Blog do Rafael Reis

Quatro anos após acusação de ser gato, camaronês “some” na Lazio

Rafael Reis

Joseph Marie Minala ganhou a camisa 28 da Lazio nesta temporada, mas dificilmente irá vesti-la em alguma partida oficial. O meia não foi relacionado nem para o banco de reservas nas três primeiras rodadas do Campeonato Italiano e só permanece no clube porque as transferências para Bulgária ou República Tcheca não deram certo.

Com 22 anos recém-completados, o camaronês vive um ostracismo incomum para quem teve um início de carreira como profissional marcado pela agitação.

Revelado na base da própria Lazio, Minala estreou na equipe principal quando tinha apenas 17 anos. O problema é que sua aparência, com o rosto desenhado por marcas de expressão e até algumas rugas, nada combinava com o um de um adolescente comum.

Rapidamente, a verdadeira idade do garoto se tornou um dos assuntos mais discutidos do futebol italiano no primeiro semestre de 2014.

Um jornal senegalês chamado “Senego” afirmou que amigos de infância de Minala informaram que ele já tinha, na verdade, 37 anos quando disputou sua primeira partida como profissional da Lazio. Outros veículos foram além e chegaram a dizer que o camaronês já era um quarentão.

A questão chegou até o Ministério Público Italiano, que conduziu uma investigação sobre a origem do jogador e concluiu que ele realmente nasceu em 24 de agosto de 1996, como informam seus documentos.

''Existem essas deduções, mas a situação de Joseph é clara. Ele teve uma infância difícil, este é o ponto. E se você vir todos os seus discursos, verá que em todos os sentidos ele é um menino de 17 anos'', afirmou o empresário do jogador, Diego Tavano, em entrevista ao jornal “Gazzetta dello Sport”, há quatro anos.

Nascido em Yaoundé, capital de Camarões, Minala deixou a África rumo à Itália quando tinha 15 anos e chegou a fazer testes no Napoli e na Inter de Milão antes de ingressar na base da Lazio.

Apesar de todo o barulho que provocou, disputou apenas três jogos oficiais pela equipe da capital italiana e permaneceu em campo por módicos 23 minutos.

A maior parte de sua carreira profissional tem sido construída em times menores em que passou por empréstimo. Minala jogou quatro vezes pelo Latina, disputou 19 partidas pelo Bari e atuou em 53 jogos pela Salernitana, na Série B, ao longo dos últimos dois anos.

Com contrato com a Lazio até 2021, voltou ao clube nesta temporada, mas está fora dos planos do técnico Simone Inzaghi e dos radares de quem ainda duvida que ele é apenas um garoto de 22 anos.


Mais de Cidadãos do Mundo

Boliviano diz que inventou VAR, acusa Fifa de plágio e quer US$ 100 milhões
Falta de gols e até banco assustam indicados a prêmio de melhor do mundo
7 caras novas das convocações para a 1ª Data Fifa pós-Copa do Mundo
7 ''medalhões'' desempregados que ainda buscam clube para jogar