Blog do Rafael Reis

Arquivo : atalanta

À espera da 1ª vez: 7 times famosos que nunca foram campeões nacionais
Comentários Comente

Rafael Reis

Para alguns clubes, ser campeão nacional não é mais que uma mera rotina. O Bayern de Munique faturou nesta temporada seu sexto título alemão consecutivo. Já a Juventus caminha para sua sétima conquista em sequência na Itália.

Enquanto isso, outros times, alguns deles bastante conhecidos no mundo todo, ainda sonham com o primeiro título nacional de suas histórias.

No Brasil, cinco dos 20 clubes que disputam a primeira divisão vivem essa situação de jamais terem sido campeões brasileiros: América-MG, Ceará, Chapecoense, Paraná e Vitória.

E no exterior? Apresentamos abaixo sete times estrangeiros famosos que nunca ganharam o campeonato nacional do qual participam.

BAYER LEVERKUSEN
Alemanha
Melhor campanha: Vice-campeão (1997, 1999, 2000, 2002 e 2011)

Não é à toa que ganhou o apelido de Bayer Neverkusen, um trocadilho com a palavra inglesa “never” (nunca, em tradução para o português). Apesar de já ter disputado uma final de Liga dos Campeões da Europa, em 2002, e ter vencido uma Copa da Uefa (a versão antiga da Liga Europa), em 1988, o clube da Bayer jamais conseguiu comemorar um título alemão. O time já bateu na trave várias vezes. Em 2000, quando tinha Ballack, Zé Roberto e Emerson no elenco, perdeu o título para o Bayern de Munique na última rodada ao ser derrotado por 2 a 0 pelo nanico Unterhaching.

VILLARREAL
Espanha
Melhor campanha: Vice-campeão (2008)

Assim como o Bayer Leverkusen, o Villarreal também tem uma campanha de histórica de Champions no currículo (foi semifinalista em 2006), mas jamais foi páreo para as maiores potências do seu país no campeonato nacional. Em favor do “Submarino Amarelo”, está o fato de ele só ter estreado na primeira divisão espanhola em 1999. Nessas últimas 20 temporadas, o mais perto que ficou do título espanhol foi em 2008, quando terminou na segunda colocação, oito pontos atrás do Real Madrid.

WEST HAM
Inglaterra
Melhor campanha: 3º colocado (1986)

Ao longo de 130 anos de história, a primeira divisão inglesa já teve 24 campeões diferentes. E a equipe mais conhecida que jamais alcançou esse feito foi o West Ham. O time de Londres, que já teve em seu elenco jogadores importantes, como Bobby Moore, Geoff Hurst e Carlos Tevez, tem como maiores feitos os três títulos de Copa da Inglaterra conquistados entre 1964 e 1980. Em 1986, brigou ponto a ponto com Liverpool e Everton pelo título inglês, mas acabou ficando na terceira posição.

ATALANTA
Itália
Melhor campanha: 4ª colocada (2017)

Sensação do futebol italiano na temporada passada, quando terminou na quarta colocação e chegou a sonhar com vaga na Liga dos Campeões, o clube de Bérgamo passou a maior parte de sua história lutando na parte de baixo da primeira divisão ou tendo que disputar a Série B. A Atalanta é muito mais conhecida pela qualidade de suas categorias de base do que propriamente pelos bons resultados que costuma obter no Calcio.

PARMA
Itália
Melhor campanha: Vice-campeão (1997)

Durante a década de 1990, quando era sustentado pelo dinheiro da Parmalat, o Parma era um dos times mais temidos da Europa e contava com estrelas do porte de Buffon, Asprilla e Crespo. Apesar de todo esse poderio econômico, o clube jamais conseguiu um scudetto. Em 1997, passou perto. Ficou apenas dois pontos atrás da Juventus. Os títulos mais importantes da história da equipe, que hoje tenta se reerguer depois de um processo de falência e disputa a segunda divisão italiana, foram as Copas da Uefa conquistadas em 1995 e 1999.

HOFFENHEIM
Alemanha
Melhor campanha: Quarto colocado (2017)

Um dos clubes de maior sucesso da Alemanha nos últimos anos, passou a maior parte dos seus quase 120 anos de história escondido em divisões amadoras do futebol germânico. Foi só em 2008 que o time azul e branco estreou na Bundesliga. De lá para cá, o Hoffenheim tem feito campanhas consistentes, mas ainda nem passou perto do título. Aliás, todos os troféus já levantados pelo clube foram em competições de divisões inferiores.

BRAGA
Portugal
Melhor campanha: Vice-campeão (2010)

Quarta força do futebol português desde o declínio do Boavista, em meados da década passada, o Braga ainda não foi poderoso o suficiente para quebrar a hegemonia de Porto, Benfica e Sporting no país. O clube até que se esforçou e chegou a ser vice-campeão em 2010. Mas o grande momento de sua história foi alcançado no ano seguinte, quando foi até a decisão da Liga Europa e acabou derrotado por outro português, o Porto.


Mais de Clubes

– Qual é o time que mais evoluiu nesta temporada? E o que mais caiu?
– Sensação na Champions, Liverpool ficou ainda melhor com saída de Coutinho
– Melhor mandante do mundo, PSG aposta em estádio para sobreviver sem Neymar
– Por que time de Magic Johnson e Will Ferrell pode revolucionar o futebol?


Por que meia da seleção argentina usou braçadeira de capitão da Peppa Pig?
Comentários Comente

Rafael Reis

Uma porquinha rosa, famosa entre as crianças do mundo todo, deu o que falar na rodada do último fim de semana do Campeonato Italiano.

O meia Alejandro “Papu” Goméz, principal jogador da Atalanta e um dos integrantes da seleção argentina, disputou a partida contra a Roma, no último sábado, usando em seu braço esquerdo uma braçadeira de capitão da Peppa Pig.

De acordo com o jogador, a brincadeira foi uma forma de comemorar o terceiro aniversário de sua filha Constantina, que é completamente apaixonada pelo desenho animado protagonizado pela porquinha.

A braçadeira utilizada por Gómez na vitória por 2 a 1 sobre a equipe da capital italiana trazia uma foto da garotinha, acompanhada dos desenho de Peppa segurando um bolo e de George, irmão da personagem, com um dinossauro de brinquedo nas mãos.

A animação que o capitão da Atalanta usou para homenagear sua filha foi lançada em 2004, no Reino Unido, e conta a história de uma família de porquinhos. O desenho, destinado para crianças em idade pré-escolar, é uma febre mundial. No Brasil, é exibido pela TV Cultura e pela Discovery Kids.

Essa não foi a primeira vez que Papu Gómez surpreendeu o público com uma faixa de capitão temática. O meia é famoso por usar sua braçadeira para prestar homenagens a pessoas queridas e passar mensagens aos torcedores.

Desde que se tornou capitão da Atalanta, o argentino já usou braçadeiras com imagens do Papa Francisco, dos desenhos animados Frozen e Supercampeões e de escalações de times de futebol do game Pro Evolution Soccer. Suas faixas também apresentaram mensagens sobre Halloween e sustentabilidade.

A ideia partiu da esposa do jogador, Linda, que confecciona uma nova braçadeira para o marido a cada partida.

“É algo que achamos muito divertido e custa apenas cinco euros [cerca de R$ 19] para fazer cada braçadeira. O que faço com essas faixas depois de utilizá-las? Estão todas guardadas em casa, menos uma, que dei de presente ao presidente [da Atalanta] Percassi quando vencemos em casa a Inter de Milão”, disse Gómez, em entrevista ao jornal argentino “La Nación”.

Revelado pelo Arsenal de Sarandí, o meia está na Atalanta desde 2014 e já é um dos maiores jogadores da história do clube. O camisa 10 soma 33 gols e 34 assistências em 126 partidas pelo time de Bergamo.

O bom futebol apresentado nas últimas temporadas levou Gómez à seleção argentina. O ídolo da Atalanta esteve em três das quatro convocações feitas pelo técnico Jorge Sampaoli e tem tudo para disputar a próxima Copa do Mundo.


Mais de Cidadãos do Mundo

Por que astro de rival do Brasil na Copa é tão questionado no Real?
Italiano faz 4 gols no 1º jogo do ano e tira artilharia da Europa de Cavani
7 garotos para você ficar de olho no futebol mundial em 2018
5 técnicos gringos que podem pintar no futebol brasileiro durante 2018


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>