Topo
Blog do Rafael Reis

Blog do Rafael Reis

Messi alcança Neymar, mas ainda não chega ao top 10 da Chuteira de Ouro

Rafael Reis

2011-12-20T18:04:20

11/12/2018 04h20

A exibição de gala de Lionel Messi na goleada por 4 a 0 contra o Espanyol, no sábado, fez o astro do Barcelona subir algumas colocações no ranking da Chuteira de Ouro, mas ainda foi insuficiente para colocá-lo no top 10 do prêmio destinado ao maior artilheiro das competições nacionais da Europa na temporada.

O argentino, que é o atual campeão e maior vencedor da história do troféu, com cinco conquistas (2010, 2012, 2013, 2017 e 2018), marcou duas vezes no clássico da Catalunha, ambas em cobranças perfeitas de falta.

Crédito: Divulgação

Com a grande atuação, Messi chegou a 11 gols no Campeonato Espanhol e 22 pontos na Chuteira de Ouro. Agora, o craque está empatado com o brasileiro Neymar, do Paris Saint-Germain, na 13ª colocação.

A dupla está a nove pontos de distância do líder do ranking, o brasileiro Liliu, do estoniano Nömme Kalju, que já encerrou sua participação na temporada. Na prática, precisa marcar cinco vezes para tirar essa diferença.

Os únicos integrantes do top 10 que atuam em ligas de primeira grandeza do Velho Continente são Kylian Mbappé (PSG) e o argentino Emiliano Sala (Nantes), que dividem a liderança da artilharia do Campeonato Francês, com 12 gols, somam 24 pontos no prêmio e estão na sétima posição.

O Brasil não fatura o prêmio desde 2001/02, quando Jardel (Sporting) foi o goleador máximo da temporada. O ex-centroavante de Palmeiras e Grêmio também levantou a taça em 1998/99. Além dele, apenas Ronaldo (1996/97) já colocou o país no lugar mais alto do pódio.

Vencedor da última temporada, Messi marcou 34 gols no Espanhol e acumulou 68 pontos para conquistar a Chuteira de Ouro pela quinta vez na carreira.

"Blog do Rafael Reis" publica a cada terça-feira uma nova parcial da disputa.

Confira o top 10 da Chuteira de Ouro

1º – Liliu (BRA, Nömme Kalju) – 31 pontos (31 gols)
2º – Zakaria Beglarishvili (GEO, Flora Tallinn) – 30 pontos (30 gols)
Paulinho (BRA, BK Häcken) – 30 pontos (20 gols)
4º – Patrick Hoban (IRL, Dundalk) – 29 pontos (29 gols)
5º – Roman Debelko (UCR, Levadia) – 27 pontos (27 gols)
Linus Hallenius (SUE, Sundsvall) – 27 pontos (18 gols)
7º – Kylian Mbappé (FRA, Paris Saint-Germain) – 24 pontos (12 gols)
Mbaye Diagne (SEN, Kasimpasa) – 24 pontos (16 gols)
Emiliano Sala (ARG, Nantes) – 24 pontos (12 gols)
8º – Nikolay Komlichemko (RUS, Mlada Boleslav) – 22,5 pontos (15 gols)
Pavel Savitskiy (BLR, Dínamo Brest) – 22,5 pontos (15 gols)
Robert Skov (DIN, Copenhague) – 22,5 pontos (15 gols)


Mais de Cidadãos do Mundo

5 artilheiros do futebol sul-americano para seu clube contratar em 2019
Por onde andam 7 ex-jogadores do Real Madrid que "sumiram"?
7 "loucuras" para seu clube fazer no Mercado da Bola em 2019
Com CR7 no topo, conheça os 10 jogadores de maior sucesso no Instagram

Sobre o Autor

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

Sobre o Blog

Este espaço conta as histórias dos jogadores que fazem do futebol uma paixão mundial. Não só dos grandes astros, mas também dos operários normalmente desconhecidos pelo público.

Mais Blog do Rafael Reis