Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Deu ruim: 5 brasileiros que foram rebaixados na Europa nesta temporada

Rafael Reis

2024-05-20T19:04:00

24/05/2019 04h00

Para 57 jogadores brasileiros espalhados por 26 países de todos os cantos da Europa, a temporada 2018/19 foi de celebração pela conquista de títulos nacionais.

Mas a maioria dos representantes do futebol pentacampeão espalhados pelo Velho Continente não tiveram anos tão bons assim.

Alguns até sonharam com taças, mas ficaram de mãos abandonando. Outros passaram meses e mais meses perdidos no meio da tabela, sem lutar por nada de relevante. E há ainda os que viveram o drama do rebaixamento.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo cinco jogadores brasileiros que se deram mal nesta temporada e vão ter de encarar as férias com uma queda para a segunda divisão no currículo.

DOUGLAS LUIZ
Volante
21 anos
Girona (ESP)

Crédito: Divulgação

Contratado pelo Manchester City há dois anos, o volante revelado pelo Vasco ainda não teve chances no gigante inglês e está emprestado ao Girona desde 2017. Na primeira temporada na Europa, ele até escapou do rebaixamento. Mas, desta vez, não deu. Seu time amargou oito derrotas nas últimas nove rodadas do Campeonato Espanhol e terminou a competição em 18º. Douglas Luiz foi titular na maior parte da temporada e disputou 23 dos 38 jogos da equipe catalã.

LUCAS PIAZÓN
Meia-atacante
25 anos
Chievo Verona (ITA)

Crédito: Reprodução

Assim como Douglas Luiz, também tem vínculo com um clube do primeiro escalão do futebol europeu (Chelsea), mas vem sendo emprestado a equipes menores para ganhar experiência e não perder ritmo de jogo. Mas, nesta temporada, a estratégia com Lucas Piazón deu muito errado. O ex-jogador do São Paulo foi cedido ao Chievo em janeiro e só disputou três partidas oficiais desde então. Foram só 52 minutos em campo. No restante do tempo, ficou vendo do banco de reservas sua equipe acumular tropeços e ir parar na segundona italiana.

JONATHAS
Atacante
30 anos
Hannover (ALE)

Crédito: Michael Dalder/Reuters

Após ficar um tanto quanto esquecido no elenco do Corinthians na temporada passada, o centroavante retornou em janeiro ao Hannover, clube com o qual ainda possuía vínculo. Do ponto de vista individual, a volta à Alemanha deu certo. Jonathas disputou dez partidas em quatro meses e marcou três gols. Só que o atacante não conseguiu impedir o Hannover, dos também brasileiros Felipe (ex-Coritiba) e Walace (ex-Grêmio), de ser o vice-lanterna da Bundesliga.

MATHEUS PEREIRA
Meia-atacante
23 anos
Nuremberg (ALE)

Crédito: Getty Images

Apelidado de "CR7 brasileiro" nas categorias de base do Sporting, o mineiro de Belo Horizonte não tem tido muito sucesso no seu início de carreira como profissional. Emprestado ao Nuremberg para ganhar rodagem, Matheus Pereira teve um desempenho individual até que razoável, mas naufragou junto com um time que só ganhou três jogos do Campeonato Alemão e terminou no pé da tabela de classificação. Além do meia-atacante, o Nuremberg conta com outro brasileiro: o zagueiro Ewerton, que também passou pelo Sporting.

DIEGO BARCELOS
Meia
34 anos
Nacional (POR)

Crédito: Divulgação

Ao lado do irmão gêmeo, Diogo, o meia era no começo do século uma das principais apostas do Internacional e até mesmo do futebol brasileiro para o futuro. Mas a carreira de Diego não foi tão grandiosa assim. Depois de rodar por times pequenos daqui e jogar na China, no Chipre e na Tailândia, ele acabou rebaixado para a segunda divisão de Portugal. Apesar de ser o camisa 10 do Nacional da Ilha da Madeira, Diego só foi titular em uma rodada do campeonato nacional.


Mais de Brasileiros pelo Mundo

7 brasileiros que devem mudar de clube na Europa na próxima temporada
Quem é o recordista brasileiro de jogos em cada campeonato da Europa
Com 13% de todos os gols, Brasil domina artilharia da Champions
Coutinho "apaga" reserva e vira o jogador mais usado do Barça na temporada

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis