Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

7 garotos para você acompanhar de perto no Mundial sub-20

Rafael Reis

23/05/2019 04h00

Não é novidade para ninguém que o Mundial sub-20 costuma ser um berço de talentos que depois despontam para o sucesso. Diego Maradona, Lionel Messi, Ronaldinho e, mais recentemente, Paul Pogba são alguns exemplos que passaram pela competição da Fifa antes do estrelato no futebol profissional.

A 22ª edição do torneio, que começa a ser disputado nesta quinta-feira, pode até estar desfalcado de alguns dos principais nomes da categoria, como o holandês Matthijs de Ligt e o brasileiro Vinícius Júnior. Mas, isso não significa que não haverá talento nos campos da Polônia.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete garotos que merecem sua atenção no Mundial sub-20.

DAN-AXEL ZAGADOU
Zagueiro
19 anos
França
Borussia Dortmund (ALE)

Crédito: Reprodução

Apesar de ainda não ter completado nem seu 20º aniversário, já é titular da zaga do Borussia Dortmund, time que disputou o título alemão desta temporada com o Bayern de Munique até a última rodada. Zagadou só não tem um destaque ainda maior no cenário internacional porque costuma enfrentar recorrentes problemas físicos (perdeu 13 jogos em 2018/19 por lesões). Mesmo assim, na avaliação do "Transfermarkt", site especializado no Mercado da Bola, é o jogador mais caro desta edição do Mundial sub-20, com valor estimado em 30 milhões de euros (R$ 130 milhões).

JOTA
Meia-atacante
20 anos
Portugal
Benfica (POR)

Crédito: Divulgação

Com a ausência de João Félix, que não foi convocado por já defender a seleção adulta, o camisa 7 deve ser a principal referência ofensiva portuguesa no Mundial. E Jota tem predicados de sobra para cumprir essa exigência. No ano passado, foi ele um dos artilheiros e o protagonista da conquista lusitana na Euro sub-19. Apesar do sucesso na base, o garoto ainda tem pouca experiência como profissional. Na atual temporada, passou a maior parte do tempo defendendo o time B do Benfica e só jogou pela equipe principal em seis oportunidades.

EZEQUIEL BARCO
Meia-atacante
20 anos
Argentina
Atlanta United (EUA)

Crédito: Juan Cevallos/AFP

Novidade da Argentina em relação à convocação do Sul-Americano, o meia-atacante é bastante conhecido por aqui desde que ajudou o Independiente a derrotar o Flamengo na decisão Copa Sul-Americana de 2017. No ano seguinte, Barco se mandou para os Estados Unidos, onde se sagrou campeão da Major League Soccer (MLS) pelo Atlanta United logo em sua temporada de estreia. Em 2019, tem brilhado no futebol dos EUA e marcou quatro gols nas primeiras oito rodadas da competição.

ALBAN LAFONT
Goleiro
20 anos
França
Fiorentina (ITA)

Crédito: Divulgação

Uma das maiores promessas da seleção campeã da Copa-2018 para o futuro, o goleiro vai para o segundo Mundial sub-20 de sua carreira. Lafont é tratado como um fenômeno da posição. Com 16 anos, já era titular do Toulouse, onde bateu o recorde de arqueiro mais jovem a estrear no Campeonato Francês. Em 2018, foi negociado com a Fiorentina. Em sua primeira temporada no Calcio, não só deu conta de manter a titularidade, como foi um dos melhores goleiros do futebol italiano. Não deve demorar para estrear na seleção adulta.

GEDSON
Meia
20 anos
Portugal
Benfica (POR)

Crédito: Divulgação

Não seria nenhum absurdo se o nome do meia do Benfica estivesse na relação da seleção principal para a Liga das Nações, e não na convocação do time sub-20. Afinal, Gedson já disputou dois amistosos da equipe adulta no ano passado e está na mira de clubes do primeiro escalão europeu, como o Tottenham, finalista da Liga dos Campeões. O meia foi titular absoluto do Benfica na primeira metade da temporada, mas perdeu espaço a partir de janeiro. Mesmo assim, continuou sendo utilizado com frequência nos segundos tempos.

DIEGO LAINEZ
Meia-atacante
18 anos
México
Betis (ESP)

Crédito: Getty Images

Apelidado de "Messi mexicano", estreou pela seleção principal logo depois de completar 18 anos e é tratado em sua terra natal como futuro protagonista da equipe comandada por Tata Martino. Contratado pelo Betis em janeiro, foi discreto em seus primeiros meses na Europa. Jogou bastante (16 partidas), mas ainda não fez gol e só deu uma assistência. Apesar do talento enorme, Lainez ainda sofre pelo físico típico de um adolescente franzino: tem só 1,67 m e 58 kg.

TIM WEAH
Atacante
19 anos
EUA
Celtic (ESC)

Crédito: Divulgação

Filho de George Weah, eleito o melhor jogador do mundo de 1995 e atual presidente da Libéria, o atacante já disputou seis partidas pelo time principal do Paris Saint-Germain, mas foi emprestado ao Celtic em janeiro para ganhar mais bagagem internacional. Na Escócia, Weah sagrou-se campeão nacional e marcou quatro vezes em 17 apresentações. O garoto, que volta ao PSG na próxima temporada, também já é figura recorrente na seleção adulta dos Estados Unidos, país onde nasceu e que escolheu defender.


Mais de Cidadãos do Mundo

De Vinícius Jr. a De Ligt: 7 estrelas "teen" que desfalcam o Mundial sub-20
7 estrelas do futebol que brilharam antes no Mundial sub-20
Mbappé precisa de 4 gols em 90 minutos para conquistar Chuteira de Ouro
Qual era o time de Hugo Chávez e de outros ditadores famosos?

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Blog do Rafael Reis