Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Finalista da Champions, Liverpool põe dupla no top 10 da Chuteira de Ouro

Rafael Reis

14/05/2019 04h20

Finalista da Liga dos Campeões da Europa pelo segundo ano consecutivo e pela nona vez na história, o Liverpool emplacou dois jogadores no top 10 da Chuteira de Ouro.

O egípcio Mohamed Salah e o senegalês Sadio Mané terminaram o Campeonato Inglês dividindo a artilharia da competição e também o quinto lugar no prêmio concedido ao maior goleador das ligas nacionais do Velho Continente na temporada.

Oli Scarff/AFP

Os atacantes do Reds anotaram 22 gols cada na Premier League e alcançaram 44 pontos na corrida pela artilharia europeia, mesma marca do gabonês Pierre-Emerick Aubameyang (Arsenal), outro co-artilheiro do Inglês, do colombiano Duván Zapata (Atalanta) e do polonês Robert Lewandowski (Bayern de Munique).

O Liverpool, que enfrentará o Tottenham no 1º de junho para definir o campeão europeu da temporada, arrastou a decisão do Inglês para até a última rodada, mas terminou na segunda colocação, com 97 pontos, um a menos que o Manchester City.

Ao contrário da equipe dirigida por Jürgen Klopp, o outro finalista da Champions League passou longe das primeiras colocações da Chuteira de Ouro.

O principal artilheiro do Tottenham na temporada, o centroavante Harry Kane, acabou prejudicado por duas lesões no ligamento do tornozelo, e aparece apenas na 24ª posição do prêmio, com 34 pontos (17 gols).

Em sua reta final, a Chuteira de Ouro 2018/19 já tem um virtual vencedor: Lionel Messi, do Barcelona, que soma 68 pontos, oito a mais (quatro gols) que Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain, que ocupa a segunda colocação.

O argentino tem apenas mais um compromisso válido pelo Espanhol, contra o Eibar, no sábado. O PSG ainda joga duas vezes no Francês, ante Dijon e Reims, mas seu jovem astro só poderá ir a campo na última partida, já que está suspenso da próxima rodada.

Messi é o grande nome da história do prêmio e já levou cinco troféus para casa: 2010, 2012, 2013, 2017 e 2018. Na última edição, marcou 34 gols no Espanhol e acumulou 68 pontos no ranking.

O Brasil não fatura o prêmio desde 2001/02, quando Jardel (Sporting) foi o goleador máximo da temporada. O ex-centroavante de Palmeiras e Grêmio também levantou a taça em 1998/99. Além dele, apenas Ronaldo (1996/97) já colocou o país no lugar mais alto do pódio.

Nesta edição, o brasileiro mais bem posicionado é Liliu, que atua no futebol estoniano e ocupa a 39ª posição, com 31 pontos. Neymar, do PSG, principal astro do país na atualidade, é o 40º colocado, com 30 pontos.

O "Blog do Rafael Reis" publica a cada terça-feira uma nova parcial da disputa.

Confira o top 10 da Chuteira de Ouro

1º – Lionel Messi (ARG, Barcelona) – 68 pontos (34 gols)
2º – Kylian Mbappé (FRA, Paris Saint-Germain) – 60 pontos (30 gols)
3º – Fabio Quagliarella (ITA, Sampdoria) – 52 pontos (26 gols)
4º – Mbaye Diagne (SEN, Galatasaray) – 45 pontos (30 gols)
5º – Duván Zapata (COL, Atalanta) – 44 pontos (22 gols)
Mohamed Salah (EGI, Liverpool) ) – 44 pontos (22 gols)
Pierre-Emerick Aubameyang (GAB, Arsenal) – 44 pontos (22 gols)
Robert Lewandowski (POL, Bayern de Munique) – 44 pontos (22 gols)
Sadio Mané (SNG, Liverpool) – 44 pontos (22 gols)
10º – Cristiano Ronaldo (POR, Juventus) – 42 pontos (21 gols)
Luis Suárez (URU, Barcelona) – 42 pontos (21 gols)
Luuk de Jong (HOL, PSV Eindhoven) – 42 pontos (28 gols)
Karim Benzema (FRA, Real Madrid) – 42 pontos (21 gols)
Krzysztof Piatek (POL, Milan) – 42 pontos (21 gols)
Sergio Agüero (ARG, Manchester City) – 42 pontos (21 gols)


Mais de Cidadãos do Mundo

Na mira de Real e United, inglês gera polêmica por apologia a terroristas
4 astros do futebol mundial que têm (ou já tiveram) affairs com brasileiras
Mesmo em pior temporada da década, CR7 entra no top 10 da Chuteira de Ouro
O craque que peitou Hitler, recusou seleção nazista e morreu 7 meses depois

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Blog do Rafael Reis