 bilhões) em compras e empréstimos de jogadores.

O valor já equivale a 80% do total de 5,1 bilhões de euros (R$ 22,1 bilhões) que mudaram de mãos entre julho e agosto do ano passado –período que quebrou todos os recordes históricos em transações de atletas de futebol.

A tendência é que a marca seja superada ao longo das próximas semanas, já que Espanha, Alemanha e França, três das cinco ligas mais poderosas do mundo, permitem transferências até o fim de agosto. Na Inglaterra, a janela fecha no dia 9. E na Itália, no dia 18.

Quem mais contribuiu para movimentar o mercado internacional de jogadores nesta temporada foi o Monaco. O clube do Principado já faturou 341 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão) em venda de atletas.

A maior parte desse valor saiu da transferência da jovem estrela Kylian Mbappé para o Paris Saint-Germain. O negócio, que movimentou 180 milhões de euros (R$ 780,1 milhões) e foi o segundo maior da história do futebol, foi fechado na temporada passada, mas, por questões contábeis, só agora foi concluído – o atacante atuou por empréstimo no PSG em 2017/18.

Além do atacante, o Monaco também vendeu o volante brasileiro Fabinho (Liverpool), os meias Thomas Lemar (Atlético de Madri), Soualiho Meité (Torino) e João Moutinho (Wolverhampton), o zagueiro Terence Kongolo e o atacante Adama Diakhaby (ambos para o Huddersfield).

A soma das vendas feitas pelo vice-campeão francês na atual janela de transferência equivale a mais que o dobro do segundo colocado no ranking dos clubes que mais faturaram nesta edição do Mercado da Bola. Esse posto é ocupado pelo Real Madrid, atual tri da Champions, que lucrou 132,5 milhões de euros (R$ 572,1 milhões).

Apesar da negociação de jogadores importantes, como Vinícius Júnior (Real Madrid) e Arthur (Barcelona), nenhum clube brasileiro aparece no top 10 dos times que mais ganharam dinheiro com transferências.

O mais bem posicionado nessa lista é o Flamengo, que arrecadou 45 milhões de euros (R$ 195 milhões) e ocupa a 27ª colocação.

OS 10 CLUBES QUE MAIS VENDERAM NA TEMPORADA 2018/19
1º – Monaco (FRA) – 341 milhões de euros
2º – Real Madrid (ESP) – 132,5 milhões
3º – Roma (ITA) – 124,7 milhões
4º – Napoli (ITA) – 86 milhões
5º – RB Leipzig (ALE) – 72,8 milhões
6º – Inter de Milão (ITA) – 72,7 milhões
7º – Leicester (ING) – 67,8 milhões
8º – Paris Saint-Germain (FRA) – 65 milhões
Porto (POR) – 65 milhões
10º – Shakhtar Donetsk (UCR) – 59 milhões

OS 10 CLUBES MAIS GASTÕES DA TEMPORADA 2018/19
1º – Juventus (ITA) – 221,9 milhões
2º – Liverpool (ING) – 182,2 milhões
3º – Paris Saint-Germain (FRA) – 180 milhões
4º –  Roma (ITA) – 110 milhões
5º – Barcelona (ESP) – 107,9 milhões
6º – Atlético de Madri (ESP) – 98 milhões
7º – Monaco (FRA) – 96 milhões
8º – West Ham (ING) – 95 milhões
9º – Real Madrid (ESP) – 89,3 milhões
10º – Napoli (ITA) – 84 milhões

AS 10 CONTRATAÇÕES MAIS CARAS DA TEMPORADA 2018/19
1º – Kylian Mbappé (FRA, Paris Saint-Germain) – 180 milhões
2º – Cristiano Ronaldo (POR, Juventus) – 117 milhões
3º – Thomas Lemar (FRA, Atlético de Madri) – 70 milhões
4º – Riyad Mahrez (ALG, Manchester City) – 67,8 milhões
5º – Alisson (BRA, Liverpool) – 62,5 milhões
6º – Naby Keita (GUI, Liverpool) – 60 milhões
7º – Fred (BRA, Manchester United) – 59 milhões
8º – Jorginho (ITA, Chelsea) – 57 milhões
9º – Fabinho (BRA, Liverpool) – 45 milhões
Richarlison (BRA, Everton) – 45 milhões
Vinícius Jr. (BRA, Real Madrid) – 45 milhões
TOTAL: 4,1 bilhões de euros

OS 10 BRASILEIROS MAIS CAROS DA TEMPORADA 2018/19
1º – Alisson (BRA, Liverpool) – 62,5 milhões
2º – Fred (BRA, Manchester United) – 59 milhões
3º – Fabinho (BRA, Liverpool) – 45 milhões
Richarlison (BRA, Everton) – 45 milhões
Vinícius Jr. (BRA, Flamengo) – 45 milhões
6º – Malcom (BRA, Barcelona) – 41 milhões
7º – Douglas Costa (BRA, Juventus) – 40 milhões
8º – Felipe Anderson (BRA, West Ham) – 38 milhões
9º – Arthur (BRA, Barcelona) – 31 milhões
10º – Paulinho (BRA, Bayer Leverkusen) – 18,5 milhões

AS 10 LIGAS MAIS GASTONAS DA TEMPORADA 2018/19
1º – Campeonato Inglês – 1,02 bilhão
2º – Campeonato Italiano – 861,5 milhões
3º – Campeonato Espanhol – 618,6 milhões
4º – Campeonato Francês – 420,6 milhões
5º –  Campeonato Alemão – 410,1 milhões
6º – Campeonato Inglês (2ª divisão) – 133,5 milhões
7º – Campeonato Holandês – 68,3 milhões
8º – Campeonato Belga – 68 milhões
9º – Campeonato Português – 65,1 milhões
10º – Campeonato Chinês – 55,2 milhões

* valores em euros


Mais de Clubes

– Conheça os reforços mais caros da história dos grandes clubes da Europa
– Novo lar de CR7 investe R$ 1 bi em reforços; veja os 10 clubes mais gastões
– Janela movimenta R$ 8 bi em reforços antes de abrir; veja lista das ligas
– Flamengo é o 5º em ranking de maiores vendedores do planeta; veja top 10


Mercado da Bola movimenta R$ 12 bi; veja os 10 brasileiros mais caros
Comentários Comente

Rafael Reis

A janela de transferências da temporada 2018/19 abriu há apenas dez dias, mas já movimentou 2,7 bilhões de euros (R$ 12,4 bilhões). E quase 15% desse valor está ligado a transações de jogadores brasileiros.

As mudanças de clube de atletas representantes do único futebol pentacampeão mundial já fizeram girar pelo menos 400 milhões de euros (quase R$ 1,8 bilhão).

O valor não inclui mudanças de time que só serão concretizadas em futuras janelas de transferências, como a ida do atacante Rodrygo, do Santos, para o Real Madrid. O garoto de 17 anos deve ir para a Espanha apenas no próximo ano.

Por outro lado, considera a venda de Vinícius Júnior para o atual tricampeão europeu. O jovem do Flamengo foi negociado ainda em 2017, mas só pode migrar para Madri depois do seu 18º aniversário, nesta quinta-feira.

A transferência de Vinícius Jr. movimentou 45 milhões de euros (R$ 207 milhões) e é a terceira mais valiosa envolvendo um brasileiro nesta janela.

Até o momento, o maior negócio de um atleta do país na atual temporada é a ida do meia Fred (ex-Shakhtar Donetsk), que fez parte do elenco da seleção na Copa do Mundo-2018, para o Manchester United por 59 milhões de euros (R$ 272 milhões).

Outra compra de um clube inglês, o Liverpool, aparece na segunda colocação desse ranking. Para ter o volante Fabinho, que até a temporada passada defendia o Monaco, o vice-campeão europeu pagou 50 milhões de euros (R$ 230 milhões).

A janela de transferências do verão europeu (julho e agosto) do ano passado movimentou 5,1 bilhões de euros (R$ 23,5 bilhões) e foi a maior de todos os tempos. Mesmo antes do fim da Rússia-2018, a atual já alcançou 53% desse valor.

OS 10 BRASILEIROS MAIS CAROS DA TEMPORADA 2018/19
1º – Fred (BRA, Manchester United) – 59 milhões de euros
2º – Fabinho (BRA, Liverpool) – 50 milhões de euros
3º – Vinícius Jr. (BRA, Flamengo) – 45 milhões
4º – Douglas Costa (BRA, Juventus) – 40 milhões
5º – Arthur (BRA. Barcelona) – 31 milhões
6º – Paulinho (BRA, Bayer Leverkusen) – 18,5 milhões
7º – Matheus Cunha (BRA, RB Leipzig) – 15 milhões
8º – Bernardo (BRA, Brighton) – 10 milhões
Danilo (BRA, Nice) – 10 milhões
10º – Keno (BRA, Pyramids) – 8,6 milhões

AS 10 CONTRATAÇÕES MAIS CARAS DA TEMPORADA 2018/19
1º – Kylian Mbappé (FRA, Paris Saint-Germain) – 180 milhões
2º – Thomas Lemar (FRA, Atlético de Madri) – 70 milhões
3º – Naby Keita (GUI, Liverpool) – 60 milhões
4º – Fred (BRA, Manchester United) – 59 milhões
5º – Fabinho (BRA, Liverpool) – 50 milhões
6º – Vinícius Jr. (BRA, Real Madrid) – 45 milhões
7º – João Cancelo (POR, Juventus ) – 40,4 milhões
8º – Douglas Costa (BRA, Juventus) – 40 milhões
9º – Radja Nainggolan (BEL, Inter de Milão) – 38 milhões
10º – Arthur (BRA, Barcelona) – 31 milhões
TOTAL: 2,7 bilhões de euros

OS 10 CLUBES MAIS GASTÕES DA TEMPORADA 2018/19
1º – Paris Saint-Germain (FRA) – 180 milhões
2º – Liverpool (ING) – 110 milhões
3º – Juventus (ITA) – 104,9 milhões
4º –  Roma (ITA) – 101 milhões
5º – Atlético de Madri (ESP) – 90 milhões
6º – Real Madrid (ESP) – 89,3 milhões
7º – Napoli (ITA) – 84 milhões
8º – Manchester United (ING) – 82,7 milhões
9º – Inter de Milão – 73 milhões
10º – Villarreal (ESP) – 61,9 milhões

OS 10 CLUBES QUE MAIS VENDERAM NA TEMPORADA 2018/19
1º – Monaco (FRA) – 320 milhões
2º – RB Leipzig (ALE) – 72,8 milhões
3º – Inter de Milão (ITA) – 67 milhões
4º – Paris Saint-Germain (FRA) – 64 milhões
5º – Roma (ITA) – 59,3 milhões
6º – Shakhtar Donetsk (UCR) – 59 milhões
7º – Lyon (FRA) – 58,6 milhões
8º – Porto (POR) – 56 milhões
9º – Flamengo (BRA) – 50 milhões
10º – Betis (ESP) – 45,5 milhões

AS 10 LIGAS MAIS GASTONAS DA TEMPORADA 2018/19
1º – Campeonato Italiano – 660,9 milhões
2º – Campeonato Inglês – 515,1 milhões de euros
3º – Campeonato Espanhol – 400,1 milhões
4º – Campeonato Alemão – 335,9 milhões
5º – Campeonato Francês – 305,3 milhões
6º – Campeonato Inglês (2ª divisão) – 88,9 milhões
7º – Campeonato Belga – 54,5 milhões
8º – Campeonato Holandês – 54,2 milhões
9º – Campeonato Português –53 milhões
10º – Campeonato Chinês – 37,6 milhões


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– Amizade da base do Flamengo chega à Copa via seleção espanhola
– Brasil domina próxima janela de transferências e já movimenta R$ 1 bi
– Ganhar Champions e Copa no mesmo ano? Só 1 brasileiro conseguiu até hoje
– Lateral do Coritiba foi 1º “xodó” de Zidane no Real e deve carreira a ele


Brasil domina próxima janela de transferências e já movimenta R$ 1 bi
Comentários Comente

Rafael Reis

Apesar de faltar ainda quase um mês para a abertura oficial da janela de transferências das principais ligas nacionais do futebol mundial, o Mercado da Bola para a temporada 2018/19 já movimentou 1 bilhão de euros (R$ 4,3 bilhões) em compras, vendas e empréstimos de jogadores. No total, só as transações envolvendo jogadores brasileiros já chegaram a 231 milhões de euros (R$ 1 bilhão), quase 25% dos negócios.

Das dez transações mais caras já firmadas para a próxima temporada, cinco delas envolvem representantes do único país pentacampeão mundial.

O meia Fred, que acertou nesta terça-feira sua saída do Shakhtar Donetsk rumo ao Manchester United, é o brasileiro mais caro da próxima janela. Ele custou 55 milhões de euros (R$ 240,4 milhões), menos apenas que a compra dos direitos econômicos do atacante francês Kylian Mbappé pelo Paris Saint-Germain e a transação do meia senegalês Naby Keita, vendido pelo RB Leipizig ao Liverpool.

O integrante da seleção aparece logo à frente Fabinho, que vai trocar o Monaco pelo Liverpool, e do atacante Vinícius Júnior, negociado ainda em 2017 pelo Flamengo com o Real Madrid, mas que só terá sua transferência completada quando comemorar seu 18º aniversário, em julho, são os brasileiros mais caros da próxima janela. Cada um deles custou 45 milhões de euros (R$ 196,7 milhões),

O sexto lugar no top 10 dos maiores negócios da próxima temporada também envolve um brasileiro: Douglas Costa, um dos 23 convocados por Tite para a Copa do Mundo. O jogador, que foi emprestado pelo Bayern de Munique à Juventus em 2017/18, continuará na Itália após o pagamento de 40 milhões de euros (R$ 174,8 milhões).

Outro “brasuca” na lista dos mais caros é o ex-vascaíno Paulinho. O garoto de 17 anos vai para o Bayer Leverkusen por 26,4 milhões de euros (R$ 115,3 milhões), o oitavo maior negócio do planeta nesta janela de transferências.

A janela de transferências de julho/agosto do ano passado foi a maior da história do futebol e movimentou mais de 5,1 bilhões de euros (R$ 22,3 bilhões).

OS 9 BRASILEIROS MAIS CAROS DA TEMPORADA 2018/19
1º – Fred (BRA, Manchester United) – 55 milhões de euros
2º – Fabinho (BRA, Liverpool) – 45 milhões
Vinícius Jr. (BRA, Flamengo) – 45 milhões
4º – Douglas Costa (BRA, Juventus) – 40 milhões
5º – Paulinho (BRA, Bayer Leverkusen) – 26,4 milhões
6º – Raphinha (BRA, Sporting) – 6,5 milhões
7º – Felipe Vizeu (BRA, Udinese) – 5 milhões
8º – Rodrigo (BRA, Real Madrid Castilla) – 4,1 milhões
9º – Bruno Viana (BRA, Braga) – 3 milhões

AS 10 CONTRATAÇÕES MAIS CARAS DA TEMPORADA 2018/19
1º – Kylian Mbappé (FRA,Paris Saint-Germain) – 180 milhões
2º – Naby Keita (SNG, Liverpool) – 60 milhões
3º – Fred (BRA, Manchester United) – 55 milhões
4º – Fabinho (BRA, Liverpool) – 45 milhões
Vinícius Jr. (BRA, Real Madrid) – 45 milhões
6º – Douglas Costa (BRA, Juventus) – 40 milhões
7º – Anthony Modeste (CHN, Tianjin Quanjian) – 29 milhões
8º – Paulinho (BRA, Bayer Leverkusen) – 26,4 milhões
9º – Geoffrey Kondogbia (FRA, Valencia) – 25 milhões
10º – Lautaro Martínez (ARG, Inter de Milão) – 23 milhões
TOTAL: 1 bilhão de euros

Atualizado às 12h29


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– Ganhar Champions e Copa no mesmo ano? Só 1 brasileiro conseguiu até hoje
– Lateral do Coritiba foi 1º “xodó” de Zidane no Real e deve carreira a ele
– Esquecido, 1º brasileiro campeão europeu foi “parça” de Puskás e Di Stéfano
– 7 brasileiros em alta na Europa que podem mudar de clube na próxima janela


6 jogadores que merecem um teste na seleção brasileira antes da Copa
Comentários Comente

Rafael Reis

A seleção brasileira inicia nesta semana sua última série de amistosos do ano.

E, ao contrário de outros times importantes, como Argentina e Portugal, que resolveram poupar suas estrelas e usar a data Fifa de novembro para testar opções, o técnico Tite vai usar força máxima nas partidas contra Japão, nesta sexta-feira, e Inglaterra, no dia 14.

A impressão que passa é que, a sete meses do início da Copa-2018, Tite já tem em sua cabeça um grupo praticamente fechado para tentar o hexacampeonato mundial.

Notícia ruim, ou melhor, péssima, para os brasileiros que estão comendo a bola nos gramados nacionais ou da Europa e que sonham com pelo menos uma convocação para tentar convencer o treinador a fazer parte do elenco da seleção.

Listamos abaixo seis jogadores que merecem ser testados por Tite antes da definição dos 23 convocados para a Rússia-2018.

VANDERLEI
Goleiro
33 anos
Santos (BRA)

O goleiro do Santos é praticamente uma unanimidade como o melhor jogador de sua posição neste Campeonato Brasileiro. Não à toa, torcedores (não só santistas) têm usado as redes sociais para pedir que Tite dê uma oportunidade para Vanderlei. A idade elevada e a ausência de uma história na seleção pesam contra o camisa 1 santista, já que ele não é um nome que poderia acompanhar a Copa-2018 como terceiro goleiro para ser preparado para assumir a posição no futuro.

FABINHO
Volante
24 anos
Monaco (FRA)

Campeão francês e semifinalista da Liga dos Campeões da Europa na temporada passada pelo Monaco, esteve a um passo de ser contratado por Paris Saint-Germain e Manchester United, mas acabou permanecendo no clube do Principado. Fabinho é titular absoluto do meio-campo da equipe dirigida por Leonardo Jardim e um dos homens de confiança do treinador português. O camisa 2 até já foi convocado para a seleção, mas na época em que atuava como lateral direito.

ALLAN
Meia
26 anos
Napoli (ITA)

Ex-jogador do Vasco que se mandou para o futebol italiano com apenas 21 anos, Allan vive o melhor momento da sua carreira e é um dos responsáveis diretos pelo sucesso do Napoli nesta temporada. Polivalente, pode atuar como primeiro volante e também como segundo ou até terceiro homem do meio-campo, já que alia um ótimo poder de marcação com boa chegada ao ataque. Allan seria um ótimo nome para ficar na reserva de Paulinho (ou até jogar ao lado do barcelonista).

TALISCA
Meia-atacante
23 anos
Besiktas (TUR)

Depois de uma passagem marcada pela oscilação no Benfica, Talisca cresceu de produção no Besiktas e virou um dos principais nomes do time turco, líder do grupo G da Liga dos Campeões da Europa. O jogador revelado do Bahia, que chegou a ser convocado para a seleção brasileira logo depois da Copa-2014, tem atuado como segundo homem do ataque, posicionado logo atrás do centroavante. Na seleção, teria de jogar mais recuado, na função hoje exercida por Renato Augusto.

RICHARLISON
Atacante
20 anos
Watford (ING)

É possivelmente a maior revelação brasileira na atual temporada europeia. Contratado do Fluminense pelo nanico Watford, Richarlison se adaptou imediatamente ao futebol vertical praticado na Inglaterra e participou ativamente de seis gols nas primeiras dez rodadas da Premier League (meteu três bolas na rede e deu três assistências). Atacante de características semelhantes às de Gabriel Jesus, pode atuar aberto pela esquerda (como tem jogado no Watford) ou dentro da área adversária.

WILLIAN JOSÉ
Atacante
25 anos
Real Sociedad (ESP)

O ex-São Paulo e Grêmio não é certamente o nome dos sonhos do torcedor brasileiro para o comando de ataque da seleção. No entanto, Willian José é um dos poucos centroavantes brasileiros que conseguiu construir uma carreira estável no primeiro escalão do futebol europeu nas últimas temporadas. O camisa 12 fez sucesso no Las Palmas e atualmente é o vice-artilheiro da Liga Europa pela Real Sociedad, com quatro gols em quatro partidas. Mais experiente internacionalmente que Diego Souza, é um homem de área nato, diferente dos outros atacantes convocados por Tite.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– Como Talisca renasceu na Turquia e virou astro de zebra da Champions
– Goleiro de sensação do Inglês, Gomes projeta adeus em 2 anos para “ser pai”
– Como Neymar e astros da seleção protagonizaram vexame histórico na base
– 7 brasileiros que podem ser adversários da seleção de Tite na Copa-2018


O que falta para Fabinho ganhar uma chance na seleção?
Comentários Comente

Rafael Reis

Desde que assumiu o comando da seleção, em junho do ano passado, Tite já convocou 20 jogadores diferentes para o meio-campo. Atletas que atuavam na China, na Rússia, na Ucrânia e em vários times brasileiros já ganharam uma oportunidade.

Mas a lista de meias lembrados pelo treinador tem um desfalque de peso.

Titular do Monaco semifinalista da Liga dos Campeões da Europa na temporada passada e atual vice-líder do Campeonato Francês, Fabinho espera há 13 meses por uma lembrança do ex-comandante do Corinthians.

“Fico um pouco surpreso com ele ainda não ter sido chamado para a seleção brasileira”, disse o técnico do Monaco, Leonardo Jardim, em março.

Cinco meses e nenhuma convocação depois, o português endureceu o tom da cobrança. “Não entendo por que o Fabinho não é chamado para jogar pelo Brasil. Ele foi semifinalista da Champions, ganhou a Liga Francesa e sempre mostrou muita iniciativa”, afirmou, em agosto.

A incompreensão não é uma exclusividade de Jardim. Basta conversar com qualquer jornalista francês ou torcedor que acompanhe de perto a Ligue 1 para ouvir questionamentos semelhantes a esses.

Todo mundo quer saber por que Fabinho ainda foi convocado por Tite. E ninguém, com exceção do próprio treinador da seleção brasileira, consegue responder precisamente essa pergunta.

Ex-lateral direito formado nas categorias de base do Fluminense, o jogador de 23 anos mudou-se para Portugal aos 18 e jogou por uma temporada no Real Madrid Castilla antes de ser contratado pelo Monaco, em 2013.

O brasileiro permaneceu jogando em sua antiga posição até o primeiro semestre de 2016, quando foi efetivado como meio-campista. Atuando em um novo setor, virou peça-chave para o sucesso do Monaco na temporada passada.

O bom momento foi reconhecido na Europa. Fabinho teve um namoro com o Manchester United e chegou a receber uma proposta de 60 milhões de euros (R$ 224,7 milhões) para acompanhar seu antigo companheiro Kylian Mbappé rumo ao Paris Saint-Germain.

Curiosamente, o sucesso como meio-campista acabou fechando as portas da seleção para ele. Entre 2014 e 2016, quando ainda era lateral, ele recebeu sete convocações de Dunga para servir ao time brasileiro e disputou quatro partidas.

Mas, desde o fim da Copa América Centenário-2016, que marcou a despedida do antigo treinador da seleção e levou à contratação de Tite, Fabinho não integrou mais nenhuma lista da CBF.

Jogador com características para ser primeiro ou segundo homem de meio-campo, o camisa 2 do Monaco poderia ser reserva de Casemiro (Real Madrid) e Paulinho (Barcelona).

Segundo o “Who Scored?”, site especializado nas estatísticas do futebol, Fabinho é o décimo maior ladrão de bolas da Europa nesta temporada. Ele desarma em média 4,1 vezes por partida, bem mais que os convocáveis Casemiro (3,4) e Fernandinho (1,7).

O meia do Monaco também já participou diretamente de dois gols (marcou um e deu passe para outro) nesta temporada, assim como Casemiro. Já Fernandinho só produziu uma jogada que terminou com bola na rede.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– Adversário do PSG, brasileiro chegou à França quando Neymar tinha 12 anos
– Que clube brasileiro revelou mais jogadores para a elite da Europa?
– Após 8 meses, Gabigol deve ter nova chance como titular na Europa
– Mudança de regra coloca Neymar na briga por Chuteira de Ouro


7 histórias de brasileiros para acompanhar de perto na temporada europeia
Comentários Comente

Rafael Reis

A temporada 2017/18 das principais ligas nacionais da Europa acabou de começar. Ao longo dos próximos meses, o fã de futebol irá acompanhar incontáveis histórias de sucesso, fracasso, superação, declínio e dor nos gramados do Velho Continente.

Várias delas terão jogadores brasileiros como protagonistas. Alguns deles, nomes consagrados do primeiro escalão da modalidade. Outros, anônimos que deixaram o país cedo em busca de uma vida melhor para sua família.

Conheça abaixo sete histórias de brasileiros que merecem ser acompanhadas de perto na atual temporada, que, vale lembrar, desembocará na disputa da Copa do Mundo-2018, na Rússia.

NEYMAR, REI DA FRANÇA E IMPERADOR DO MUNDO?

A tentativa de Neymar de levar o Paris Saint-Germain ao inédito título da Liga dos Campeões e de fazer de si mesmo o melhor jogador do planeta é a grande história da nova temporada europeia. É para cumprir esses dois objetivos que o atacante brasileiro deixou o Barcelona para se transformar na contratação mais cara da história do futebol: 222 milhões de euros (R$ 829 milhões).

QUAL O TAMANHO DE PAULINHO?

O próprio meio-campista admitiu que, aos 29 anos, não esperava mais ter a oportunidade de vestir a camisa de um clube do tamanho do Barcelona. Mas, por inúmeras razões, essa chance lhe foi dada. E agora o brasileiro terá a missão de mostrar para o planeta que não é aquele jogador que fracassou no Tottenham, mas sim um meia que deixou saudades no Corinthians e brilha com a camisa da seleção.

GABRIEL JESUS: O NÚMERO 2 DA SELEÇÃO

A cria do Palmeiras apareceu como um fenômeno na segunda metade da última temporada na Inglaterra. Em seus 11 primeiros jogos pelo Manchester City, marcou sete gols e encantou Pep Guardiola. Agora, com uma temporada inteira pela frente, o jovem atacante brasileiro precisa provar que merece sim a titularidade do clube inglês. Afinal, a seleção espera que seu “número 2” chegue voando à Copa do Mundo.

DAVID LUIZ VOLTOU PARA FICAR?

O zagueiro foi a melhor surpresa brasileira da temporada passada. De volta ao Chelsea, David Luiz foi um dos destaques da conquista do Campeonato Inglês e descolou até mesmo um retorno para a seleção. A dúvida é se o camisa 30 conseguirá manter a seriedade e um futebol de alto nível por mais dez meses. Tite está de olho.

A CHANCE DE ALISSON

Reserva em sua primeira temporada na Roma, o goleiro cansou de ver/ler críticas de que a situação poderia ameaçar seu posto de titular da seleção brasileira. Com a saída de Szczesny para a Juventus, Alisson herdou a titularidade da meta do time italiano e agora tem a oportunidade de provar que não há nenhum impedimento para que ele seja o camisa 1 brasileiro na Rússia.

HÁ VAGA PARA FABINHO?

Não importa se vai permanecer no Monaco, clube que defende desde 2015, ou se vai migrar para o Paris Saint-Germain, que está louco para contratá-lo. Fabinho tem só uma temporada para convencer Tite de que merece uma chance no time que vai para a próxima Copa do Mundo. Para boa parte dos europeus que veem semanalmente o meia brasileiro, sua ausência na seleção não faz muito sentido.

O CANDIDATO A REVELAÇÃO

Revelado no Flamengo, Jorge quase não jogou em seus primeiros seis meses de Europa. Contratado pelo Monaco em janeiro, o brasileiro fez apenas cinco partidas em sua temporada de estreia no Velho Continente. Mas, com a ida de Mendy para o Manchester City, o carioca assumiu a lateral esquerda do Monaco, tem jogado bem e desponta como principal candidato a revelação brasileira no futebol europeu em 2017/18.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– 7 crias do Atlético-MG que hoje fazem sucesso (ou não) fora do Brasil
– 7 crias do Cruzeiro que hoje fazem sucesso (ou não) fora do Brasil
– Mais caçado da Europa, Neymar apanha 72% mais no PSG
– Da China a Portugal: por onde andam 7 crias da base do Inter?


Sensação da temporada, Monaco pode faturar até R$ 1,2 bilhão com revelações
Comentários Comente

Rafael Reis

Uma das três equipes ainda vivas na Liga dos Campeões que buscam o primeiro título europeu de sua história, o Monaco inicia nesta terça-feira a busca por uma vaga nas semifinais da competição interclubes mais importante do planeta.

Mas, independente do que aconteça no confronto com o Borussia Dortmund, o clube do principado já pode celebrar seu sucesso na temporada 2016/17.

Um sucesso que atingiu um cheio seu elenco. Resultado: boa parte do time titular, normalmente escalado pelo técnico português Leonardo Jardim, está na mira dos grandes clubes do continente e deve protagonizar algumas das maiores transações da próxima janela de transferências.

Conheça abaixo 7 jogadores do Monaco que estão em alta no Mercado da Bola e podem vestir uma nova camisa depois das férias do verão europeu.

KYLIAN MBAPPÉ
Atacante
18 anos
Francês
Quem quer: Real Madrid, PSG, Arsenal e Manchester City
Valor estimado do negócio: 120 milhões de euros (R$ 399 milhões)

O nome da moda no futebol europeu neste momento. Autor de dois gols contra o Manchester City, nas oitavas de final da Champions, Mbappé pode se tornar a contratação mais cara da história do futebol. Segundo a imprensa francesa, o Monaco já recusou uma proposta de 110 milhões de euros (R$ 365 milhões), feita pelo Real Madrid, e quer 10 milhões de euros (R$ 34 milhões) a mais para negociá-lo.

BERNARDO SILVA
Meia-atacante
22 anos
Português
Quem quer: Bayern de Munique, Barcelona, Chelsea e Manchester United
Valor estimado: 80 milhões de euros (R$ 266 milhões)

Era o jogador mais valorizado do Monaco até o surgimento do “furacão Mbappé”. Um dos bons nomes da nova geração portuguesa, joga pelos dois lados do campo, é rápido, criativo e habilidoso. Tem a seu favor ainda o fato de ter como empresário o compatriota Jorge Mendes, o mesmo de Cristiano Ronaldo e José Mourinho, um mestre na arte de negociar transferências milionárias.

TIEMOUÉ BAKAYOKO
Volante
22 anos
Francês
Quem quer: Chelsea e Manchester United
Valor estimado do negócio: 60 milhões de euros (R$ 199 milhões)

Alto, forte, técnico e dinâmico, o volante de origem marfinense cairia como uma luva no futebol inglês. Pelo menos, é no que acreditam Chelsea e Manchester United, os favoritos para contratar Bakayoko. Os “Red Devils” inclusive já fizeram uma proposta de 40 milhões de euros (R$ 133 milhões) pelo jogador em janeiro. Mas o Monaco respondeu que só aceita negociá-lo por 60 milhões de euros (R$ 199 milhões).

THOMAS LEMAR
Meia
21 anos
Francês
Quem quer: Chelsea, Barcelona e Manchester United
Valor estimado do negócio: 35 milhões de euros (R$ 116 milhões)

Jogador com características semelhantes às de Andrés Iniesta, é um dos nomes monitorados pelo Barcelona para substituir o veterano meia espanhol de 32 anos. Mas o Barça tem a concorrência de Chelsea e Manchester United, que também desejam o cérebro do Monaco. Vale lembrar que, dois anos atrás, o clube alvirrubro pagou menos de 4 milhões de euros (R$ 13 milhões) para tirar Lemar do Caen.

BENJAMIN MENDY
Lateral esquerdo
22 anos
Francês
Quem quer: Manchester City
Valor estimado: 35 milhões de euros (R$ 116 milhões)

Contratado em julho do Olympique de Marselha por 13 milhões de euros (43 milhões), o lateral esquerdo que estreou pela seleção francesa no mês passado pode fazer o Monaco lucrar 169% em apenas uma temporada. É que Pep Guardiola considera Sidibé como uma aposta  interessante para a reformulação de plantel que deve promover no Manchester City depois do fiasco em seu ano de estreia na Inglaterra.

FABINHO
Lateral direito e volante
23 anos
Brasileiro
Quem quer: Manchester City e Manchester United
Valor estimado do negócio: 30 milhões de euros (R$ 100 milhões)

Pouco reconhecido no Brasil, de onde saiu com apenas 18 anos, está há pelo menos duas temporadas na lista de compras do Manchester United. Apesar de ter deixado a lateral direita nos últimos meses para compor o meio-campo do Monaco, não só continua na mira da equipe de José Mourinho, como também chamou a atenção de Pep Guardiola, o comandante do Manchester City.

DJIBRIL SIDIBÉ
Lateral direito
24 anos
Francês
Quem quer: Arsenal e Barcelona
Valor estimado: 25 milhões de euros (83 milhões)

Cara nova em uma posição que é carente de renovação no mundo todo, Sidibé foi contratado do Lille em julho, estreou pelo Monaco em agosto e assumiu a titularidade da lateral direita da seleção francesa em setembro. Na próxima janela de transferências, deve receber do assédio do Barcelona, que busca um novo jogador confiável para o setor desde a venda de Daniel Alves. O Arsenal, que disputou Sidibé com o Monaco meses atrás, também pode voltar à jogada.


Mais de Cidadãos do Mundo

Ele é alemão, vale R$ 100 mi e tem jogador do Fla como ídolo de infância
Por onde andam os jogadores do Ajax que bateu o Grêmio no Mundial-1995?
Time com os mais caros do mundo vale R$ 2,4 bi e tem duelo CR7 x Neymar
Lewa e Aubameyang encostam em Messi e esquentam briga por Chuteira de Ouro


7 brasileiros que devem “bombar” na próxima janela de transferências
Comentários Comente

Rafael Reis

A pouco menos de dois meses do encerramento da temporada 2016/17, a imprensa internacional já tem dedicado bastante espaço para as transferências que podem acontecer na próxima janela de transferências.

Que jogadores de primeiro escalão mudarão de clube? Quais serão os reforços mais caros? E as jovens apostas que desembarcarão nos maiores times do planeta e terão a oportunidade da vida? São essas algumas das perguntas que serão respondidas entre o fim de maio e agosto.

Listamos abaixo cinco jogadores brasileiros que devem “bombar” na próxima janela de transferência. Mesmo que acabem não mudando de equipe, certamente irão protagonizar longas negociações a respeito dos seus futuros. E muitas reportagens de “Mercado da Bola”.

PHILIPPE COUTINHO
Meia
24 anos
Liverpool (ING)

Protagonista do Liverpool desde a venda de Luis Suárez para o Barcelona, em 2014, o meia virou titular da seleção brasileira no ano passado e entrou na lista de desejos do clube catalão para a próxima temporada. De acordo com o jornal “Mundo Deportivo”, Neymar vem pedindo constantemente à diretoria a contratação do compatriota e amigo. Coutinho poderia ser um substituto de Iniesta no meio-campo do Barça. Um possível negócio envolvendo o camisa 10 do Liverpool movimentaria pelo menos 70 milhões de euros (R$ 238 milhões).

EDERSON
Goleiro
23 anos
Benfica (POR)

Revelação do gol do Benfica, ganhou a posição do veterano Júlio César durante a temporada, teve atuações de gala na Liga dos Campeões, chegou à seleção brasileira e conquistou Pep Guardiola. Sim, o treinador do Manchester City, incomodado com as atuações abaixo da crítica de Bravo e Caballero, quer ver Ederson vestindo a camisa 1 do clube inglês na próxima temporada. O técnico catalão inclusive já conversou com o arqueiro brasileiro sobre a possibilidade de uma transação.

FELIPE
Zagueiro
27 anos
Porto (POR)

O ex-zagueiro do Corinthians caiu como uma luva no futebol europeu. Logo em sua primeira temporada no exterior, vem ajudando o Porto a ter um dos sistemas defensivos mais sólidos do continente. O resultado desse sucesso não demorou a aparecer. No mês passado, o jornal espanhol “As” publicou que Felipe já tem um acerto verbal para se juntar ao Real Madrid a partir de julho. A proposta enviada ao Porto seria de 30 milhões de euros (R$ 102 milhões).

FABINHO
Volante
23 anos
Monaco (FRA)

Lateral direito de origem e usado como volante por Leonardo Jardim no Monaco, o jogador com passagem pelas categorias de base do Real Madrid é titular absoluto do clube que se tornou sensação da temporada europeia. Fabinho é um dos tantos destaques do Monaco que devem receber propostas valiosas para mudar de ares na próxima temporada. O rumor mais forte é que a Juventus toparia pagar 30 milhões de euros (R$ 102 milhões) para levá-lo para a Itália.

FELIPE ANDERSON
Meia-atacante
23 anos
Lazio (ITA)

Responsável direto pela boa campanha da Lazio, que tem tudo para se classificar para disputar a Liga Europa na próxima temporada, o ex-jogador do Santos é um desejo antigo do Manchester United. No passado, o clube italiano já chegou, inclusive, a recusar uma proposta inglesa de 50 milhões de euros (R$ 170 milhões). Essa história deve ganhar um novo capítulo nos próximos meses.

LUAN
Atacante
24 anos
Grêmio (BRA)

Último integrante do setor ofensivo da seleção que conquistou a inédita medalha de ouro olímpica na Rio-2016 que continua no futebol brasileiro, o atacante do Grêmio é hoje um dos jogadores mais valorizados da América do Sul. Consequentemente, é também um dos mais visados pelos olheiros europeus. Luan já foi citado como alvo de Liverpool, Barcelona e PSG. Até agora, o clube gaúcho o segurou. Por quanto tempo mais conseguirá mantê-lo? Difícil saber.

RAFINHA
Meia
24 anos
Barcelona (ESP)

Titular do Barcelona desde a implantação do esquema com três zagueiros, Rafinha sabe que seu clube deve ir ao mercado na janela de transferências para contratar mais uma estrela que deve devolvê-lo ao banco de reservas. Caso opte por uma mudança de ares para jogar com mais frequência, o brasileiro terá um leque de opções bem interessante em sua frente. Segundo o jornal catalão “Mundo Deportivo”, Juventus, Liverpool e Arsenal gostariam de tê-lo em seus elencos.


 Mais de Brasileiros pelo Mundo

“Rei das estreias”, Pato enfrenta jejum de gols inédito na China
– Neymar sofre recorde de faltas e é o jogador que mais apanha na Europa
– 50% brasileiro, zagueiro da Suíça morou no Rio em busca de “malandragem”
– Atrás de Vágner Love, Neymar está fora do top 100 da Chuteira de Ouro


Mesmo sem Neymar, Brasil coloca 3 em seleção dos mais caros da Copa América
Comentários Comente

Rafael Reis

Apesar dos desfalques de Neymar e Douglas Costa e da decisão de Dunga de não convocar Marcelo, David Luiz e Thiago Silva, o Brasil ainda é um dos países com mais jogadores na seleção dos mais caros da Copa América Centenário.

De acordo com o site “Transfermarkt”, especializado nas transações do futebol internacional, três brasileiros são os atletas da competição continental com maior valor de mercado em suas respectivas posições.

Fabinho (Monaco) e Filipe Luís (Atlético de Madri) lideram entre os laterais e valem 15 milhões de euros (R$ 60 milhões) cada. Já Luiz Gustavo (Wolfsburg), avaliado em 20 milhões de euros (R$ 60 milhões), é um dos volantes dessa seleção.

Além do Brasil, somente o Uruguai tem três nomes na lista.

O goleiro Fernando Muslera (Galatasaray), o zagueiro Diego Godín (Atlético de Madri) e o atacante Luis Suárez (Barcelona) são os mais caros de suas posições entre os jogadores inscritos no torneio.

Completam a seleção dois argentinos (Nicolás Otamendi e Lionel Messi), dois chilenos (Arturo Vidal e Alexis Sánchez) e um colombiano (James Rodríguez).

Segundo o “Transfermarkt”, a seleção dos mais caros da competição vale algo em torno de 504 milhões de euros (R$ 2 bilhões).

Avaliado em uma fortuna de 120 milhões de euros (R$ 360 milhões), Messi é o atleta mais valioso da Copa América, seguido por Suárez (90 milhões de euros) e James Rodríguez (70 milhões de euros).

O primeiro brasileiro no ranking aparece apenas na décima colocação. Trata-se do meia-atacante Lucas (PSG), convocado de última hora para o lugar de Rafinha (Barcelona) e que vale 35 milhões de euros (R$ 140 milhões).

Poupado para os Jogos Olímpicos, Neymar é o jogador do Brasil mais caro do mundo, com valor de mercado estimado em 100 milhões de euros (R$ 400 milhões). Ou seja, caso estivesse na seleção, seria o segundo colocado na lista.

A Copa América Centenário reúne 16 times de todo o continente e começa nesta sexta-feira, nos Estados Unidos. O Brasil estreia no sábado, contra o Equador, em Pasadena.

Confira a seleção dos mais caros da Copa América (por posição):

G – Fernando Muslera (URU, Galatasaray) – 15 milhões de euros
LD – Fabinho (BRA, Monaco) – 15 milhões de euros
Z – Diego Godín (URU, Atlético de Madri) – 35 milhões de euros
Z – Nicolás Otamendi (ARG, Manchester City) – 32 milhões de euros
LE – Filipe Luís (BRA, Atlético de Madri) – 15 milhões de euros
V – Luiz Gustavo (BRA, Wolfsburg) – 20 milhões de euros
V – Arturo Vidal (CHI, Bayern de Munique) – 37 milhões de euros
MAD – Lionel Messi (ARG, Barcelona) – 120 milhões de euros
MAC – James Rodríguez (COL, Real Madrid) – 70 milhões de euros
MAE – Alexis Sánchez (CHI, Arsenal) – 55 milhões
A – Luis Suárez (URU, Barcelona) – 90 milhões de euros


Mais de Brasileiros pelo Mundo

Conheça os brasileiros pré-convocados para disputar a Euro
De olho em estágio, autor de gol na Copa-10 encarou 3ª divisão da Alemanha
– Ex-SP, zagueiro joga em campeão europeu e sonha com música da Champions
– Os 5 brasileiros mais desejados da janela de transferências da Europa


Seleção sub-23 dos mais caros do mundo é dominada por brasileiros
Comentários Comente

Rafael Reis

Ainda abalado pela derrota por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo de 2014, o Brasil tem um futuro brilhante nos gramados. Pelo menos, é o que indicam os prognósticos do mercado da bola.

O país pentacampeão mundial é o que possui mais jogadores na seleção sub-23 dos mais caros do planeta, segundo estimativa do site “Transfermarkt”, especialista em transferências no futebol.

De acordo com as estimativas da publicação, o zagueiro Marquinhos e o meia-atacante Lucas, ambos do PSG, além do lateral direito Fabinho, que defende o Monaco, são os jogadores com até 23 anos mais caros do planeta em suas respectivas posições.

Marquinhos

A seleção sub-23 do mundo conta ainda com dois ingleses, um belga, um austríaco, um francês, um italiano, um alemão e um argentino.

Se considerados também os 11 “reservas” desse time, o Brasil teria mais um representante nesse elenco: o meia Philippe Coutinho, do Liverpool, avaliado em 32 milhões de euros (R$ 130 milhões). Seu titular, o alemão Mario Götze (Bayern), vale, de acordo com o site, 35 milhões de euros (R$ 141 milhões).

Ainda segundo o Transfermarkt, o jogador jovem mais caro do planeta é o meia francês Paul Pogba, da Juventus, que possui um valor de mercado estimado em 65 milhões de euros (R$ 262 milhões).

Ele e o lateral esquerdo austríaco David Alaba, Bayern de Munique, que vale 45 milhões de euros (R$ 181 milhões), são os dois atletas com até 23 anos que também fazem parte da seleção adulta dos mais caros do mundo.

Essa equipe, com Messi, Cristiano Ronaldo e cia., tem valor total estimado de 710 milhões de euros (R$ 2,8 bilhões). Já a seleção sub-23 custa em torno de 420 milhões de euros (R$ 1,7 bilhão).

Curiosamente, o Brasil, que é hegemônico na lista dos jovens mais caros, não tem nenhum representante na seleção adulta.

Um bom motivo para acreditar que o futuro será melhor que o presente.

Conheça a seleção sub-23 dos mais caros do mundo (por posição):

G – Thibaut Courtois (BEL, Chelsea) – 35 milhões de euros
LD – Fabinho (BRA, Monaco) – 15 milhões de euros
Z – Marquinhos (BRA, PSG) – 30 milhões de euros
Z – John Stones (ING, Everton) – 30 milhões de euros
LE – David Alaba (AUT, Bayern) – 45 milhões de euros
MC – Paul Pogba (FRA, Juventus) – 65 milhões de euros
MC – Marco Verratti (ITA, PSG) – 40 milhões de euros
MAD – Lucas (BRA, PSG) – 35 milhões de euros
MAC – Mario Götze (ALE, Bayern) – 35 milhões de euros
MAE – Raheem Sterling (ING, Manchester City) – 50 milhões de euros
A – Paulo Dybala (ARG, Juventus) – 40 milhões de euros


Mais de Brasileiros pelo Mundo

– Um a cada quatro gols na China é brasileiro
– Ídolo palmeirense foi 1º brasileiro campeão como protagonista na Europa
Enquanto meia do Santos espera, já tem um Lucas Lima se dando bem na Europa
No Qatar, Romarinho troca Palmeiras por Xavi e busca 1º título sem Tite


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>