Blog do Rafael Reis

Arquivo : copa da inglaterra

Por futebol, príncipe William vai ter de sair cedo de casamento do irmão
Comentários Comente

Rafael Reis

O príncipe William, segundo na linha de sucessão ao trono do Reino Unido, não poderá exagerar na comemoração do casamento do seu irmão mais novo, Harry, com a atriz norte-americana Meghan Markle.

Isso porque o neto da rainha Elizabeth II é esperado em uma partida de futebol em 19 de maio, mesmo dia em que será realizado o casamento real.

Presidente da Federação Inglesa de Futebol (FA), o príncipe William terá de participar da decisão da FA Cup, já que tradicionalmente cabe ao mandatário da associação as tarefas de apresentar o troféu da competição e entregá-lo ao clube campeão.

O conflito de datas fez com que a imprensa britânica levantasse a hipótese de que o herdeiro do trono priorizaria o casamento do irmão, de quem deve ser padrinho, e se ausentaria da final da Copa da Inglaterra nesta temporada.

No entanto, o Palácio de Kensington, onde o príncipe William mora ao lado de sua esposa, a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, e seus dois filhos, já afirmou que não “haverá conflito entre os dois eventos”.

O casamento será realizado no fim da manhã do dia 19, na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, a oeste Londres. Já o pontapé inicial da final da Copa da Inglaterra está previsto para as 17h30, no estádio de Wembley, a cerca de 38 km do local da cerimônia.

Ou seja, o príncipe William poderá participar normalmente do matrimônio, mas não poderá se exceder nos festejos e nem esticar muito sua presença por lá.

“19 de maio promete ser um dia maravilhoso, com um evento tão especial da realeza seguida pelo espetáculo do futebol inglês”, informou a FA, em nota oficial.

Torcedor do Aston Villa, o marido de Kate Middleton é fanático por futebol, costuma frequentar os jogos mais importantes da seleção e preside a federação inglesa há quase 12 anos.

O cargo, que pertence a integrantes da família real britânica desde a década de 1930, é quase que meramente figurativo. Cabe ao príncipe William algumas poucas missões, como ser o rosto da entidade, emitir opiniões de apoio à seleção e participar da final da Copa da Inglaterra.

Na prática, quem administra o futebol inglês é Greg Clarke, um ex-diretor do Leicester que assumiu o cargo executivo mais alto da FA em 2016.


Mais de Cidadãos do Mundo

7 revelações sul-americanas para seu time contratar antes dos europeus
Por que meia da seleção argentina usou braçadeira de capitão da Peppa Pig?
Como um produtor de cinema transformou time falido no líder do Italiano
Por que astro de rival do Brasil na Copa é tão questionado no Real?


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>