Blog do Rafael Reis

Arquivo : alexis sánchez

Alexis, Mina, Lucas: os 34 novos inscritos para fase final da Champions
Comentários Comente

Rafael Reis

A Liga dos Campeões da Europa entra nesta terça-feira em sua fase final com 34 caras novas.

Com o começo dos mata-matas decisivos, os 16 times sobreviventes na disputa da principal competição interclubes do planeta puderam realizar alterações em suas listas de jogadores inscritos.

A maioria dos novos nomes da Champions 2017/18 é formada por atletas que trocaram de clube na janela de transferências de janeiro e agora tentarão ajudar suas novas equipes a conquistarem o cobiçado título continental.

Fazem parte desse grupo o atacante chileno Alexis Sánchez, que trocou o Arsenal pelo Manchester United, o zagueiro espanhol Aymeric Laporte, ex-Athletic Bilbao e agora no Manchester City, e os brasileiros Lucas Moura (Tottenham), Vágner Love (Besiktas), Emerson Palmieri (Chelsea), Guilherme Arana (Sevilla) e Dodô (Shakhtar Donetsk).

O também brasileiro Philippe Coutinho, que foi para o Barcelona em um negócio de 160 milhões de euros (R$ 643,7 milhões), o maior da história das janelas de janeiro, não poderá disputar a fase final da Champions porque já entrou em campo pelo Liverpool na competição nesta temporada.

Além dos jogadores recém-contratados, foram inscritos também na fase final da Champions atletas que já faziam parte dos elencos dos clubes, mas que perderam a etapa de grupos devido a problemas físicos, como o goleiro alemão Manuel Neuer (Bayern de Munique) e o lateral direito inglês Nathaniel Clyne (Liverpool).

Por fim, há também crias das categorias de base das equipes que não haviam sido relacionados anteriormente q eu agora foram anexados à relação do torneio continental. O Barcelona, por exemplo, inscreveu os zagueiros David Costas e o meia-atacante José Arnaiz, do Barça B.

De acordo com o regulamento da Liga dos Campeões, cada clube tem o direito de inscrever três novos jogadores nas oitavas de final da competição.

No entanto, como nenhum time pode ter mais de 25 atletas em sua lista A (dedicada a quem faz parte do elenco principal), às vezes é necessário cortar um nome para poder inscrever outro.

É por isso que o Sevilla abriu mão do meia brasileiro Paulo Henrique Ganso, que disputou a fase de grupos da Champions, mas hoje está fora dos planos do técnico Vincenzo Montella, para poder inscrever novos jogadores –Arana, ex-Corinthians, é um deles.

Conheça abaixo todos os novos jogadores que inscritos na fase final da Champions:

BARCELONA: Yerry Mina (Z, COL), José Arnaiz (MA, ESP) e David Costas (Z, ESP)

BASEL: Léo Lacroix (Z, SUI), Fabian Frei (M, SUI) e Valentin Stocker (MA, SUI)

BAYERN DE MUNIQUE: Manuel Neuer (G, ALE), Sandro Wagner (A, ALE) e Kwasi Wriedt (GAN)

BESIKTAS: Vágner Love (A, BRA), Domagoj Vida (Z, CRO) e Cyle Larin (A, CAN)

CHELSEA: Olivier Giroud (A, FRA), Ross Barkley (M, CHE) e Emerson Palmieri (LE, BRA)

JUVENTUS: Stephan Lichtsteiner (LD, SUI)

LIVERPOOL: Virgil van Dijk (Z, HOL), Nathaniel Clyne (LD, ING) e Danny Ings (A, ING)

MANCHESTER CITY: Aymeric Laporte (Z, ESP), Olexandr Zinchenko (LE, UCR)

MANCHESTER UNITED: Alexis Sánchez (A, CHI)

PARIS SAINT-GERMAIN: Lassana Diarra (V, FRA)

PORTO: Gonçalo Paciência (A, POR), Yordan Osorio (Z, VNZ) e Majeed Waris (A, GAN)

REAL MADRID: Ninguém

ROMA: Ninguém

SEVILLA: Guilherme Arana (LE, BRA), Roque Mesa (V, ESP) e Sandro Ramírez (A, ESP)

SHAKHTAR DONETSK: Dodô (LD, BRA), Ruslan Fomin (A, UCR) e Vyacheslav Tankovsky (M, UCR)

TOTTENHAM: Lucas Moura (MA, BRA) e Érik Lamela (M, ARG)


Mais de Cidadãos do Mundo

Técnico de sensação da Copa ainda trabalha como dentista “de vez em quando”
Neymar, Messi e cia.: Top 10 da artilharia da Europa tem 7 sul-americanos
Como agente de Ibra virou pivô de crise de casal mais polêmico do futebol
Zidane é recordista de expulsões em Copas do Mundo: verdade ou lenda?


Como agente de Ibra virou pivô de crise de casal mais polêmico do futebol
Comentários Comente

Rafael Reis

Um dos casais mais famosos e polêmicos do mundo do futebol, o formado pelo atacante argentino Mauro Icardi e pela dançarina argentina Wanda Nara, está em crise. E o motivo é a infidelidade.

Não, o capitão da Inter de Milão não andou pulando com a cerca com nenhuma garota. E nem Wanda se relacionou com outro homem.

A infidelidade que colocou em xeque o casamento dos argentinos não tem nada a ver com romance ou sexo. Foi uma questão totalmente profissional.

De acordo com o jornal italiano “Corriere dela Sera”, Nara não gostou de ver o marido conversando sobre o futuro de sua carreira com o empresário Mino Raiola, que cuida dos interesses de Zlatan Ibrahimovic, Paul Pogba e Gianluigi Donnarumma, entre outros.

Desde 2015, quando demitiu seu empresário, Icardi tem como agente a própria mulher.

Ainda segundo o jornal italiano, é ela quem está costurando uma possível transferência do camisa 9 da Inter para o Real Madrid na próxima temporada. O valor do negócio passaria dos 100 milhões de euros (pouco mais de R$ 401 milhões).

O motivo da aproximação de Raiola com Icardi também é o Mercado da Bola. O agente gostaria de levá-lo para o Manchester United. Mas, em vez de procurar a empresária e esposa do centroavante, preferiu conversar diretamente com o jogador, o que levou Nara a uma crise de ciúmes.

A crise no relacionamento do atacante argentino se tornou pública no fim de semana passada, quando ele deixou de seguir a mulher no “Instagram”. Nara não deixou por menos. Publicou uma foto sensual em sua rede social e provocou o marido na legenda: “só para os meus seguidores”.

No sábado, o centroavante da Inter tentou colocar panos quentes na situação. Também em sua conta no “Instagram”, postou uma foto ao lado da esposa e escreveu que a ama na mensagem.

Icardi e Wanda Nara estão juntos há quase cinco anos. Eles se conheceram quando o centroavante chegou ao futebol italiano, em 2011, e foi acolhido pelo também atacante argentino Maxi López, ídolo da adolescência do jogador da Inter e até então casado com a dançarina.

O romance começou como caso extraconjugal e virou casamento. Até hoje, López, atualmente na Udinese, recusa-se a cumprimentar o antigo amigo todas as vezes que eles se encontram em jogos do Campeonato Italiano.

Já o casal vive provocando o ex-jogador do Grêmio. Nara já postou uma imagem dos filhos do seu antigo casamento vestindo a camisa de Icardi durante um confronto entre a Inter e o time do pai das crianças. Além disso, também protagonizou uma propaganda em que ironizava pessoas traídas.


Mais de Cidadãos do Mundo

Zidane é recordista de expulsões em Copas do Mundo: verdade ou lenda?
A janela fechou, e esses 7 jogadores famosos ainda estão desempregados
Por que o artilheiro do Inglês é “maluco” por Tom Brady?
Ele sofreu o 1º gol de Messi como profissional. Hoje, é “olho” de Zidane


Por que 2018 está tendo a janela de janeiro mais movimentada da história?
Comentários Comente

Rafael Reis

Apesar de ainda faltar um dia para o encerramento da janela de transferências de janeiro, já é possível dizer que 2018 teve o mercado de inverno europeu mais movimentado de todos os tempos.

Mesmo que o volume de dinheiro das negociações (650 milhões de euros, só nas cinco maiores ligas do Velho Continente, até a última segunda-feira) ainda não tenha superado os 675 milhões de euros de 2017, nunca houve tantas transações milionárias quanto neste ano.

Só o antigo recorde de contratação mais cara da história de janeiro na Europa, a ida de Fernando Torres para o Chelsea por 58,5 milhões de euros, que perdurou entre 2011 e 2017, foi superado três vezes ao longo do mês.

Diego Costa trocou o Chelsea pelo Atlético de Madri por 66 milhões de euros. O zagueiro holandês Virgil van Dijk, ex-Southampton, custou 78,8 milhões de euros ao Liverpool. E o Barcelona pagou 160 milhões de euros para ter Philippe Coutinho.

Além desses três negócios, houve pelo menos mais uma transferência envolvendo um jogador de primeiro escalão do futebol mundial: a saída do atacante chileno Alexis Sánchez do Arsenal rumo ao Manchester United –em troca pelo meia armênio Henrikh Mkhitaryan.

Para completar, há ainda a novela sobre a possível transferência do atacante gabonês Pierre-Emerick Aubamyang do Borussia Dortmund para o Arsenal, que ficou para os últimos dias de janeiro.

Mas, afinal, por que uma janela que normalmente é destinada para pequenas transações de jogadores pouco utilizados e remodelagens pontuais de elenco acabou sendo tão movimentada nesta temporada?

São duas as principais explicações para esse fenômeno.

A primeira é que a janela de julho/agosto foi insuficiente para finalizar todos os negócios que estavam em andamento no verão europeu. As transações de Coutinho, Alexis Sánchez e Aubameyang, por exemplo, vinham se arrastando há meses e já poderiam ter sido acertadas na janela passada.

A volta de Diego Costa ao Atético de Madri também não é “coisa de agora”. A transferência do centroavante só foi concretizada neste mês porque o clube espanhol estava proibido de contratar no meio de 2017 –cumpria uma sanção imposta pela Fifa.

O segundo fator responsável pela movimentação histórica nesta janela é a inflação no Mercado da Bola determinada pela transferência de Neymar.

Desde que o atacante brasileiro protagonizou a transferência de 222 milhões de euros, a maior da história, para o Paris Saint-Germain, quase seis meses atrás, os valores das transações dos outros grandes jogadores do planeta subiram drasticamente.

Em julho passado, Coutinho certamente não custaria 160 milhões de euros. E nem Van Dijk valeria 78,8 milhões de euros. Esses são os valores deles já atualizados pelo “fator Neymar”.

É a soma dessas questões e a fome intensa de clubes como Barcelona e Manchester Uniter por reforços que transformou janeiro de 2018 na janela de inverno mais intensa da história do futebol europeu.

OS 10 REFORÇOS MAIS CAROS DE JANEIRO-2018 NA EUROPA

1º – Philippe Coutinho (BRA/Barcelona) – 160 milhões de euros
2º – Virgil van Dijk (HOL/Liverpool) – 78,8 milhões de euros
3º – Diego Costa (ESP/Atlético de Madri) – 66 milhões de euros
4º – Theo Walcott (ING/Everton) – 22,5 milhões de euros
5º – Cenk Tosun (TUR/Everton) – 22 milhões de euros
Guido Carrillo (ARG/Southampton) – 22 milhões de euros
7º – Manuel Akanji (SUI/Borussia Dortmund) – 21,5 milhões de euros
8º – Pietro Pellegri (ITA/Monaco) – 21 milhões de euros
9º – Jürgen Locadia (HOL/Brighton) – 17 milhões de euros
10º – Ross Barkley (ING/Chelsea) – 16,9 milhões de euros


Mais de Clubes

– Fundo do poço? 7 clubes de futebol que faliram e conseguiram renascer
– Amado ou odiado? Com Neymar, PSG tem maior média de público de sua história
– Como River superou investimento do Palmeiras e virou o “PSG das Américas”
– Falido, time que mostrou ao mundo Baggio e Paolo Rossi tem data para acabar


Mercado da Bola: 7 gringos que podem mudar de time na janela de janeiro
Comentários Comente

Rafael Reis

O ano novo marca também a abertura da janela de transferências para os principais mercados da Europa. A partir desta segunda-feira (e até o dia 31 de janeiro), os clubes mais poderosos do mundo poderão contratar novos jogadores para a segunda metade da temporada 2017/18.

Os negócios já começaram a ser fechados antes mesmo do início oficial do período de transações. O Liverpool gastou 85 milhões de euros (R$ 335 milhões) para ter o zagueiro mais caro da história, o holandês Virgil van Dijk (ex-Southampton). Já o Bayern fechou com o centroavante Sandro Wagner (ex-Hoffenheim), reserva da seleção alemã.

Ou seja, o próximo mês promete ser cheio de novelas de “vai ou não vai” de nomes importantes no cenário global, inclusive brasileiros, como o meia Philippe Coutinho, do Liverpool, que vive um longo namoro com o Barcelona.

Listamos abaixo sete jogadores estrangeiros que podem mudar de clube na janela de transferências do inverno europeu.

JULIAN DRAXLER
Meia
Alemão
24 anos
Paris Saint-Germain
Arsenal quer

O PSG precisa se desfazer de alguns jogadores no mercado de inverno para conseguir se adequar às regras do Fair Play Financeiro. Por outro lado, Draxler deseja ser titular absoluto de alguma equipe para não correr risco de perder seu lugar na seleção alemã. E pronto: temos o cenário ideal para uma transferência importante ser concretizada. O clube francês já estipulou o preço do jogador, 45 milhões de euros (R$ 177 milhões) uma quantia que o Arsenal pode aceitar pagar.

ALEXIS SÁNCHEZ
Atacante
Chileno
29 anos
Arsenal
Manchester City e PSG querem

Principal jogador do Arsenal nas últimas temporadas, o chileno tem contrato só até junho e não deve renovar para se mandar para Manchester City ou Paris Saint-Germain. Para não perder de graça o atacante, o clube londrino tem duas opções: aceitar uma proposta não muito alta que deve chegar do City nas próximas semanas ou tentar incluir Sánchez como parte do pagamento na transação com o PSG por Draxler.

LEONARDO BONUCCI
Zagueiro
Italiano
30 anos
Milan
Chelsea, Real Madrid e Manchester City querem

Contratado no meio do ano para ser o símbolo da reconstrução do Milan, o zagueiro naufragou junto com o projeto de restauração do gigante italiano. Bonucci está decepcionado com os resultados ruins da equipe rubro-negra, e o novo proprietário do clube enfrenta dificuldades para pagar as contas. A somatória dessas duas situações fez vários times do primeiro escalão europeu (especialmente Chelsea, Real Madrid e Manchester City) crescerem os olhos sobre Bonucci. Especula-se que uma oferta na casa de 40 milhões de euros (R$ 158 milhões) deva ser suficiente para levá-lo.

MESUT ÖZIL
Meia
Alemão
29 anos
Arsenal
Barcelona e Manchester United querem

A situação de Özil no Arsenal é semelhante à de Alexis Sánchez. Assim como o chileno, o alemão ficará sem contrato no fim da temporada e tem chances mínimas de renovação. Barcelona e Manchester United têm interesse em contratá-lo na janela do verão europeu, mas podem antecipar a compra para janeiro caso o clube londrino faça um “precinho” para não ficar de mãos abanando em julho e o jogador aceite uma redução salarial.

YERRY MINA
Zagueiro
Colombiano
23 anos
Palmeiras
Barcelona quer

O zagueiro colombiano tem uma espécie de acordo verbal para se transferir para o Barcelona no meio de 2018. No entanto, o desembarque do jogador do Palmeiras na Catalunha pode ser antecipado para janeiro devido aos problemas defensivos que o time de Ernesto Valverde tem enfrentado. O francês Samuel Umtiti está machucado, Javier Mascherano pode ser negociado com a China e o belga Vermaelen vive com problemas físicos e raramente consegue emendar uma sequência de jogos.

KEPA ARRIZABALAGA
Goleiro
Espanhol
23 anos
Athletic Bilbao
Real Madrid quer

Reserva da seleção espanhola, o jovem basco é a solução viável encontrada pelo Real Madrid para tirar Keylor Navas do time titular depois das inúmeras negativas do Manchester United em negociar De Gea. Segundo o diário espanhol “AS”, o atual bicampeão europeu pagará os 20 milhões de euros (R$ 77 milhões) da multa rescisória de Kepa para poder contar com o goleiro já em janeiro.

YANNICK FERREIRA-CARRASCO
Meia-atacante
Belga
24 anos
Atlético de Madri
Bayern de Munique e Chelsea querem

O talentoso camisa 10 do Atlético de Madri perdeu rendimento nesta temporada, passou a frequentar o banco de reservas e, de acordo com a imprensa espanhola, recebeu aval do técnico Diego Simeone para deixar o clube caso receba uma oferta expressiva do exterior. Encontrar um time disposto a desembolsar uma bela grana para ter Ferreira-Carrasco não deve ser um problema, já que ele é alvo antigo do Chelsea e também faz parte da lista de compras do Bayern.


Mais de Cidadãos do Mundo

Zagueiro mais caro do mundo não leva cartão há um ano e é novato em seleção
Revelação de rival do Brasil na Copa fez fama como fenômeno no Fifa
Traição, seleção nanica e carro tardio: as histórias vividas por De Bruyne
Ele ficou famoso por defender pênaltis importantes. Agora, é galã de novela


7 astros que estão no último ano de contrato e podem agitar Mercado da Bola
Comentários Comente

Rafael Reis

Se a última janela de transferências do futebol europeu já foi histórica, com a ida de Neymar para o Paris Saint-Germain por 222 milhões de euros (R$ 824 milhões), maior valor já pago por um jogador de futebol, o Mercado da Bola deve ser ainda mais movimentado na próxima temporada.

Além da inflação de preços provocada pelo transação do atacante brasileiro e da Copa do Mundo, que sempre dá uma balançada nas compras e vendas de jogadores, um outro fator deve ser determinante na janela de 2018/19.

Várias estrelas do primeiro escalão do futebol mundial estão no último ano de contrato com seus times atuais e, caso não renovem seus vínculos nos próximos meses, poderão trocar de clube gratuitamente em julho do próximo ano.

Listamos abaixo sete jogadores que vivem essa situação e que têm tudo para agitar o mercado na janela de transferências da próxima temporada.

LIONEL MESSI
Atacante
30 anos
Argentina
Barcelona (ESP)

A renovação de contrato até 2021 de um dos dois maiores astros do futebol mundial na última década chegou a ser anunciada pelo Barcelona em julho, só que jamais foi assinada pelo camisa 10 argentino. De acordo com a imprensa espanhola, esse é um indício de que Messi anda decepcionado com os rumos do clube (sobretudo após a venda de Neymar) e disposto a repensar seu futuro. Segundo o diário “As”, o Manchester City já conversa com o jogador para levá-lo à Inglaterra na próxima temporada.

ALEXIS SÁNCHEZ
Atacante
28 anos
Chile
Arsenal (ING)

Autor de 30 gols na temporada passada, o atacante chileno só não se mandou para o Manchester City na última janela de transferência porque o técnico Arsène Wenger vetou sua saída e o obrigou a cumprir o último ano de seu contrato. Isso significa que Alexis Sánchez deve deixar o Arsenal no próximo verão europeu sem a necessidade de uma compensação financeira. Além do City, Bayern de Munique e Paris Saint-Germain já manifestaram interesse em contratá-lo e são seus destinos mais prováveis.

MESUT ÖZIL
Meia
28 anos
Alemanha
Arsenal (ING)

Assim como Alexis Sánchez, o meia alemão dificilmente continuará vestindo a camisa do Arsenal a partir do segundo semestre do próximo ano. De acordo com a imprensa inglesa, Özil está na lista de compras do Manchester United, já que o técnico português José Mourinho sente falta no seu elenco de um jogador com características de armação de jogo. Barcelona e Real Madrid, onde o alemão já jogou, também estariam no páreo.

ARJEN ROBBEN
Atacante
33 anos
Holanda
Bayern de Munique (ALE)

A crise vivida pelo Bayern neste início de temporada e a provável chegada de um jovem treinador ao clube em 2018 (Julian Nagelsmann, do Hoffenheim, é o favorito) passam a impressão de fim de ciclo em Munique. E um dos jogadores que devem fazer parte desse processo de renovação é Robben. O holandês veste a camisa bávara desde 2009 e dificilmente assinará um novo contrato com o clube alemão. Com vários problemas físicos acumulados durante a carreira, o camisa 10 dificilmente irá para uma outra equipe do primeiro escalão europeu.

GIORGIO CHIELLINI
Zagueiro
33 anos
Itália
Juventus (ITA)

A “’defesa dos sonhos”’ da Juventus, que já perdeu Leonardo Bonucci para o Milan na última janela de transferências, pode sofrer uma nova baixa no próximo ano. O zagueiro Giorgio Chiellini, segundo jogador mais antigo do elenco da campeã italiana, ainda não chegou a um acordo com a diretoria para a extensão do seu contrato. Quem está de olho nessa situação é Antonio Conte, que dirigiu o camisa 3 na Juve e na seleção italiana. O treinador do Chelsea não esconde o desejo de levar o antigo pupilo para a Premier League.

LEON GORETZKA
Meia
22 anos
Alemanha
Schalke 04 (ALE)

Um dos artilheiros da última Copa das Confederações e em alta na seleção alemã, o meia vive uma situação semelhante à de Alexis Sánchez no Arsenal. Como o Schalke 04 não quis negociá-lo na última janela de transferências, Goretzka deve deixar o clube gratuitamente no próximo verão europeu. Interessados no jovem meio-campista não faltam: Bayern de Munique, Barcelona e Liverpool desejam sua contratação.

FERNANDINHO
Volante
32 anos
Brasil
Manchester City (ING)

Apesar de ser um dos xodós de Pep Guardiola no Manchester City, o volante brasileiro só tem contrato por mais oito meses. Mas, dificilmente, o treinador espanhol irá abrir mão de Fernandinho, titular da equipe em nove das dez partidas da atual temporada. De acordo com o próprio jogador, o City já iniciou as conversas para estender seu vínculo.


Mais de Cidadãos do Mundo

Perto da vaga, goleiro egípcio quer ser o mais velho da história das Copas
Chegou a geração 2000: 8 garotos para você acompanhar no Mundial sub-17
Zizao não foi o único: 6 jogadores asiáticos que tentaram a sorte no Brasil
Obinna (o original) e mais 5 africanos que passaram pelo futebol brasileiro


5 novelas para acompanhar nos últimos 10 dias da janela de transferências
Comentários Comente

Rafael Reis

Neymar no Paris-Germain como a contratação mais cara da história do futebol mundial. O renascimento do Milan. A revolução comandada por Pep Guardiola no elenco do Manchester City. Os novos centroavantes de Manchester United, Chelsea e Arsenal.

Muita coisa já rolou na janela de transferências para a temporada 2017/18 do futebol europeu. Mas, faltando dez dias para o fechamento do período de negócios das principais ligas nacionais do Velho Continente, há também várias histórias que ainda não chegaram ao fim.

Apresentamos abaixo cinco novelas ainda abertas da janela de transferências e que têm só até o próximo dia 31 para chegarem a um desfecho.

A REPOSIÇÃO DO BARCELONA

A tão sonhada peça de reposição do Barcelona para o lugar de Neymar é uma das novelas mais empacadas desta janela. O clube catalão sonha com dois nomes, o brasileiro Philippe Coutinho e o francês Ousmane Dembélé e convenceu ambos a se mudar para a Catalunha. O problema é convencer seus clubes a liberá-los. O Liverpool já rejeitou três propostas do Barça por Coutinho, a última de 124 milhões de euros (R$ 461 milhões). Já o Dortmund quer 130 milhões de euros (R$ 483 milhões) por Dembélé. A situação já faz o Barcelona pensar em outras opções para o setor, como Ángel di María, do PSG.

O DESTINO DO FENÔMENO

Autor de seis gols na fase de mata-matas da Liga dos Campeões com apenas 18 anos, Kylian Mbappé foi a revelação do futebol mundial na temporada passada e entrou na mira de Real Madrid, Barcelona, Manchester City e PSG. O atacante dificilmente continuará no Monaco, tanto que nem foi relacionado para o confronto contra o Metz, na última sexta-feira. De acordo com o jornal “Mundo Deportivo”, o atacante francês já definiu seu futuro e será apresentado nesta semana pelo PSG, após o pagamento de 180 milhões de euros (R$ 670 milhões). Será?

O QUE SERÁ DE DIEGO COSTA?

Em guerra com o técnico Antonio Conte desde a reta final da temporada passada, o centroavante nem tem treinado ao lado dos seus companheiros de Chelsea e nem é mais tratado como um jogador do elenco do campeão inglês pelo treinador italiano. Diego Costa deseja retornar para o Atlético de Madri, só que o time espanhol foi punido pela Fifa e só poderá receber novos jogadores em janeiro. A opção para o brasileiro naturalizado espanhol é encontrar um clube para defender neste semestre e se mudar para a capital espanhola no início de 2018.

OS RESERVAS DO PSG

A volúpia do Paris Saint-Germain no Mercado da Bola transformou vários jogadores importantes do seu elenco em reservas que não enxergam muito futuro na capital francesa e precisam de uma mudança de ares para não prejudicar o desenvolvimento de suas carreiras. O primeiro deles, o meia Blaise Matuidi, já se mandou para a Juventus. Faltam Julian Draxler, Serge Aurier, Hatem Ben Arfa, Grzegorz Krychowiak, Lucas…

O ÚLTIMO DESEJO DE GUARDIOLA

O Manchester City já gastou 244 milhões de euros (R$ 907 milhões) em reforços. Mas Pep Guardiola ainda tem um desejo: Alexis Sánchez. A negociação está enrolada há semanas porque o Arsenal prefere perder seu principal jogador sem ganhar um centavo ao fim da temporada, quando termina o contrato do chileno, a negociá-lo com um rival direto da Inglaterra. Pep e o City têm dez dias para convencer o clube londrino a mudar de ideia.


Mais de Cidadãos do Mundo

Novo Mbappé? 7 garotos que podem estourar na nova temporada europeia
Como surgiu a lenda que meia do PSG é uma mulher?
Companheiro de Neymar, goleiro do PSG namora com top model brasileira
Mercado da Bola já movimentou R$ 12,8 bi; veja os reforços mais caros


Vitrine: 7 jogadores da Copa das Confederações que devem trocar de clube
Comentários Comente

Rafael Reis

A Copa das Confederações é tradicionalmente um aquecimento para a Copa do Mundo, uma oportunidade para técnicos e jogadores conhecerem o clima, os gramados e alguns dos adversários que terão pela frente no ano seguinte.

Mas, disputado em meio ao período de transferências do futebol europeu, o torneio também serve como uma espécie de vitrine para aqueles atletas que desejam trocar de clube para a próxima temporada.

Conheça abaixo sete jogadores que disputam a Copa das Confederações deste ano de olho também no Mercado da Bola e que não sabem ainda qual camisa irão vestir depois do verão europeu.

PEPE
Zagueiro
34 anos
Portugal
Real Madrid (ESP)

A 12 dias do encerramento do seu contrato com o Real Madrid, o zagueiro nascido no Brasil tem pelo menos quatro possibilidades para dar sequência à sua carreira. O mais provável é que Pepe assine com o Paris Saint-Germain, como vem sendo noticiado pela imprensa espanhola nas últimas semanas. Mas o veterano defensor também tem em mãos propostas da Inter de Milão, do Zenit e de um clube chinês.

NÉLSON SEMEDO
Lateral direito
23 anos
Portugal
Benfica (POR)

Destaque em uma posição com poucos nomes inquestionáveis no futebol mundial, o lateral direito é tratado pela imprensa portuguesa como a próxima grande venda que o Benfica fará nesta janela de transferências. O clube de Lisboa deseja faturar 50 milhões de euros (R$ 184 milhões) com o jogador, mas Barcelona, Paris Saint-Germain e Manchester United, os clubes que já manifestaram interesse em contratá-lo, oferecem no máximo 30 milhões de euros (R$ 110 milhões).

GELSON MARTINS
Meia-atacante
22 anos
Portugal
Sporting (POR)

Titular da seleção portuguesa no último jogo antes da Copa das Confederações, contra a Letônia, o ponta direita é outro que tem vários gigantes do futebol mundial em seu encalço. Extraoficialmente, o Sporting admite liberá-lo se receber uma oferta de 50 milhões de euros (R$ 184 milhões), valor que o Liverpool aceita pagar. Barcelona e Manchester United também querem Gelson Martins, mas só se não precisarem gastar tanto assim.

ALEXIS SÁNCHEZ
Atacante
28 anos
Chile
Arsenal (ING)

Principal jogador do Arsenal nas últimas temporadas e terceiro colocado na lista de artilheiros da mais recente edição do Campeonato Inglês, o atacante é o maior desejo do Bayern de Munique para a próxima temporada. O Manchester City também tem interesse no astro da seleção chilena, mas tem como principal desvantagem o fato de ser um adversário direto do Arsenal dentro da Inglaterra.

BENJAMIN HENRICHS
Lateral direito
20 anos
Alemanha
Bayer Leverkusen (ALE)

Polivalente, já que pode atuar nas duas laterais e também no meio-campo, a jovem revelação do Bayer Leverkusen tem uma gama de qualidades capaz de impressionar os grandes clubes do planeta. Por enquanto, quem está de olho nele é o Tottenham. À procura de reposição para uma possível saída de Kyle Walker, o atual vice-campeão inglês está monitorando Henrichs. Por enquanto, não houve nenhuma proposta oficial pelo prodígio.

EMRE CAN
Volante
23 anos
Alemanha
Liverpool (ING)

Faz parte da lista de desejos da Juventus para qualificar o elenco e tentar conquistar o título da Liga dos Campeões da Europa que lhe escapou por pouco na última temporada. O problema para os italianos é que o Liverpool não parece muito disposto a liberar o volante alemão e lhe ofereceu um novo contrato com salário 80% superior ao atual.

KEVIN TRAPP
Goleiro
26 anos
Alemanha
Paris Saint-Germain (FRA)

Titular da meta do PSG nas duas últimas temporadas, pode ter de buscar um novo clube, já que o time francês sonha com a contratação da estrela adolescente italiana Gianluigi Donnarumma. Mas interessados não faltam para Trapp. O goleiro da seleção alemã interessa a Bayer Leverkusen, Wolfsburg e ao próprio Milan, que deseja uma reposição em alto nível para Donnarumma.


Mais de Cidadãos do Mundo

Por onde andam os jogadores da Alemanha que foi tri mundial na Copa-1990?
7 astros que podem protagonizar transferências milionárias nesta janela
Mistério e polêmicas: quem é o homem que tem revolucionado o Milan?
Janela nem abriu e já movimentou R$ 2,2 bi; veja os reforços mais caros


Artilheiro do Inglês, astro do Arsenal já foi criticado por excesso de sexo
Comentários Comente

Rafael Reis

Artilheiro do Campeonato Inglês, com 17 gols, e atravessando uma das melhores fases de sua carreira, Alexis Sánchez, 28, hoje é ídolo e um nome indiscutível no setor ofensivo do Arsenal.

Mas nem sempre foi assim.

Contratado do Barcelona em 2014, o chileno foi alvo de críticas no início da passagem pela Inglaterra por não ser decisivo nas partidas mais importantes do clube londrino. E sua intensa vida sexual foi apontada como a vilã da história.

Tudo começou quando o tabloide chileno “La Cuarta” publicou, em novembro daquele ano, que o desempenho dentro de campo de Alexis estava sendo prejudicado pelo excesso de sexo que ele praticava.

Na época, o atacante do Arsenal namorava a modelo e designer catalã Laia Grassi. De acordo com o jornal, o apetite sexual da loira era tamanho que provocava o desgaste físico do jogador e derrubava o nível do seu futebol.

Ainda segundo o “La Cuarta”, o excesso de atividade sexual de Alexis quase custou sua vaga de titular do clube inglês.

O relacionamento entre o chileno e Laia chegou ao fim em dezembro de 2014, quando a espanhola descobriu que o namorado havia tentado traí-la com a Miss Chile 2013, Camila Andrade, que não deu muita trela para ele.

Coincidência ou não, as críticas ao seu futebol foram embora junto com a ex-namorada.

Na atual temporada, Alexis já marcou 20 vezes. São 17 gols na Premier League, competição em que é o principal goleador, e mais três na Liga dos Campeões da Europa.

Além disso, ele é o jogador do elenco do Arsenal com mais passes para os companheiros balançarem as redes. São 16 assistências.

Mas o relacionamento com Laia e a tentativa de traição com Camila não foram as únicas vezes em que a vida sexual de Alexis Sánchez acabou sendo exposta a público.

O chileno também já foi acusado por uma ex-namorada, a dançarina e ginasta Veronica Roth, de gravar sem consentimento dela vídeos do casal tendo relações sexuais e espalhar para os amigos.

E a forma como ela descobriu que isso acontecia não foi das experiências mais agradáveis que alguém pode ter. De acordo com Veronica, ela flagrou amigos de Alexis escondidos dentro de um armário, munidos de um celular e gravando as cenas íntimas do casal.

O atacante, evidentemente, negou a história contada pela ex-namorada.


Mais de Cidadãos do Mundo

“Ano de ouro” faz Cavani assumir artilharia da Europa
Sensação da Europa, técnico do Chelsea já foi suspenso por fraude em placar
Reforço de peso do Palmeiras, Borja acumula fiascos longe da Colômbia
Aubameyang encerra jejum e volta à liderança isolada da Chuteira de Ouro


Nem 1,70 m: 7 baixinhos que se destacam no futebol mundial
Comentários Comente

Rafael Reis

Se futebol fosse basquete, talvez então o tamanho de um jogador fosse documento.

Foi essa a tese defendia pelo Barcelona entre o fim da década passada e o início da atual, um time comandado dentro de campo pelo trio Xavi (1,70 m), Iniesta (1,71 m) e Messi (1,70 m).

Romário foi outro exemplo de que não é preciso um corpo grande para se dar bem no mais popular e democrático dos esportes. O herói do tetracampeonato mundial do Brasil, em 1994, e hoje senador da República tem um apelido bem condizente com seu 1,67 m: Baixinho.

Listamos agora sete jogadores importantes da atualidade que, assim como Romário ou Diego Maradona (1, 65m), não chegam nem a 1,70 m de altura. Eles são as provas vivas que mais ou menos centímetros não fazem muita diferença no futebol.

ALEXIS SÁNCHEZ
Atacante
27 anos
Chileno
Arsenal (ING)
1,69 m
Alexis
Graças a um físico meio parrudinho, o atacante chileno nem parece tão pequeno quanto realmente é. Mas Alexis Sánchez é baixinho sim, 23 centímetros menor que Olivier Giroud, o outro dos principais homens de frente do Arsenal. Mas o tamanho não tem atrapalhado o camisa 17, que vive grande fase. Já são 12 gols e seis assistências nas 16 primeiras aparições nesta temporada da Premier League.

MARCO VERRATTI
Meia
24 anos
Italiano
Paris Saint-Germain (FRA)
1,68 m
Verratti
O italiano é um estranho no meio dos gigantões com quem disputa espaço no PSG. Enquanto Krychowiak tem 1,86 m e Thiago Motta, 1,87 m, Verratti tem de se contentar com 1,68 m. A óbvia desvantagem em relação aos rivais diretos nas bolas aéreas é compensada pelo italiano com uma técnica apurada nos passes e muita visão de jogo para os toques mais complicados.

LORENZO INSIGNE
Meia-atacante
25 anos
Italiano
Napoli (ITA)
1,63 m
Insigne
Insigne não é apenas um pequeno jogador de futebol, mas, sim, o jogador mais baixo entre todos os que disputam o Campeonato Italiano. E, ao contrário de outros baixinhos, o porte físico tem sido sim um problema para sua carreira. Apesar de extremamente técnico e talentoso, ele teve dificuldades para se firmar como titular no Napoli e até hoje busca espaço em uma seleção italiana carente de brilho individual.

N’GOLO KANTÉ
Volante
25 anos
Francês
Chelsea (ING)
1,69 m
Kante
Comparado a Claude Makelele, o motorzinho do meio-campo do Chelsea tem inclusive altura semelhante à do já aposentado volante francês (1,68 m). Único dos principais jogadores do Leicester a deixar o clube depois da conquista do título inglês na temporada passada, Kanté se deu bem em Londres. Enquanto os antigos companheiros lutam contra o rebaixamento, ele sonha com o bi.

SANTI CAZORLA
Meia
32 anos
Espanhol
Arsenal (ESP)
1,68 m
Cazorla
Outro exemplar da linhagem de meias espanhóis baixinhos, Cazorla é ainda menor que Xavi e Iniesta. Voz da experiência no meio-campo do Arsenal, o ex-jogador de Villarreal e Málaga está parado desde outubro em virtude de uma lesão no tornozelo direito. O espanhol teve de ser submetido a uma cirurgia e só deve voltar em março.

PEDRO
Atacante
29 anos
Espanhol
Chelsea (ING)
1,69 m
Pedro
No Barcelona dos baixinhos, Pedro era certamente o baixinho menos lembrado. Jogador agudo, de muita velocidade e estrela para aparecer em jogos e momentos decisivos, o espanhol atua em uma faixa onde a altura realmente tem pouca importância: o ataque pelos lados do campo.

DRIES MERTENS
Meia-atacante
29 anos
Belga
Napoli (ITA)
1,69 m
Mertens
É claro que a tão aclamada geração belga também precisava ter um baixinho para chamar de seu. Eden Hazard (1,73 m), a estrela da companhia, também não é muito grande, mas o nanico da turma atende pelo nome de Dries Mertens. O talentoso meia-atacante, aliás, tem sido a sensação no Napoli na temporada. Na fase de grupos da Liga dos Campeões, ele participou ativamente de oito dos 11 gols anotados pelos italianos: marcou quatro e deu mais quatro assistências.


Mais de Cidadãos do Mundo

Técnico de zebra do Mundial quase apanhou de jogador e pediu para ir embora
Mundial é o único torneio em que CR7 ainda não marcou pelo Real
Sensação da Liga Europa, russo já recebeu oferta de 16 horas de sexo
Na mira do Real Madrid, Aubameyang assume liderança da Chuteira de Ouro

 


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>